Red Bull de salto alto

Talvez a frase mais famosa no automobilismo seja “para terminar em primeiro, primeiro você tem que terminar”. A Red Bull tem o melhor carro, Vettel guia muito, mas o piloto com mais voltas na liderança no mundial é apenas o 7º no campeonato, com 12 pontos. Foram duas quebras em duas provas.

Nem a areia pára essa Red Bull

Mesmo assim, ninguém tira os olhos dele. O carro que herdou tanto a velocidade, quanto a fragilidade do antecessor, tem uma qualidade imprescindível: mantém a altura em relação ao solo na classificação – com o tanque vazio – e na corrida – com mais 160kg de peso. Para os outros mortais, a solução para o assoalho não bater no chão com o tanque cheio é levantá-lo para a classificação, já que não são permitidas mudanças entre sábado e domingo. Isso prejudica a luta pela pole.

A Red Bull tem um sistema que levanta o carro quando seu peso aumenta, um tipo de suspensão ativa, mas provavelmente mecânica, imagina-se que com catracas, e dentro das regras. Há quem diga que a Ferrari tem uma solução semelhante, mas menos eficiente. Quem quiser dar o pulo do gato terá que descobrir qual é essa mágica.

Publicado em 29.03

Um comentário sobre “Red Bull de salto alto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s