Espanha – classificação: “Joguem o duto F fora e copiem a Red Bull!”

Para espanhóis e ingleses, chegou a hora da verdade, em que vamos saber quem trabalhou melhor nas 3 semanas sem corridas. Na BBC, destacam a Mercedes. “Será esse o carro que vai salvar o ano de Schumacher?”, pergunta o repórter Ted Kravitz. Antonio Lobato, da La Sexta, está de olho na Red Bull. “Nos treinos eles estavam 8, 9 décimos na frente. Eles estão em outro planeta.”

Enquanto isso, Galvão Bueno se espanta com a torcida de Alonso. “Tem muito mais gente que nos outros anos. Todos de vermelho” (na verdade, o público ficou longe do recorde de 2007). De qualquer forma, eles vieram apoiar o piloto “imoral”, segundo Galvão. “Está na frente do campeonato por uma manobra que não foi ilegal, mas imoral. Uma artimanha.” Para os ingleses, a disputa está liquidada. “Muitos esperavam confusão entre os pilotos da Ferrari, mas Alonso está mostrando superioridade. Lembrem-se da ultrapassagem na China, ele já mostrou quem é o chefe”, opina o narrador da BBC, Jonathan Legard. Os espanhóis não perdem a oportunidade: “Massacrato, diziam os mecânicos depois da classificação da Austrália. São 5 décimos que doem muito”, destaca Lobato.

Pelo menos espanhóis e brasileiros concordam com o conduto F da Ferrari. “Não faz sentido dar toda essa volta no regulamento por alguns décimos”, diz Carlos Sainz, ex-campão mundial de rali. “Isso tem que ser banido”, completa Luciano Burti. Eddie Jordan, como sempre, tem uma visão própria. “Alonso não é idiota. Ele só vai tirar a mão do volante quando for seguro.”

Alonso tapando o buraco

As TVs destacam eliminação precoce de Barrichello. “Ele deve ter tido problema”, diz Galvão. “Ele está reclamando do rádio. É o menor dos problemas da Williams”, completa Martin Brundle, que comenta melhor que pilotava.

Alonso sai do box e quase bate em Rosberg no pitlane. Mesmo com Burti isentando o espanhol de culpa, Galvão se empolga. “É mais uma pra ele explicar. Ele não liga pros outros. Será que precisa ser assim? Ele desafia regras morais.” O episódio gerou menos entusiasmo entre os ingleses. “Ficaria surpreso se a equipe fosse punida”, considera Brundle. “Não é que eu queira defender Fernando, mas ele não fez nada de errado”, jura Lobato.

Fim de treino. O domínio da Red Bull comanda a pauta da La Sexta e BBC. “Joguem o conduto F fora e copiem isso aí!”, brada Lobato, que não deixa escapar os 6 décimos de Alonso em Massa. “Que volta de Fernando!” Galvão caça as bruxas. “Não pode ser assim.”

2 comentários sobre “Espanha – classificação: “Joguem o duto F fora e copiem a Red Bull!”

  1. muitos comentários inconsistentes. essa história de caráter, bonzinho, capetinha, dá nos nervos! não justificando erros, mas as vezes, os caras se esquecem, que pela segurança, as laterais dos carro foram aumentadas, e a visão do piloto ficou muito prejudicada. as asas flexíveis, faziam grande estrago.

    Curtir

    1. Você não faz ideia de como isso me irrita também. É impressionante o tempo de informação que se perde com esses julgamentos de valor, que fazem com que um esportista (seja quem for) que está entre os melhores do mundo seja xingado quando comete o “crime” de fazer seu trabalho por aqui…

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s