Começa a reação

A Ferrari sabe que está no lucro. Com um carro que oscila entre a terceira e a quinta força do campeonato, dependo do tipo de circuito e pneu, Alonso está a um terceiro lugar do líder Hamilton. Mais real é a posição entre os construtores, a 54 pontos da McLaren. O erro foi depositar tempo e recursos na cópia do duto de ar dos rivais ingleses, que se mostrou pouco eficiente. Pior, desviou o foco das maiores necessidades do carro.

Ferrari quer o segredo da Red Bull

Na nona prova do ano, estreia escapamento e asa traseira revisada. Em outras palavras, passou a copiar a Red Bull e seus rivais esperam uma melhora de meio segundo. Mas não é a última tentativa, como tem se especulado. Até a Hungria, o carro deve receber várias novidades. Na verdade, é o começo de um trabalho que deveria ter sido feito há pelo menos dois meses.

Dificilmente, será o bastante para lutar pelo título de construtores ou para Massa, 41 pontos atrás, encostar. Mas ajudará Alonso, que conquistou dois títulos capitalizando nas falhas dos adversários, a se juntar a Hamilton e Button no time que pressiona – com sucesso – a inconstante dupla da Red Bull.

Publicado em 26.06.2010

Um comentário sobre “Começa a reação

  1. isso demonstra a dependência da ferrari de alonso, e como vc citou muito bem, o quanto alonso colocou a ferrari em uma posição ilusória. copiar tornou-se a única arma na f1 atual.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s