Quinta-feira movimentada em Silverstone

A semana que antecede o GP da Inglaterra foi repleta de novidades:

– Frank Williams não é mais o presidente da equipe que leva seu nome. O cargo que ocupava há 34 anos fica com Adam Parr, que já cuidava da parte dos  negócios do time. A parte técnica continua com Patrick Head e Sam Michael.

– Falando em Williams, eles continuarão com os fracos motores Cosworth ano que vem. Falta dinheiro para ter, pelo menos, um Renault.

– Depois de ter seu nome dado como certo na Ferrari, Kubica decidiu ficar na Renault por mais 2 anos. O polonês prefere ter um time, que ressurgiu nas mãos de um fundo de investimentos depois do pesadelo de Cingapura, desenvolvendo o carro para ele. Especula-se, no entanto, que ele tem a opção de sair ao final de 2011.

A Ferrari usará um novo logo em 2011, para se distanciar da imagem da Malboro

– A Art Grand Prix desistiu de concorrer a uma vaga no grid para o ano que vem. O time de Nicolas Todt, filho do presidente da FIA e empresário de Massa, que tinha tudo para ficar com a vaga, alegou falta de dinheiro: eles queriam começar com um orçamento de 60 milhões, mas só conseguiram 45.

– Damon Hill apareceu falando que veremos tensão entre Hamilton e Button logo. A imprensa adorou, mas Lewis já apareceu colocando panos quentes. “Falei com ele e ele me disse que foi mal interpretado.” Enquanto isso, ele e Jenson participam de vários eventos promocionais:

– Depois de destruir seu carro em Valência, Webber usará a Liz Voluptuosa, o chassi que Vettel não quis mais depois de perder 2 corridas para o companheiro. Achava que tinha algo errado com a Liz. Vamos ver se ela prefere cangurus.

– Depois de uma reunião com as equipes, a FIA decidiu mudar as regras do Safety Car. Agora, todos os pilotos têm que andar no mesmo ritmo do SC, mesmo que não estejam atrás dele. Como sempre, depois que Hamilton desafiou os limites da regra, ela muda.

– Mas a notícia mais impactante do dia chegou na noite inglesa: Bruno Senna não pilotará o GP da Inglaterra. Ele será substituído pelo japonês Yamamoto, provavelmente por questões financeiras. Um piloto medíocre, que nada acrescenta. Falaria o mesmo se fosse Chandhok o substituído. Sem comentários.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s