Quantos motores foram usados após Monza

Piloto Motores usados
01 Jenson Button 7
02 Lewis Hamilton 7
03 Michael Schumacher 7
04 Nico Rosberg 7
05 Sebastian Vettel 7
06 Mark Webber 6
07 Felipe Massa 8
08 Fernando Alonso 8
09 Rubens Barrichello 6
10 Nico Hülkenberg 7
11 Robert Kubica 6
12 Vitaly Pertrov 6
14 Adrian Sutil 7
15 Vitantonio Liuzzi 7
16 Sébastien Buemi 7
17 Jaime Alguersuari 7
18 Jarno Trulli 7
19 Heikki Kovalainen 7
20 Karun Chandhok 7
21 Bruno Senna 7
22 Pedro De La Rosa 9
23 Kamui Kobayashi 7
24 Timo Glock 7
25 Lucas Di Grassi 7

A Ferrari garante que seu plano, desde as duas quebras que Alonso teve no começo da temporada (a última, na China), era estrear o 8º motor na Itália e que não precisarão de outro propulsor – o que lhes levaria à perda de 10 posições no grid – nas cinco corridas que restam. Dois desses propulsores só fizeram uma corrida (o de Spa e o de Monza) e devem ser revezados até o final do ano. Nos treinos livres, os mais antigos devem dar conta.

Webber foi o único dos ponteiros que fez a 2ª corrida com o mesmo motor em Monza, o que certamente é uma desvantagem, e mesmo assim fez a 2ª volta mais rápida da prova.

4 comentários sobre “Quantos motores foram usados após Monza

  1. Isso pode fazer grande diferença na reta final e Webber foi o que menos motor usou, Alonso vai precisar contar com a sorte, ou azar dos outros. Perder 10 posições não vai ser bom para qualquer um dos ponteiros. A RBR foi inteligente em usar o mesmo motor em Monza no carro do Webber, nessa corrida eles não tinham muita chance, completaram a corrida com motor velho e economizaram um motor novo para ser usado mais pra frente. A Formula 1 de hoje tem muito mais detalhes que nos anos 80/90, para o piloto esta mais difícil…antigamente o piloto economizava motor apenas em uma corrida, na seguinte tinha motor novo! Hoje mesmo com motor novo o piloto economiza pensando no próximo GP, isso é muito comum em final de corrida…

    Curtir

  2. É mesmo. Acho que o esporte ficou mais complexo e, por não compreender isso, as pessoas falam que era melhor naquela época, era mais difícil…
    Mesmo com o motor “velho”, Webber passou Kubica (com o mesmo motor, mas novo) e Hulkenberg (de Cosworth novo) com facilidade na Curva Grande. Aliás, o carro dele estava andando mais de reta que o do Vettel. Vai entender!

    Curtir

  3. é uma incógnita que guardo comigo, afinal, mesmo tendo que poupar, e andar rápido, a construção, o mapeamento, de alguma forma, “ajudam” os pilotos, não tirando seus méritos, mas pelo que parece, a engenharia faz muita diferença.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s