Hulkenberg x Barrichello: o melhor do ano do novato

Rubens Barrichello Nico Hulkenberg
Posição na classificação 10º
Tempo da Classificação (Q3) 1′23.328 (+0.291) 1′23.037
Posição na corrida 10º
Tempo médio de volta 1′27.713 (+0.592) 1′27.120
Voltas 53/53 53/53
Pit stops 1 1

Confira a corrida de Nico e Rubens volta a volta

Um final de semana em que Hulkenberg, que vem melhorando a cada prova, bateu de forma convincente o bem mais experiente e três vezes vencedor em Monza Barrichello.

Muitos viram no fato de Rubinho ter feito a 2ª corrida com o mesmo motor o motivo para a distância de quase 3 décimos na classificação e 3 posições na corrida. Entretanto, o brasileiro sequer completou uma volta em Spa num propulsor que foi instalado no sábado. Ou seja, só fez a classificação com ele e não deveria haver perda. Webber também fez a 2ª corrida do motor em Monza – mesmo tendo completado na Bélgica – e não só ficou à frente do companheiro na classificação, como fez a 2ª melhor volta da prova.

Foi, de fato, um grande trabalho de Hulkenberg. À frente de Kubica por 2 milésimos no grid, escolheu o caminho certo na largada, fazendo a 1ª tomada da chicane pelo lado de dentro, seguindo Nico Rosberg. Assim, estava em 6º ao final da 1º volta.

Barrichello escolheu o lado de fora da 1ª chicane e foi travado pelas Red Bull. Ultrapassado também por Buemi, que tinha 3km/h a mais de velocidade na reta principal, não conseguiu avançar até esperar 4 voltas a mais para fazer seu pit stop e voltar à frente.

Foi o mesmo que Hulkenberg usou para ultrapassar Kubica, um dos primeiros a parar. O alemão tornou-se um dos protagonistas da prova ao segurar Webber por 30 voltas para a alegria de Vettel, que teve tempo de parar e voltar na frente de ambos.

Um problema com o pedal de freio pode explicar por que Hulk passou pelo meio da chicane 3 vezes. Impossível não imaginar se certos pilotos, mais “marcados” pelos comissários, levariam um drive through.

Curiosamente, a volta mais rápida de Hulkenberg foi apenas 1 milésimo mais lenta que a de Massa, enquanto Barrichello fez apenas o 14º melhor giro.

Anúncios

4 comentários Adicione o seu

  1. andre melo disse:

    gostei bastante desses posts sobre brigas internas. foram bem objetivos e livres de preconceitos – de acordo com o que o blog se propõe de fato.

    ainda não percebi qual é a torcida da blogueira. embora o blog esteja com a cara do hamilton, as idéias não tem sido pró-hamilton.

    parabéns.

    Curtir

  2. faster F1 disse:

    Melhor assim, não é? A proposta do blog é analisar mesmo, por isso busco o maior número de dados que consigo para não ser injusta com ninguém. É o mínimo que posso fazer como jornalista…
    Essa foto do Hamilton é de Mônaco 2008. Corridaça dele. Uma alegria contagiante quando saiu do carro. Por isso está aí.

    Curtir

    1. wagner vieira alves disse:

      hehe! isso parece a famosa pergunta de 1 milhão! rsrsrsrsrs. hulkenberg é uma grata surpresa de 2010.

      Curtir

  3. andre melo disse:

    sim, faltava um blog independente e jornalístico de verdade.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.