Hulkenberg x Barrichello: o melhor do ano do novato

Rubens Barrichello Nico Hulkenberg
Posição na classificação 10º
Tempo da Classificação (Q3) 1′23.328 (+0.291) 1′23.037
Posição na corrida 10º
Tempo médio de volta 1′27.713 (+0.592) 1′27.120
Voltas 53/53 53/53
Pit stops 1 1

Confira a corrida de Nico e Rubens volta a volta

Um final de semana em que Hulkenberg, que vem melhorando a cada prova, bateu de forma convincente o bem mais experiente e três vezes vencedor em Monza Barrichello.

Muitos viram no fato de Rubinho ter feito a 2ª corrida com o mesmo motor o motivo para a distância de quase 3 décimos na classificação e 3 posições na corrida. Entretanto, o brasileiro sequer completou uma volta em Spa num propulsor que foi instalado no sábado. Ou seja, só fez a classificação com ele e não deveria haver perda. Webber também fez a 2ª corrida do motor em Monza – mesmo tendo completado na Bélgica – e não só ficou à frente do companheiro na classificação, como fez a 2ª melhor volta da prova.

Foi, de fato, um grande trabalho de Hulkenberg. À frente de Kubica por 2 milésimos no grid, escolheu o caminho certo na largada, fazendo a 1ª tomada da chicane pelo lado de dentro, seguindo Nico Rosberg. Assim, estava em 6º ao final da 1º volta.

Barrichello escolheu o lado de fora da 1ª chicane e foi travado pelas Red Bull. Ultrapassado também por Buemi, que tinha 3km/h a mais de velocidade na reta principal, não conseguiu avançar até esperar 4 voltas a mais para fazer seu pit stop e voltar à frente.

Foi o mesmo que Hulkenberg usou para ultrapassar Kubica, um dos primeiros a parar. O alemão tornou-se um dos protagonistas da prova ao segurar Webber por 30 voltas para a alegria de Vettel, que teve tempo de parar e voltar na frente de ambos.

Um problema com o pedal de freio pode explicar por que Hulk passou pelo meio da chicane 3 vezes. Impossível não imaginar se certos pilotos, mais “marcados” pelos comissários, levariam um drive through.

Curiosamente, a volta mais rápida de Hulkenberg foi apenas 1 milésimo mais lenta que a de Massa, enquanto Barrichello fez apenas o 14º melhor giro.

4 comentários sobre “Hulkenberg x Barrichello: o melhor do ano do novato

  1. gostei bastante desses posts sobre brigas internas. foram bem objetivos e livres de preconceitos – de acordo com o que o blog se propõe de fato.

    ainda não percebi qual é a torcida da blogueira. embora o blog esteja com a cara do hamilton, as idéias não tem sido pró-hamilton.

    parabéns.

    Curtir

  2. Melhor assim, não é? A proposta do blog é analisar mesmo, por isso busco o maior número de dados que consigo para não ser injusta com ninguém. É o mínimo que posso fazer como jornalista…
    Essa foto do Hamilton é de Mônaco 2008. Corridaça dele. Uma alegria contagiante quando saiu do carro. Por isso está aí.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s