O F10 nasceu para ganhar duelos apertados

As últimas duas provas evidenciaram um acerto da Ferrari na concepção do carro que ainda não tinha ficado evidente. Sabe-se que a principal característica do F10 é cuidar bem dos pneus e foi esse o detalhe que permitiu as vitórias de Alonso em Monza e Cingapura.

Os engenheiros italianos enxergaram que as corridas seriam decididas no 1º stint. Como os carros do Q3 têm que largar com o pneu com que classificam – e, fora raras exceções,  sempre entre os carros mais lentos, usam o pneu macio – o ideal é que gastem o mínimo possível, tirando o máximo de rendimento, desse tipo de borracha.

Forte, o carro da Ferrari funciona bem com uma tocada agressiva

Com um carro que desgasta pouco os pneus moles, fica mais fácil jogar na estratégia. Isso porque, se estão atrás, como em Monza, conseguem dar uma volta a mais e sair na frente, pois ainda têm lenha pra queimar. Se estão na frente, como em Cingapura, têm menos degradação e conseguem ficar pelo tempo necessário na pista, até os pneus dos rivais acabarem.

Juntando isso à dificuldade de se ultrapassar, é algo que faz a diferença em situações limítrofes. Alonso teria outra vitória, no Canadá, também no mesmo estilo, mas ali retardatários impediram que ele desse a volta a mais que o colocaria na frente de Hamilton.

O problema é que isso só funciona quando ambos os carros estão próximos e gera um grande obstáculo: o rendimento com pneus duros. Se o carro é pensado de uma forma que não coloque muita temperatura nos moles, logo, terá dificuldade em aquecer os duros, como vemos nessa volta onboard de Massa – que tem mais dificuldades nessa área – logo após seu pitstop do GP da Alemanha.

Voltando à situação de uma corrida apertada: já que a ultrapassagem é difícil, depois de algumas voltas de sofrimento, o pneu chega à temperatura ideal e a posição não corre mais risco. Foi assim em Cingapura. Mas, se o ferrarista tiver que correr atrás do prejuízo depois da parada…

Cada equipe tem sua filosofia em construir o carro. Os Ferrari geralmente são mais robustos que as suaves – e belas – McLaren que, não coincidentemente, são mais ágeis. É interessante ver como isso faz diferença quando a competição fica mais acirrada.

7 comentários sobre “O F10 nasceu para ganhar duelos apertados

  1. Acompanho a Formula 1 a 30 anos, e sempre observei que o carro Ferrari nunca foi fácil de ser “dominado”, mas a mentalidade da equipe mudou muito a partir de 1996, eles finalmente aprenderam a projetar um carro ao estilo de um piloto, outras equipes já faziam isso, mas só a Ferrari ficava longe do sucesso. Até 95 era comum a Ferrari ficar envolvida em crises(ela sempre dependeu de um piloto ímpar que soubesse desenvolver carros, mas que além disso desse estabilidade a equipe), nem mesmo Alain Prost suportou a pressão chegando a ser demitido em 1991. Prost venceu corridas e disputou o título em 1990, muito graças ao seu estilo de pilotagem, sempre na “espera”, o carro só começou a evoluir de forma convincente na parte final do ano, aí sim o trabalho do francês de grande desenvolvedor de carro apareceu, mas em 91 a equipe fez um carro muito ruim, Prost criticou muito a equipe e acabou demitido! Pilotos que realmente deram estabilidade a Ferrari foram apenas dois, Lauda entre 74 e 77 e Schumacher entre 96 e 06, mas Lauda foi muito prejudicado devido ao terrível acidente na ALE 76. Nos anos 80 o carro Ferrari se mostrava muito complicado de se desenvolver, entre 91 e 95 a Ferrari passou pela fase “negra” vencendo apenas 2 corridas! Todo esse processo começou a mudar a partir de 1996, mas não foi fácil, depois de 3 quebras ridículas Schumacher(para defender a equipe) admitiu para a mídia a possibilidade do seu estilo ser o responsável pelas quebras…acabou não convencendo ninguém! Na pista Schumacher com seu estilo agressivo, também cerebral soube dominar o carro Ferrari, mas o alemão também trabalhou muito no desenvolvimento do carro e na organização da equipe. Em Mônaco pista difícil para a Ferrari em qualquer época, Schumacher venceu 3 corridas mostrando evolução (vencer com Ferrari em Mônaco é tarefa muito rara) apenas 4 pilotos tiveram esse mérito em 60 anos de F1:

    1955-Maurice Trintignant
    1975-Niki Lauda
    1976-Niki Lauda
    1981-Gilles Vileneuve
    1997-Michael Schumacher
    1999-Michael Schumacher
    2001-Michael Schumacher

    Em outras pistas o carro também tinha muitas dificuldades, a Ferrari sabia que tinha que trabalhar em um carro confiável e que se adaptasse ao estilo agressivo do alemão, melhoras foram feitas ano a ano(cabeças rolavam também) até chegar ao domínio dos anos 2000. Toda essa concepção do carro é concebida ao estilo de um piloto, mas isso não quer dizer que fazer um carro a determinado piloto é garantia de andar na frente, a Ferrari fez um carro para o estilo de Raikkonen em 08 e ele teve um ano ruim, com Alonso na Renault em 09 aconteceu o mesmo. Em 2010 o espanhol parece ter começado a descobrir os “segredos” do carro, na maior parte do ano sempre andou melhor que o companheiro, mas também deu sorte dos “pacotes” se ajustarem mais ao estilo dele que ao Massa, foi uma evolução muito rápida e com a proibição dos testes, só os pacotes mesmo para fazer “milagres”. A Ferrari fez o certo em contratar o espanhol, no geral a equipe melhorou muito nas últimas corridas, a Ferrari resgatou o poder de reação, mas o espanhol motivou muito a equipe sempre mostrando na pista algo mais. Um piloto veloz, cerebral e que sabe trabalhar com a equipe desenvolvendo o carro faz muita diferença. Isso eu só vi acontecer com: Lauda, Piquet, Prost e Schumacher! Alonso também parece querer entrar para a lista, começou por baixo na Renault em 2002, trabalhou com a equipe até chegar aos títulos, é um piloto ímpar. Na Ferrari não vai conseguir repetir o que o alemão fez(já pegou a equipe organizada), mas com certeza vai fazer história!

    O Jumento Bueno deve estar se mordendo de raiva: “Esse título era do Felipe Massa!!! Alonso deu muita sorte em 2010 Reginaldo”

    Já o Cleber Machado só resta dizer: “De novo não!! De novo não!!! De novo sim… De novo sim?”

    Curtir

    1. Por essas e outras que considero as temporadas entre 96-00 como as melhores do Schumacher. Às vezes a gente esquece do que era a Ferrari naquela época – apesar da maldade do Coulthard, que diz que os Ferrari são fortes pq o Michael costumava bater em todo mundo.
      Tenho minhas dúvidas se a Ferrari fez um carro para o Raikkonen em 2008. Se fez, fez mal feito, porque ele tinha muito mais dificuldade que o Felipe com os pneus.
      Sobre o Alonso, seria esse o ano do Massa andar na frente dele, porque ele não participou do projeto do carro. Ao longo do ano, a equipe ouviu as informações que os asturiano passou e, por isso, os pacotes se ajustaram mais a ele – não foi sorte, rsrs. Ano que vem, acho que o carro será ainda mais a cara dele.

      Curtir

  2. o carro do ano passado era um carro ruim e difícil de pilotar. já o F10 parece ser um carro excelente, mas também difícil, pois necessita de muita inteligência do piloto: muita agressividade aliada a um extremo cuidado para não estragar os pneus. e além da dificuldade com o carro, o piloto nunca pode esquecer a estratégia que mais encaixa com a filosofia do carro. é muita coisa para lembrar quando se está sentado naquele cockpit. em outras palavras, o piloto tem que ser meio gênio mesmo.

    Curtir

    1. esse carro não estraga os pneus, mas o que eles têm que lembrar é que o rendimento cai muito com o composto duro, então não podem forçar muito no começo e ainda assim ser rápidos… por detalhes como esses acho muito injusto ficarmos atrás do computador descendo a lenha nesses caras!

      Curtir

  3. Julianne
    Artigo Brilhante

    Onde andava menina? Nesse blog pode-se discutir assunto com qualidade sem “propaganda” e demagogia..
    Se me dissessem algum dia que blog rosa e amarelo ia falar de Fórmula 1 com essa profundidade e qualidade..não sei se ia acreditar..não mude nada.

    Bacci e complementi

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s