Que carro se sairá melhor nessas 4 provas finais?

Observando as características do RB6, do F10 e do MP4-25, podemos fazer algumas previsões para as 4 – ou 3 – últimas provas, lembrando que fatores como chuva (Japão e Brasil), a condição da pista da Coreia e falhas individuais podem fazer tudo mudar rapidamente.

Red Bull

Prós Contras
Excepcional em curvas de média a alta velocidade Problemas de confiabilidade do carro (foram 3 no final de semana de Monza, além da questão dos freios em Cingapura)
Funciona melhor em pistas de alto downforce Muito dependente da aerodinâmica, o que ficou evidente quando a flexão das asas diminuiu
Durabilidade do motor Renault Falta de potência do motor Renault
Constância de Webber Imprevisibilidade de Vettel
Carro cuida bem dos pneus, permitindo estratégias ousadas como nas últimas 2 etapas Ter 2 pilotos lutando pelo campeonato
Ritmo na classificação Largadas

Ferrari

Prós Contras
Não é um carro com grandes fraquezas, nem grandes qualidades. É pau pra toda obra Alonso terá que fazer 3 provas nos motores que foram usados em Spa e Monza e não pode ter mais quebras
Motor com boa aceleração e velocidade final Não funciona bem no pneu duro
Estabilidade e precisão na freada Largadas de Alonso não têm sido nada espetaculares
Ótima tração na saída de curvas lentas Pitwall já cometeu erros bobos neste ano
Não perderam tanto quando a Red Bull aerodinamicamente com os testes das asas Uma peça experimental no câmbio causou 2 quebras em Cingapura
Têm um claro nº 1 na equipe

McLaren

Prós Contras
O melhor motor do grid em potência e durabilidade Problemas de estabilidade em superfícies onduladas
Boas decisões estratégicas, especialmente em corridas na chuva Falta de downforce, não parece ter o mesmo desempenho das rivais com o difusor-escapamento
Boas largadas 2 pilotos lutando pelo campeonato
O melhor duto aerodinâmico Parece degradar mais os pneus

Essa metade final do campeonato teve 2 reviravoltas técnicas. A 1ª, quando Ferrari (em Valência) e McLaren (nos treinos de Silverstone) introduziram o difusor-escapamento da Red Bull. Os italianos acertaram o complicado sistema logo de cara e, depois de 2 corridas tumultuadas por outros fatores, firmaram-se como a 2ª força em pistas de todos os tipos. Já a McLaren, mesmo mostrando uma melhora em Spa, ainda não parece ter achado a chave para fazê-lo funcionar – o time levou a Cingapura um novo assoalho que, devido a questões de confiabilidade, só deve estrear em Suzuka.

A asa que a McLaren estreou em Cingapura para ganhar downforce mais parece uma obra de arte

A 2ª virada foram os testes no assoalho para determinar o quanto fletiam. Depois de muita reclamação da McLaren, as 3 equipes passaram por provas mais rigorosas na FIA, o que parece ter recortado um pouco mais a vantagem da Red Bull, cujo carro, devido à menor potência do motor, é mais aero-dependente.

Cansado de fazer as poles e perder pontos, o time austríaco parece ter apostado em melhorar seu ritmo em corrida, que cresceu muito desde a Alemanha e proporcionou algumas ótimas recuperações – Webber na Hungria, em Spa e em Cingapura e Vettel em Monza – enquanto a McLaren parece ter priorizado a classificação: ficou a 0.181s da Red Bull no sábado em Cingapura e, lá pela volta 16 já tomava 1s por volta, o que denuncia desgaste excessivo de pneus. Já a Ferrari parece mais equilibrada, pelo menos nas mãos de Alonso, que teve menos problemas com aquecimento de pneus que Massa por todo o ano.

Pista por pista

Tendo tudo isso em vista, dá para fazer algumas apostas para as últimas provas, todas elas com níveis de downforce médio para alto:

Suzuka (pneus duros/macios): dá para apostar numa McLaren mais forte que em Cingapura, no mesmo nível ou até um pouco melhor que a Ferrari, mas é território Red Bull, com várias curvas em 4ª e 5ª marchas. É esperada uma dobradinha.

Coreia (duros/macios): Se a prova acontecer, parece outra pista favorável à Red Bull, principalmente no 2º setor, que se assemelha bastante à Hungria. Não é muito claro quem seria a 2ª força: algumas freadas fortes podem beneficiar a Ferrari, mas o fato de serem usados os pneus duros impõe uma dificuldade a mais aos italianos.

Interlagos (médios/super macios): Deve ser a melhor pista até o fim do ano para a McLaren, devido à grande subida antes da reta dos boxes, em que a combinação motor Mercedes + duto aerodinâmico deve falar alto. No miolo, Red Bull e Ferrari levam vantagem – e serão usados os pneus favoritos do F10. Deve ser a batalha mais próxima das 4.

Abu Dhabi (médios/super macios): com os pneus super macios, retas seguidas por freadas fortes e curvas de baixa, que demandam boa tração, a Ferrari aparece bem para a última prova do ano. É uma combinação que beneficia a Red Bull em relação à McLaren.

7 comentários sobre “Que carro se sairá melhor nessas 4 provas finais?

  1. Bom, pra mim, levando em considerações todas as quatro pistas restantes, a RBR tem tudo para ser a campeã de 2010… Pilotos e Construtores.

    Seria bem legal se o WEBBER fosse campeão…

    Em 2008…
    O BUTTON campeão em 2009?! Nunca!…
    E foi.

    Em 2009
    O WEBBER campeão em 2010?! Nunca!…

    * Sem contar que isso daria um ânimo a mais para o Barrichello. *

    Curtir

    1. Tem tudo para ser o fim de semana da Red Bull, a quantidade de curva de média e alta velocidade contam a favor dos energéticos.
      Porém, temos os fatores Vettel e a fraca estratégia de corrida da equipe.

      Qualquer chuvinha coloca o time em parafuso. Ao menos em comparação com a equipe do Button.

      Para mim irá ser o primeiro teste da “versátil” Ferrari num território dos Bulls.

      E quanto a Mclaren, espero que acertem a mão com o carro, pois de pilotos eles estão muito bem.

      É isso, cada equipe irá tentar incorporar as vantagens de seus concorrentes em suas máquinas. Como é normalmente ao longo do campeonato.

      Curtir

      1. Depois das últimas provas, não sei se podemos falar mal dos estrategistas da Red Bull. Eles salvaram vários pontos, mas é claro que o Button é o melhor no “chove não molha”, ou changing conditions para os ingleses.
        Cingapura já era um território Red Bull, mas o fato de ter feito a pole foi 80% da corrida do Alonso lá. Em Suzuka, não dá pra segurar um carro mais rápido a corrida toda.
        Concordo sobre a McLaren. Eles claramente pontuaram mais que o carro permitia com a combinação piloto + estratégia.

        Curtir

  2. Não acho que seja necessário ganhar, mas eles precisam ficar à frente de pelo menos um dos concorrentes. É uma pista bem melhor pra eles que Cingapura, então não é nada impossível.

    Curtir

  3. De toda forma, o GP de Abu Dhabi só vai servir para cumprir tabela. Será uma corrida chata em uma pista chata, pior do que Cingapura.

    Até lá, espero ver Mark Webber ter conquistado o caneco.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s