O difusor está por trás das rodas voadoras?

Parece que passaram despercebidas pela FIA as duas rodas que saíram sem maiores explicações dos carros de Kubica e Rosberg durante o GP do Japão. É estranho que nenhuma penalização tenha sido dada, uma vez que, desde o acidente de Massa na Hungria ano passado, a entidade é especialmente dura nesses casos.

Contudo, o mais intrigante é a hipótese levantada para as equipes do porquê dessas falhas. Elas seriam consequência do difusor-escapamento, novidade trazida pela Red Bull nesse ano e copiada por todo o pitlane.

O mecanismo permite que os gases do escapamento sejam soprados para dentro do difusor, melhorando o downforce. O problema é que todo o caminho pelo qual esses gases – que antes eram soltos por cima do chassi – passam teve que ser remodelado para resistir ao calor.

Sorte que a roda de Nico não se soltou quando ele disputava posição

A hipótese é que, em determinadas situações, os gases esquentem o mecanismo que prende o pneu de tal modo que ele perca sua eficácia, lembrando que as peças se expandem sob altas temperaturas.

Isso explica por que Kubica só teve problemas durante o Safety Car. Se a roda estivesse solta desde o início, provavelmente se soltaria logo na 1ª curva. Mas ela teria se desprendido à medida que o carro andava em baixa velocidade e toda parte traseira por onde passam os gases do escapamento se superaquecia.

A Red Bull já foi acusada neste ano de mandar os pilotos andarem muito devagar atrás do Safety Car na tentativa de, já que têm um sistema mais avançado que das outras equipes, provocar alguma quebra dos rivais, mas não passou de conversa de paddock.

No caso de Nico, as várias voltas com o mesmo pneu – ele parou ao final da 1ª – podem ter potencializado esse superaquecimento e causado a falha.

Por qualquer motivo que seja, a questão das “rodas voadoras” deve ser olhada com cuidado. Ninguém quer ver um acidente como o que vitimou Henry Surtees na F2 ano passado.

 

4 comentários sobre “O difusor está por trás das rodas voadoras?

  1. Achei que seriam penalizados. (Cada vez entendo menos a máFIA)

    Essa teoria é plausível, hein!
    E por que ‘diabos’ a Mrs. FIA não fez/faz uma análise?! Esperando um novo Surtees?!

    * E que azar do H. Surtees, hein! Morrer atingido por uma roda. Quando é que ele iria imaginar tal coisa?! *

    Curtir

    1. Também achei. O Eddie Jordan falou que o Bernie gosta de “ficar por perto” quando os comissários estão decidindo alguma coisa. É tudo político. Criar uma polêmica sobre isso agora não é necessário, a F1 já tem manchetes o suficientes.
      Você também não achou estranho a batida do Massa sair barato?
      Esse acidente foi muito impressionante. A FIA está vendo que as rodas se soltam em acidentes – o cabo de segurança não serve pra nada – e mesmo sozinhas – teve o Alonso ano passado e o Rosberg no pit esse ano – e não faz nada. Tá pedindo.

      Curtir

      1. Em 2011, incluirão mais um cabo de segurança.
        (Pelo menos é o que diz uma reportagem… Vamos ver se irá resolver)

        “É tudo político”
        – Está longe de a F1 ser um mar de rosas… Quer dizer, é, mas são os espinhos que predominam.
        Ecclestone, o homem dos negócios.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s