A Red Bull não tem o mesmo domínio de Interlagos

Como se já não bastasse termos uma decisão de campeonato apertadíssima, em teoria Abu Dhabi é um circuito mais parecido com Cingapura e Canadá, em que a Red Bull não foi tão dominante (vitória de Alonso no 1º e de Hamilton no 2º).

A prática confirmou essa expectativa. O time austríaco, apesar de ter mostrado um ritmo forte, não tem a vantagem de Interlagos. Inclusive, com os pneus médios, era fracionalmente mais lento que Alonso, algo que pode mudar com o avanço do setup no decorrer do final de semana.

Cena rara neste ano, Vettel e Webber tiveram alguns momentos de saída de pista. Com os pneus super macios, a diferença aumentou e eles passaram a perder para a McLaren – pelo menos na mão de Hamilton, uma vez que Button continua reclamando de bloqueio dos dianteiros. O equipe inglesa finalmente acertou a mão com a asa traseira que deveria ser estreada ainda em Cingapura. Alonso abortou sua melhor volta – mesmo assim, rodava a 0.15s de Hamilton.

O equilíbrio continuou no stint com pneus super macios e tanque cheio, que estuda como será a 1ª e importantíssima fase da corrida. Contudo, Alonso pareceu ter problemas com o composto macio, justamente o ponto forte da Ferrari, e reclamou que o carro estava muito traseiro com este tipo de pneu. Veja os tempos:

Pneu super macio e tanque vazio

Hamilton Vettel Webber Alonso
1:41.733 1:49.731 1:52.995 1:47.896
1:51.425 1:41.614 1:41.369 1:50.316
1:41.213 1:53.961 2:02.796 1:41.314
1:52.118 1:41.145 1:41.315 1:52.199
1:40.888 1:42.204 1:51.027 1:46.293
1:52.219 2:02.795 1:43.752

Pneu super macio e tanque cheio

Hamilton Vettel Webber Alonso
1:46.885 1:47.019 1:47.497 1:46.542
1:47.434 1:46.962 1:52.862 1:52.907
1:47.098 1:47.612 1:47.181 1:47.529
1:54.732 1:52.287 1:48.958
2:24.603 1:47.217 1:48.703
1:48.003 1:49.239
1:49.361

O 2º treino foi disputado no mesmo horário da classificação, ao anoitecer, e contou com uma queda de temperatura que pode ajudar Red Bull e McLaren. É bem verdade que o tráfego atrapalhou os pilotos no stint com pneus macios e tanque vazio, que resultou nos melhores tempos do dia, mas a noite de Abu Dhabi parece ter dificultado a o aquecimento dos pneus e pode ser um fator amanhã. Massa só conseguia acompanhar o ritmo de Alonso no 2º setor, das longas retas, e ficou sem combustível em seu stint com pneus super macios. Perdeu meia hora de treino.

No mais, Renault e Force India (baseada em seu duto aerodinâmico) andaram bem, enquanto a Williams teve problemas para ganhar tempo com o pneu super macio e amargou as 12ª e 15ª posições (Hulkenberg, estreante em Abu Dhabi, à frente) e a Hispania de Senna andou surpreendentemente próxima da Virgin de Di Grassi o treino todo, mas levou um “choque de realidade” no final. Bruno foi o último, 0.224s de Klien, e Lucas a 0.794s de Glock.

Voltas combinadas

A volta combinada é a soma dos melhores setores de cada piloto.

Pos. Piloto Volta combinada Dif. Déficit p/ a melhor
1 Lewis Hamilton 1’40.854 0.034
2 Sebastian Vettel 1’41.046 0.192 0.099
3 Fernando Alonso 1’41.225 0.371 0.089
4 Mark Webber 1’41.244 0.390 0.071
5 Felipe Massa 1’41.459 0.605 0.124
6 Robert Kubica 1’41.576 0.722 0.000
7 Michael Schumacher 1’41.819 0.965 0.427
8 Jenson Button 1’41.999 1.145 0.133
9 Vitaly Petrov 1’42.023 1.169 0.073
10 Vitantonio Liuzzi 1’42.129 1.275 0.074
11 Nico Rosberg 1’42.188 1.334 0.034
12 Nico Hülkenberg 1’42.256 1.402 0.193
13 Adrian Sutil 1’42.503 1.649 0.032
14 Kamui Kobayashi 1’42.648 1.794 0.120
15 Rubens Barrichello 1’42.757 1.903 0.157
16 Nick Heidfeld 1’42.863 2.009 0.087
17 Jaime Alguersuari 1’43.117 2.263 0.011
18 Sebastien Buemi 1’43.433 2.579 0.151
19 Heikki Kovalainen 1’45.180 4.326 0.000
20 Timo Glock 1’45.199 4.345 0.060
21 Jarno Trulli 1’45.564 4.710 0.048
22 Lucas di Grassi 1’45.857 5.003 0.196
23 Christian Klien 1’47.015 6.161 0.195
24 Bruno Senna 1’47.176 6.322 0.258

9 comentários sobre “A Red Bull não tem o mesmo domínio de Interlagos

  1. Tive impressão de que Alonso reclamava de “over steer”. Anyway, estava com problemas nos macios…

    E Hamilton, por mais que antes de sentar em seu carro não acreditasse tanto assim, a partir de agora vem com um sentimento de “unfinished business” para Yas Marina, já que ele tinha pole ano passado e se não fosse pelo seu problema nos freios, provavelmente teria ganho a corrida.
    Interessante que esse abandono de Hamilton na última prova do ano passado foi o seu primeiro abandono por problemas mecânicos na carreira, depois de 3 temporadas inteiras. Difícil quebrar essa McLaren (esse ano quebrou um pouco mais, infelizmente. A história poderia ser outra se não fosse Espanha e Hungria).

    Curtir

  2. bem Ju, por ser a última corrida, acho que o lado emocioal se somará à disputa dentro da pista! todos sabem que não podem errar! a tendência é que seja uma corrida mais defensiva por parte dos postulantes, e no final…… mesmo não possuindo o melhor carro do momento, acho que ferrari e mclaren andarão mais próximas esperando qualquer deslize! penso que com a perda das asas flexíveis, o domínio extremo da rbr diminuiu! temos que ver também, que para os quatro, além dos carros, a luz no fim do túnel, faz o pé ficar mais pesado!

    Curtir

    1. não sei o que você acha, mas vejo o Webber como o elo mais fraco emocionalmente no momento. Sente-se sozinho dentro do time e sabe que provavelmente será sua única chance de ser campeão. Mal posso esperar a classificação amanhã. Vai ser crucial.

      Curtir

    2. Wagner Vieira Alves

      vai na excelente peça da Ju Quantos Campeões não tinham o melhor carro? um comentário meu a um seu.

      Abraço

      P.S.aí pelo meio.

      Curtir

  3. Ju

    impressionante colagem de dados isso é o âmago do que eu gosto na Formula 1.

    Tenho a impressão que a força da Ferrari vem com pneu mais duro a lentidão no Qualifyng em relação aos RBR, para além do RBR6 ser um míssil não era a Scuderia não conseguir aquecer pneu mole?

    Bacci

    Curtir

    1. Pelo contrário, a dificuldade da Ferrari é para aquecer pneu. Quanto mais duro o composto, mais difíicl o aquecimento. Então, se classificassem-se com o duro, a diferença seria ainda maior. Em Abu Dhabi usa-se os médios e super macios, então eles não deveriam ter tanto problema.
      O que me parece que aconteceu ontem é que o comportamento do carro mudou muito com os pneus super macios, combinado com o fato de já não haver luz natural quando os super macios entraram em ação, por isso o rendimento pior. É algo que eles podem resolver isso no 3º treino agora.

      Curtir

  4. bem Ju, me permita sair um pouco do assunto e agradecer o sennaceccotto12 pelo esclarecimento! é bacana quando vc discute com pessoas que realmente acompanham f1 à fundo, sem devaneios! hoje quando vemos OS JOGOS que acontecem na f1 atual, temos que nos lembrar que atualmente, a transparência dos meios de comunicação teem um papel importante! quando vemos FASTER THAN YOU, quem não acompanha f1 realmente, acha isso novidade, agora imaginemos o que rolava entre as equipes, quando OS RÁDIOS ERAM FECHADOS???? gostamos da f1, mas sabemos que o circo não é a terra do faz de conta! novamente, agradeço pelo esclarecimento!!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s