E não é que o piloto mais rápido é o campeão?

Muda-se a pontuação, libera-se, na prática, o jogo de equipe e, no final, o piloto mais rápido do ano todo vence o campeonato. Vettel lidera pela 1ª vez o mundial na hora certa e, com uma ótima recuperação desde a catástrofe do GP da Bélgica, torna-se o campeão do mundo mais jovem da história. E pensar que a inversão de posições no Brasil, defendida por alguns, tiraria o título daquele que foi, independentemente do favoritismo da equipe, o melhor piloto da Red Bull no ano. Afinal teve 4 falhas mecânicas, contra nenhuma de Webber, que lhe custaram nada menos que 66 pontos no ano.

Turma de 2010

Na última prova, em que aparecia como azarão, foi ajudado pelo erro da Ferrari na estratégia, ao decidir cobrir a parada de Webber, esquecendo-se do tráfego causado pelos pilotos que haviam aproveitado o Safety Car no início da prova para fazerem seu pitstop. Tivessem copiado as McLaren, conseguiriam o 4º lugar de que precisavam.

Um grande final, que poderia ter sido ajudado pela pista, é verdade, mas que fechou com chave de ouro a temporada mais disputada da história da F1.

12 comentários sobre “E não é que o piloto mais rápido é o campeão?

  1. como torcedor de fernando e ferrari, fico muito frustrado. ferrari fez um wrong call – verificar as janelas antes de chamar o piloto pro pit é básico e o ritmo de alonso era suficiente para acompanhar as mclaren. mas agora não há nada o que reclamar da equipe, porque ela se esforçou para dar a alonso um carro que pudesse competir pelo campeonato, o que não foi nada fácil, tendo em vista a superioridade gritante da red bull.

    fernando reclamar do petrov foi simplesmente ridículo, mas eu não queria estar no lugar dele ao perder um campeonato desse jeito. deve ser revoltante. com certeza, daqui algumas horas ele vai entender o que aconteceu. se houve um erro nessa corrida foi do Andrea. mas, de novo, não é hora de apontar o dedo para ninguém. é pensar em 2011.

    THAT’S RACING!

    Curtir

  2. Parabéns, Sebastian Vettel, parabéns Red Bull. Uma vitória do melhor carro e mais, uma vitória do Esporte.
    Torci para Webber e acho que o título, por toda a temporada, ficaria em melhores mãos com ele, mas ficou muito bem com Vettel, que venceu três das últimas 4, pela quebra na Coreia. Assim como a reação de Ferando Alonso foi muito boa, Sebastian foi campeão pela reação, na hora certa.

    Curtir

  3. Alonso… Petrov is faster than you. …Loser!

    Também acho que a equipe Italiana errou, mas é fácil ficar xingando e esquecer que o Alonso perdeu a posição para o Button… Tudo isso fez a diferença na corrida.
    Juntando isso e a parada do Webber, que assustou a Ferrari, pois o Australiano estava virando mais rápido, o Alonso acabou perdendo o título.

    Gn’R

    Curtir

  4. andre melo

    Deixe-me esclarecer alguns pontos…

    O Alonso, como piloto, merece todo o nosso respeito, mas é fato que ele foi um “loser” hoje. Não estou desmerecendo o cara.
    * O fato de você ser torcedor do Espanhol, faz com que veja qualquer comentário como um “ataque”… E as coisas não são bem assim.

    Veja bem…
    Por um momento, até torci por ele… Bem mais do que torci pelo Webber, pois vi a garra que ele tem. Mas o fato é que ele perdeu, foi um “loser”, e ainda foi um mal perdedor, como você bem disse em seu comentário.

    Gn’R

    Curtir

  5. imaginava que o pior problema da ferrari seria o motor! a perda do título, com certeza, foi um erro grotesco na estratégia que derrotou alonso! imaginem, kubica conseguiu ficar 39 voltas com o pneu macio, por que a ferrari, muito mais equilibrada, não conseguiria? quem vinha atrás de alonso, eram carros piores! além do mais, webber que vinha atrás, teria problemas com o tráfego! errar é humano, mas duvido que ross brawn teria um erro fatal como este! sem tirar os méritos de vettel, em relação a vantagem, a ferrari perdeu o título para ela mesma!

    Curtir

    1. o erro foi grotesco mesmo e explicarei em detalhes num post sabe estratégia, acredito que amanhã. Só corrigindo, o Kubica estava de pneu duro, pois ele largou em 11º – mas é claro que nosso narrador não viu… rsrs

      Curtir

  6. valeu a correção Ju! mas para embasamento, temos como referência button, hamilton e vettel, que com pneus macios, pararam tarde, muito tarde!!! mesmo que estivesse perdendo velocidade, a troca não seria necessária naquele momento, pois a meta não seria vencer, apenas se manter em 4º!!! e, em um circuito sem pontos SEGUROS DE ULTRAPASSAGEM, com certeza webber não se aproximaria! não acredito que webber tentaria ultrapassar alonso para favorecer vettel, portanto, mesmo possuindo carro inferior, a ferrari ferrou com a corrida de alonso!!!

    Curtir

  7. E não é que o Weber ajudou Vettel?

    Aquilo foi um “drible” maravilhoso nos italianos! O pessoal da Ferrari deve estar até agora se perguntado porque fizeram isso.

    No mais foi ótimo ter Vettel de campeão embora minha torcida fosse do australiano.

    Esse blog é muito bacana, fiquei fã.

    abs

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s