Quais foram as melhores ultrapassagens do ano

Umas são fruto de puro oportunismo, outras são meticulosamente calculadas, mas todas têm sua beleza. Aí está minha lista das melhores ultrapassagens do ano, organizadas por data. Lembram de mais alguma?

Hamilton x Rosberg, GP da Austrália

Hamilton foi muito corajoso aqui, numa rara ultrapassagem – e por fora – na curva 11 de Melbourne.

Alguersuari x Hulkenberg, GP da Malásia

Essa foi daquelas estudadas, em que parece que o piloto sabe o desfecho antes da primeira tentativa.

Alonso x Massa, GP da China

Alonso dá seu cartão de visitas a Massa numa manobra pra lá de oportunista na entrada dos pits. Hamilton fez o mesmo com Vettel, em outra que poderia estar na lista.

Hamilton x Vettel x Sutil, GP da China

Falando em oportunismo, aos 2min de vídeo, Hamilton aproveita que Sutil escorrega e bloqueia Vettel para passar logo os dois.

Hamilton x Vettel, GP da Turquia

É Hamilton com sua presa favorita novamente, agora por fora, aos 44s de vídeo, logo após ter perdido a posição na largada.

Button e Kubica x Webber, GP da Europa

Briga de foice no travadíssimo circuito de Valência. E Webber deve estar se perguntando até agora o que aconteceu.

Rosberg x Alguersuari, GP da Inglaterra

A Brookslands, e ainda por fora, não costuma ser lugar de ultrapassagem, mas Rosberg não quis nem saber e colocou o carro pra lá da linha branca, a 1min21 do vídeo, para passar Alguersuari.

Barrichello x Schumacher, GP da Hungria

Barrichello tinha pneus bem mais novos, mas essa entra na lista pela coragem: quem não tiraria o pé ao ver o muro tão perto?

Kobayashi x Alguersuari, GP do Japão

O japonês freia pra lá do “deus nos acuda”, faz a curva de lado e ainda toca em Alguersuari para parar o carro. Isso é que é passar na marra.

Alonso x Hulkenberg, GP do Brasil

Outra daquelas calculistas: Alonso faz Hulkenberg contornar o S de uma maneira longe da ideal para sair para o abraço lá na frente.

Hamilton x Safety Car, GP da Europa

Essa perde em plasticidade, mas ganha em eficiência. Foi a ultrapassagem que mais posições garantiu a um piloto. Tivesse ficado atrás do Safety Car, muito provavelmente terminaria a corrida fora dos pontos, lembrando que voltaria à pista após o pit atrás de Massa, pois trocou o bico do carro. Cruzou a linha de chegada em 2º.

20 comentários sobre “Quais foram as melhores ultrapassagens do ano

  1. Kubica, Button e Webber. Kubica deve ter freiado para lá do Deus nos acuda para vir de trás e passar Webber por dentro antes da ponte. Button precisou de toda a precisão e coragem possível para passar Webber por fora. E depois ainda houve Button x Kubica na ponte; putz, mais um centímetro para lá ou para cá de qualquer um dos dois e haveria uma tremenda batida, muito estrago e, sendo na ponte, certamente a bandeira vermelha.

    Curtir

  2. Ju belas lembranças! empataria em 1º, as ultrapassagens duplas da dupla da mclaren, na china e no gp da europa! pela plasticidade e pela técnica! parecia f1 dos anos 80!!! em 2º, colocaria a ultrapassagem de alguersuari na malásia! foram muitas fechadas de porta, ainda mesmo assim manteve o foco! uma bela ultrapassagem por fora! em 3º, pela quantidade e pela diferença dos pneus àquela altura, colocaria koba! sem demérito ao japonês! em 4º, colocaria a audácia de barrichello! Ju, estas me chamaram mais a atenção! três me chamaram atenção pela polêmica! 1º, na china, quando falava-se que alonso tinha ultrapassado no box, dá para ver que a manobra começa ainda na pista! normal, sem polêmica! 2º, na inglaterra, cujo fical era mansell, alonso tomou uma punição discutível pois, estava no traçado, e para não bater em kubica, que não deixou espaço, cortou a chicane! caberia bom senso, afinal ele não agiu para ganhar vantagem! discutível! 3º, acho que caberia punição mais severá a hamilton pois, foi punido 10 voltas depois! nesse caso, teve tempo de descer a bota! o fiscal, se não me engano, era mansell!!! o critério foi diferente com alonso ( 3 voltas depois na inglaterra, circuito de alta), e com hamilton ( 10 voltas depois, em valência, em um circuito travado)! coincidência??? foi visível o erro de hamilton, e mesmo assim só veio a punição após reclamação de alonso! haja polêmica!

    Curtir

    1. não é por acaso que tem muita gente na Itália que tem certeza de que o que Alonso falou em Valência e a punição da Inglaterra têm muito a ver. Ainda há inconsistência nas punições, mas acho que melhorou.

      Curtir

  3. Julianne, conheci seu blog através do blog do Ico, e desde então não deixei de vir aqui diariamente. Gostei muito do seu post sobre a qualidade da transmissão da F1 pela Globo, muito superficial. Quanto a este post, Hamilton foi o que mais apareceu. Por que será? É muito bom ver um cara como ele na pista: agressivo, corajoso e por que não?, polêmico também.

    Curtir

    1. Bem-vindo, Elton. O Hamilton tá aí para testar os limites mesmo, por isso constuma dar trabalho aos comissários. Ele também será presença constante no outro post de hoje, sobre as ultrapassagens que não deram tão certo. Show é com ele mesmo. E nós agredecemos.

      Curtir

    2. caro companheiro elton! fiz as observações a hamilton mas, quero dizer que não tenho nada contra ao inglês, muito pelo contrário!!! acho que é um piloto acima da média, e com certeza acrescentou muito á f1! o fato de torcer por alonso, sem ser fanático, é claro, não me fazem cegos aos outros bons! hamilton, por exemplo, valoriza ainda mais, a conquista de vettel pois, o alemão não ganhou de QUALQUER UM!!! esta safra de pilotos ficará para a história! cheguei a comentar com a Ju que, pelo nível de hoje, se shumacher enfrentasse estes caras, mesmo com a super ferrari, dificilmente, possuiria números tão absolutos! só para frisar, por mais que pareça um lance de sorte, a dupla ultrapassagem na china, além de muito técnica, É DESMORALIZANTE!!!

      Curtir

      1. Concordo. Se Schumacher tivesse a concorrência que há hoje, talvez não fosse tão absoluto. Claro que é mais exercício de imaginação do que outra coisa, mas a atual safra é muito boa!

        Curtir

  4. É mas a do Alonso em cima do Massa no pit lane, apesar de revoltante pra maioria dos torcedores brasileiros foi uma demonstração de precisão incrível.

    A de Rubens em cima de Schumacher me deixa nervoso até hoje!

    Curtir

  5. Das que o Kobayashi fez em Suzuka em prefira a sobre o Barrichello. Pela surpresa, ele nem está muito perto do carro da Williams e num instante toma a decisão e enfia o carro por dentro. rsrs

    Curtir

  6. As diferentes estratégias de pneu nos proporcionaram belas disputas. Muito do que vimos foram pneus novos colocando pressão em pneus usados. Assim, espero que a Pirelli encontre a equação mais adequada para nos deleitarmos mais na próxima temporada.

    Curtir

      1. as idéias fluem! esta sua resposta me fez pensar em dois casos! 1º você não acha que a abertura de mais fornecedores poderia ajudar ? talvez mais 3 ou 4? 2º em relação à estratégia Ju, você não acha que a OBRIGATORIEDADE, de certa forma, engessa, as possibilidades? não caberia um retrocesso neste caso?

        Curtir

      2. Sim e, a princípio, sim, Wagner. A princípio porque sou teoricamente contra qualquer tipo de artificialidade. Mas, pensando no pneu que temos hoje, muito duráveis, provavelmente seria possível fazer uma corrida inteira na maioria dos circuitos sem maiores problemas de degradação (de cabeça, lembro de Alonso em Mônaco e Vettel em Monza). Então certamente as corridas seriam mais chatas. Novamente voltamos à questão da durabilidade dos pneus. Se eles tivessem vida útil mais curta, não precisaríamos da obrigatoriedade escrita no papel.

        Curtir

  7. O ruim da “obrigatoriedade” da troca de pneus são as tais das “ultrapassagens” (estou abusando das aspas) nos pit stops. O sujeito não consegue passar na pista e espera o outro parar para ser mais rápido e voltar na frente. Com uma só parada obrigatória já acontece isso. Imaginemos com duas… Lembremos da era Schumacher (o imperador dessa técnica aguerrida)…

    Acho que a opinião dos pilotos reclamões, Julianne, seria abafada pela satisfação dos espectadores. Mas não tenho certeza.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s