A asa traseira móvel em ação

Pela primeira vez, pudemos ver a asa traseira móvel em ação, no shakedown que Alonso fez logo após o lançamento da Ferrari. A mudança na configuração da asa é bem mais visível que quando eram usados os dutos. Em pouco mais de um mês, veremos se funciona. O que vocês acham:

alonso ferrari fioranoalonso ferrari fiorano

Anúncios

6 comentários Adicione o seu

  1. lauro disse:

    Meu palpite: O momento que vai poder ativar dar muita confusão nos 4 primeiros GP’s e quando voltar p/ Europa vão liberar p/ qualquer momento ou proibir de vez. Espero estar errado.

    Mudando um pouco de assunto, a proibição do difusor duplo parece ter diminuido *muito* o tamanho da parte traseira do carro. Parece até que só tem o eixo motor e os braços de suspensão lá. Quero ver o da RedBull se mantiverem a suspensão pull-rod.

    Curtir

    1. faster F1 disse:

      Estou escrevendo justamente sobre isso num post para o PodiumGP, que irá ao ar na segunda-feira. A expectativa é justamente que todos usem a suspensão pull rod, pois ela permite um melhor fluxo de ar e uma traseira mais compacta.
      Além disso, é claro que ainda vão trabalhar bastante nessa região até o Bahrein.

      Curtir

  2. wagner vieira alves disse:

    Me parece também que o fundo dos carros serão totalmente planos, sem a prancha de madeira, algo que influenciará significativamente na aerodinâmica.

    Curtir

    1. lauro disse:

      Wagner, acho que não. O que mudou foi a proibição do chamado difusor duplo, que era alimentado por “buracos” no fundo do carro bem como quando alimentado pelo escape (RedBull em 2010).

      Essa foto (peguei no F1 Fanatic) mostra até bem o difusor inicial da Ferrari em 2011:

      Nessa outra aparece o difusor duplo de 2010 da ferrari:

      Dá p/ ver que ela ficou mais simples e mais baixa.

      Curtir

      1. faster F1 disse:

        A tal placa de madeira serve para inspecionar se o carro bate muito no chão, então ela permanece. O difusor passa logo acima disso e continua lá. A diferença, a grosso modo, é que ele será mais simples, causando menos turbulência aerodinâmica no carro que segue.

        Curtir

  3. Dé Palmeira disse:

    Também acho que pode dar confusão, mas uma coisa apenas interessa: As corridas vão ficar mais emocionantes?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.