Turma de 2011: McLaren

Em 2010
Colocação/pontos: 2º, 454 pontos
Melhor resultado: 1º (5 vezes, 3 com Hamilton e 2 com Button)
O que levar para 2011: forte dupla de pilotos e estratégias inteligentes
O que esquecer: falhas no desenvolvimento
Coração

Lewis Hamilton
Stevenage, Inglaterra, 07.01.1985
71 GPs
14 vitórias
Por que Hamilton: extremamente rápido e arrojado
Em 2010: 4º, 240 pontos
O que levar para 2011: as ultrapassagens incríveis
O que esquecer: os erros sob pressão

 

Cabeça

Jenson Button
Frome, Inglaterra, 19.01.1980
191 GPs
9 vitórias
Por que Button: estilo suave e pilotagem inteligente
Em 2010: 5º, 214 pontos
O que levar para 2011: a capacidade de fazer longos stints com pneus macios
O que esquecer: performance nas classificações

 

2010 era um ano promissor para a McLaren: depois de um super agressivo padrão de desenvolvimento em 2009, o time inglês havia terminado a temporada entre os primeiros colocados e contava com o reforço do atual campeão mundial, Jenson Button, que uniria forças ao dono do título de 2008, Lewis Hamilton. Pilotos fortes, carro bem encaminhado, o melhor motor, uma grande estrutura. Mas o ano não fluiu como o esperado. Se na primeira metade da temporada a McLaren estava próxima o bastante para conseguir se aproveitar das oportunidades que os rivais e o clima deram, após as frustradas tentativas de encaixar o escapamento soprado no difusor, cópia da Red Bull, a performance do time ficou dependente de eventuais características de circuitos ou performances perfeitas de seus pilotos.

Com um carro abaixo dos rivais, nem mesmo os dois últimos campeões mundiais até então mantiveram o padrão de pilotagem. Button passou a se classificar muito mal e Hamilton cometeu erros infantis durante as provas. No final das contas, a McLaren ficou no lucro o 2º lugar no mundial de construtores e uma boa fatia de dinheiro para 2011.

Mas é clara a intenção em mudar esse cenário. O MP4/26 tem um visual arrojado, com entradas de ar em forma de U e outra na carenagem do motor – a ideia é ter a maior quantidade possível de ar de “bom”, como definiu o diretor técnico Paddy Lowe, no assoalho, para suprir a falta do difusor duplo. O bico também traz modificações e a distância entre eixos é maior, mas a equipe jura que os verdadeiros segredos estão escondidos dentro do carro e admite que o escapamento ainda não está pronto, alimentando os boatos de que adotarão uma saída semelhante à Renault.

Se o que deixou a desejar ano passado foi o carro e seu desenvolvimento, pelo menos desta vez eles não podem ser acusados de não tentar.

6 comentários sobre “Turma de 2011: McLaren

  1. Bem, o MP4-26 parece arrojado, e isso porque ainda não vimos como será sua versão definitiva. Se toda essa promessa se confirmar, certamente o título ficará entre ambos, já que são a dupla mais forte da temporada.

    Curtir

  2. O carro mais feio da temporada até agora. Mas o que importa é velocidade, estou ansioso para ver como essa coisa estranha se sai.

    Preciso dizer, você repetiu um paragrafo no seu texto, aquele antes das fotos.

    Curtir

  3. Achei bacana o desenho do carro. Mas esses sidepods tidos como revolucionários, na verdade, têm conceito que remete os anos noventa. Só que de forma mais agressiva. Exemplo disto – da lateral “arrebitada” – foi a Ferrari F399 e aquela linda Arrows preta pilotada pelo Pedro P. Diniz.

    Curtir

  4. Esse é o espírito, inovar e provocar tendência. O carro é tão diferente, que se der tudo certo, ninguém consegue copiar. A Mclaren, faz parte da essência da f1, é tradição, isso eu gosto. Em 2007, a Mclaren perdeu a chance de formar uma equipe com os dois pilotos mais fortes da atualidade, e dominar por um bom tempo a disputa, mas como dois bicudos não se beijam…… As características de Hamilton e Button, se fossem unidas em um piloto apenas, criaria o piloto ideal, à prova de erros. Darão muito trabalho, tanto pelos pilotos, quanto pela capacidade técnica e organização. Pelo impacto do MP4/26, será lembrado pela inovação, ao estilo Tyrrel P34, de 1976, com suas inesquecíveis 6 rodas. É o lançamento do ano, se vai dar certo, é outro detalhe.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s