Arrancada de Vettel é uma das melhores da história

Vettel comemora com seu RB7 a vitória em Mônaco

Com 143 dos 150 pontos disponíveis no bolso, Sebastian Vettel tem um dos melhores inícios de campeonato da história da Fórmula 1. Seu feito já pode ser comparado ao que Michael Schumacher obteve em 2004 de Ferrari; Nigel Mansell, em 1992, com uma Williams também projetada por Adrian Newey; e Jim Clark, a bordo da Lotus de Colin Chapman, em 1965.

E mais, sempre que um piloto conquistou cinco vitórias nas primeiras seis provas, sagrou-se campeão ao final do ano. Veja abaixo a lista dos 10 melhores inícios de campeonato da história, já com a sétima corrida contabilizada:

Piloto Ano 1 2 3 4 5 6 7
Sebastian Vettel 2011 1 1 2 1 1 1
Michael Schumacher 1994 1 1 1 1 2 1 1
Nigel Mansell 1992 1 1 1 1 1 2 A
Jenson Button 2009 1 1 3 1 1 1 1
Michael Schumacher 2002 1 3 1 1 1 1 2
Jim Clark 1965 1 NL 1 1 1 1 1
Jackie Stewart 1969 1 1 A 1 1 1 2
Michael Schumacher 2004 1 1 1 1 1 A 1
Juan Manuel Fangio 1954 1 NL 1 1 4 1 1
Alberto Ascari 1952 NL A 1 1 1 1 1

A: abandonou
NL: não largou

Vettel ainda está longe de alcançar o feito de Schumacher em 2004: 12 vitórias e um abandono nas primeiras 13 provas. Lembrando que o campeonato que terminou com mais antecedência foi o de 2002, quando o alemão foi campeão na 11ª de 17 etapas e terminou todas as corridas no pódio. Naquele ano, o piloto da Ferrari chegou 67 pontos à frente do vice, Rubens Barrichello – o que hoje representaria 157 pontos.

Apenas um desses inícios arrasadores acabou com uma decisão apertada, na última corrida: em 1994, o campeonato foi decidido por uma batida entre o mesmo Schumacher e Damon Hill, no GP da Austrália. Com o abandono de ambos, o alemão foi campeão pela primeira vez por um ponto.

Naquele ano, o então piloto da Benetton foi desclassificado em duas corridas e suspenso por outras duas. Primeiramente, no GP da Inglaterra, levou bandeira preta por ultrapassar na volta de apresentação. No GP da Bélgica, perdeu os pontos e foi banido por outras duas provas devido ao desgaste excessivo no assoalho do carro.

Curiosamente, neste ano, é possível que, com a prometida proibição dos escapamentos soprados funcionando para a ajuda aerodinâmica, o RB7 de Vettel perca parte de sua vantagem para os rivais. Outro fator que pode ajudar os concorrentes é que, das temporadas indicadas acima, 2011, mesmo se a corrida do Bahrein não for realizada, será a mais longa.

2 comentários sobre “Arrancada de Vettel é uma das melhores da história

  1. Todas essas arrancadas marcam o equilíbrio, afinal não vencendo e terminando no podio, é lucro! Vc citou algo mt importante: o quanto influenciará a falta do escapamento soprado. Só o tempo dirá.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s