A Ferrari virou a melhor num passe de mágica?

Fernando Alonso pode falar aos quatro cantos que venceu as Red Bull por 20s em um território inóspito para a Ferrari, bradar que tinha um ritmo muito melhor. E é verdade. Mas houve três fatores que ajudaram o resultado – e que nos fazem ter de esperar pelo menos até a Alemanha para descobrir se esse 150º Italia chegou pra valer.

Obviamente, o erro da Red Bull no segundo pitstop de Vettel foi fundamental para a corrida do alemão, que desgastou seus pneus – como esperado, foi só ficar preso no meio do pelotão para toda sua ‘magia’ em manter os Pirelli rendendo bem acabar – atrás de Hamilton, teve de antecipar seu pitstop e acabou ficando tempo demais com o último jogo de pneus macios. Esse é o primeiro fator.

Em segundo lugar, a chuva antes da prova foi uma mão na roda para a Ferrari, pois eliminou a necessidade de usar os pneus duros, que vêm sendo, desde o ano passado, o grande tormento da Scuderia. Com eles, Alonso caiu da liderança para tomar uma volta há dois meses. Se tivessem superado totalmente os problemas com a borracha mais dura, seria quase um milagre.

Mas não pudemos descobrir isso, sequer nos treinos de sexta-feira, atrapalhados pela chuva. É óbvio que as novidades que a Scuderia trouxe para Silverstone – como tem sido de praxe, enquanto a Ferrari consegue colocar o que desenvolve no túnel de vento no carro, a McLaren teve que dar um passo atrás – melhoraram a pressão aerodinâmica do carro e isso interfere diretamente no rendimento com compostos mais duros, pois gera mais carga e favorece o aquecimento. Mas teriam os problemas sido solucionados completamente? É uma pergunta que vai ter de esperar ainda além da Alemanha, já que a Pirelli anunciou que não levará os duros nem para Nurburgring, nem para a Hungria.

O terceiro fator é o mais incerto de todos. Sem o tal difusor soprado nas freadas, de acordo com Felipe Massa, o carro perdeu de quatro a seis décimos por volta e “é impossível que os outros tenham perdido muito mais que isso”, opinou o brasileiro após o GP. Pelo tamanho da briga que a Red Bull comprou nesse final de semana, talvez Felipe esteja errado. Como tudo caminha para voltarmos à configuração de Valência, logo teremos esta parte da resposta.

Mas também não dá para ignorar que a Ferrari vem chegando nas últimas três provas. Poderia ter vencido em Mônaco e no Canadá, assim como lutou de igual para igual com a Red Bull em Valência. E com o difusor soprando à vontade. Faltava aquele imprevisto de corrida que faria Vettel gastar mais pneu e ficar em desvantagem. E ele chegou em Silverstone.

Porém, que ninguém diga que teremos uma repetição de 2010. Não são mais 47 pontos de diferença entre o líder e Alonso, e sim, 92. E a Red Bull, que até usou de ordens de equipe na corrida de hoje, parou de jogar pontos ao vento.

4 comentários sobre “A Ferrari virou a melhor num passe de mágica?

  1. Ju, acrescentaria a sua lista, uma alternativa até mesmo cômica. A Mclaren de Hamilton, funcionou como escudeiro de Alonso, kkkkkk. Ironia do destino? Um fato que me chamou a atenção também, foi o fato de na segunda parada, Alonso ter marcado a parada mais tardia de Vettel, pois mantinha um bom rítimo dos pneus, e isso fez que ele entrasse muito próximo de Vettel, somando-se ao erro da RBr, a possibilidade de ultrapassagem.

    Curtir

    1. Pois é, o escudeiro trabalhou direitinho e o segundo fator tem a ver com isso. Já falamos aqui que quem está na ponta e tem uma certa vantagem prefere retardar a parada e ter pneus mais novos na parte final. Isso tem feito Vettel ganhar corridas e hoje foi a vez de Alonso usar a tática.

      Curtir

    2. Já ajudou mais Alonso em 2011 do que Felipe Massa!! rsrsrs Pensei a mesma coisa quando vi Vettel atrás do inglês. Uma bela ajuda pro espanhol.

      Curtir

  2. Para alívio da RBR parece que a proibição dos difusores aquecidos deve ser revisto. Estranho é a aceitação da Ferrari após o excelente resultado em Silverstone. Será que eles tem mais cartas na manga?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s