Expectativas, acerto e retrospecto em Nurburgring

A F-1 retorna a Nurburgring depois de dois anos, resultado do revezamento que a Alemanha tem feito em suas pistas. Relativamente parecida com Silverstone, em que a aerodinâmica novamente é importante nas curvas de raio longo – ainda que de velocidade menor que no traçado britânico – trata-se de um bom indicativo do quanto as mudanças na relação de forças entre as equipes observadas na última etapa são resultado direto da bangunça nas regras.

Agora, com mais estabilidade, veremos se a McLaren realmente ficou para trás, o quanto a Ferrari evoluiu de verdade e onde a Red Bull se coloca nisso tudo. No meio do pelotão, a Williams e a Renault são duas que ficaram devendo em Silverstone e terão outra oportunidade de mostrar serviço.

Outra questão que deve preocupar os engenheiros neste final de semana é o clima imprevisível de Nurburgring. Cravada em uma área florestal, a região tem clima no melhor estilo Spa e não é incomum que caia um temporal e, voltas depois, os pilotos já começarem a apostar nos slicks. Quem não se lembra da loucura de 2007?

Falando naquele ano, os protagonistas de brigas na pista e fora dela são dois dos que possuem melhor retrospecto em Nurburgring: Alonso tem duas vitórias e só chegou atrás dos seis primeiros quando teve carros abaixo da média (2001 e 2009), enquanto Massa não saiu do pódio desde que chegou à Ferrari. Ninguém supera, é claro, o dono da casa, Schumacher, com cinco vitórias e oito pódios.

Vettel só correu uma vez em Nurburgring – e foi logo segundo, atrás de Webber, na primeira vitória do australiano na categoria. Outro que também subiu ao lugar mais alto do pódio no circuito foi Barrichello (veja o retrospecto de todos os pilotos abaixo).

Acerto do carro

A predominância no circuito é de curvas de baixa a média velocidade. Mesmo assim, o nível de pressão aerodinâmica é similar ao de Silverstone. Ainda que os carros com maior downforce se destaquem no circuito, o primeiro setor é bastante técnico e recheado de curvas de baixa, o que faz com que a aderência mecânica prevaleça.

Outro fator é que a descarga de energia nos freios (que regarrega o Kers) é média, no nível de Barcelona. As curvas 1 e 13 são relativamente onduladas. O ajuste dos freios é fundamental para a chicane antes da última curva, enquanto a maior preocupação na hora de acertar as suspensões é com as mudanças de direção.

Em relação aos pneus, serão usados os macios e os médios, assim como em Valência. No entanto, como Nurburgring tende a gastar mais borracha, os mais duros devem funcionar melhor e os mais macios, durar menos que na prova espanhola.

Mas o grande desafio para as equipes será lidar com o clima. Nestas situações, o normal é que se trabalhe com um acerto básico para o seco e fazer as adaptações necessárias se – ou quando, o que é o mais provável –chover.

Nº de voltas 60
Ativação da DRS Detecção na freada da curva 10 e ativação após a curva 11
Pé em baixo 58%
Consumo de câmbio médio
Consumo de freios médio
Consumo de motor médio
Nível de downforce alto
Uso de combustível 2.43kg por 5km
Tempo de perda no pit 20s6
2009
Pole position Mark Webber, 1:32.230
Resultado da corrida 1º Mark Webber

2º Sebastian Vettel

3º Felipe Massa

Volta mais rápida 1:29.468 (Michael Schumacher, Ferrari, 2004)

Retrospecto em Nurburgring (GPs da Europa e da Alemanha)

Piloto 4º-6º 7º-10º 11º+ DNF
Sebastian Vettel 1
Mark Webber 1 1 1 1 1
Lewis Hamilton 1 1
Jenson Button 1 2 3 1 2
Fernando Alonso 2 1 2 1 1
Felipe Massa 1 3 1 1 1
Michael Schumacher 5 3 2 1
Nico Rosberg 1 1 1
Nick Heidfeld 1 1 5
Vitaly Petrov
Rubens Barrichello 1 3 6 2 1
Pastor Maldonado
Adrian Sutil 1 1
Paul di Resta
Kamui Kobayashi
Sergio Perez
Sebastien Buemi 1
Jaime Alguersuari
Heikki Kovalainen 2
Jarno Trulli 1 1 3 2 4
Narain Karthikeyan 1
Vitantonio Liuzzi 1 2
Timo Glock 1
Jerome D’Ambrosio

3 comentários sobre “Expectativas, acerto e retrospecto em Nurburgring

  1. Um adendo que na corrida de 2007 a radio BBC contou com o maior narrador de F1 de todos os tempos, Murray Walker, para narrar essa corrida.
    A melhor corrida do meu acervo digital (audio da radio inserido no video da sport1), só por ouvir o famoso “watch the lights……. go!!!!!”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s