Vídeo mostra com clareza explosão no carro de Heidfeld

O jornalista inglês James Allen publicou em seu blog um vídeo feito por expectadores que mostra com mais clareza do que na transmissão o fogaréu e a explosão no carro de Nick Heidfeld. De acordo com a Renault, uma demora maior que o normal no pitstop causou superaquecimento.

Não é a primeira vez, nem que o carro de Heidfeld pega fogo neste ano – e, apesar da equipe despistar, parece claro que a falha tem a ver com o sistema de escapamento que apenas o time inglês usa – nem que a Renault tem problemas em pitstops em Hungaroring.

3 comentários sobre “Vídeo mostra com clareza explosão no carro de Heidfeld

  1. Oi, Ju!

    Parece que a explosão foi de alguma peça do sistema de refrigeração como o radiador ou alguma mangueira, pois depois sai uma fumaça branca de vapor de água.

    O pior é que a equipe culpou o piloto por manter o giro do motor muito alto durante a demorada troca de pneus, superaquecendo o escapamento frontal.

    Se isso for verdade, o Heidfeld errou duas vezes. Afinal, se ele percebeu o incêndio, por que não acionou o extintor de incêndio interno do carro?

    A batata dele já não está assando há algum tempo? Tá querendo acelerar o processo?

    Abs.

    Curtir

    1. Pelo que eu sei, Ricardo, o extintor do carro, assim como o botão do ponto morto, é para uso dos fiscais. A função do piloto é só sair o mais rápido possível. Aliás, você viu no vídeo como ele assustou?
      E o que eu vi sobre a parada é que eles tinham demorado para trocar um dos pneus. Se eles realmente estão culpando o Heidfeld, por mais que concorde que o trabalho dele está bem abaixo do que deveria, me parece que é para desviar a atenção porque não é para o carro literalmente explodir porque ficou 2, 3s a mais parado! Eu nunca tinha visto algo parecido.

      Curtir

      1. Olá, Ju!

        Dei uma olhada no regulamento no site da FIA e tem uma instrução a respeito do extintor:

        “All Formula One cars must be equipped with a fire extinguisher system. This automatically spreads foam around the chassis and engine area in the event of fire and can also be operated manually by either the driver or marshals. ”

        Eu acho que essa recomendação surgiu à partir dos acidentes da época do Lauda, onde era comum o piloto ficar preso e o resgate era demorado. Mas você tem toda a razão, nenhum carro pode se incendiar só por ficar parado por alguns segundos e como é reincidente a FIA poderia até proibir o escapamento frontal por questões de segurança.

        Abs.

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s