Poupar pneus na classificação é um bom negócio?

Toda classificação ouvimos as equipes justificando resultados ruins com a conversa de que pouparam pneus e sempre fica a dúvida: será que três voltas, uma tirando tudo do carro e duas mais lentas, fazem tanto estrago assim?

A resposta pode estar nestes dados, que relacionam a posição de largada com a média de chegada: o que conseguiram Webber, Kobayashi e Alguersuari – por três vezes – não foi ato de sorte ou coincidência: largar em 18º realmente é um bom negócio. Nessa posição, o piloto pode poupar os três jogos de pneus macios, ou seja, prolongar por três vezes seus stints – e rodar mais rápido, ainda que fracionalmente, com eles – e minimizar o tempo com o pneu mais lento.

É lógico que o piloto terá de ser decidido nas ultrapassagens e todo cuidado no tráfego é pouco, mas 18º é a posição que apresenta, digamos, melhor custo-benefício.

Pos. largada Média de pos. de chegada
1 1.83
2 3
3 3.25
4 4.17
5 4.67
6 7.3
7 8.33
8 11
9 10
10 8.27
11 12.56
12 11.45
13 10.8
14 11.78
15 11.89
16 10.64
17 13.3
18 12.1
19 17
20 18.11
21 16.63
22 18.64
23 16.63
24 16.33

Justamente o contrário acontece do sexto ao nono colocado e isso é fácil de entender. Vendo a classificação do campeonato, fica claro quem os são cinco pilotos que repartem a maioria dos pontos. Do sexto em diante, são conjuntos carro-piloto que ficam vulneráveis justamente àqueles que economizaram pneus por não passarem para o Q3.

A anomalia do décimo também teria a ver com os pneus: muitas equipes usaram a estratégia de não fazer voltas no Q3 para poupar um jogo. Não é de se surpreender que uma das propostas da Pirelli para o ano que vem seja, ou diminuir a alocação de pneus, ou trazer pneus específicos de classificação. Afinal, os option são tão melhores, para treino e corrida, que muito pneu duro tem voltado novinho para a fábrica.

Um comentário sobre “Poupar pneus na classificação é um bom negócio?

  1. Julianne, isso é tão estranho quanto é a classificação do mundial do WTCC. No Q1 os chefes de equipes orientam seus pilotos a pilotar mais devagar porque o 10º colocado no Q1 larga na pole na segunda bateria. Depois é que aceleram pra valer. Cada uma…

    (Eu espero que a Pirelli volte a usar os pneus de classificação, e as equipes aceitem. E para dar um toque de equilíbrio na disputa, usaria o sistema de lastro de outras categorias, mas diferentemente dessas, onde é acrescentado kg ao carro, este lastro seria acrescido no tempo de classificação. Explico, na primeira etapa ocorreria a classificação como é realizada hoje; a partir da 2ª prova seria acrescentado no treino classificatório para o GP: 1 segundo ao melhor tempo no primeiro colocado no campeonato; 0.9 segundo ao segundo melhor piloto no campeonato; 0.8 segundo ao tempo do terceiro colocado no mundial; 0.7 segundo ao melhor tempo do quarto colocado no mundial de pilotos; 0.6 segundo ao melhor tempo do quinto piloto no mundial; 0.5 seg. ao sexto; 0.4 segundo ao sétimo; 0.3 segundo ao oitavo; 0.2 segundo ao nono; e 0.1 segundo ao décimo piloto no mundial. E assim nas etapas seguintes.)

    Que é estranho, isso é.

    Da era recente, dois campeonatos me chamaram atenção. O de 2003, pelo formato da classificação, onde cada piloto tinha direito a uma única volta perfeita para se classificar. (Neste ano Kimi perdeu o campeonato já na Áustrália, quando saiu da pista e largou em último.). E em 2005 pela regra de utilização de pneus durante os Grandes Prêmios, era proibido trocar pneus, somente em caso de dano, e somente o pneu danificado, lembra-se da vibração estranha nos pneus de Kimi na Alemanha que destruiram sua suspensão faltando poucas voltas para o término do GP em Nurburgring? Ou do delicioso final do GP de Mônaco no mesmo ano, carros andando de lado, escorregando no “sabão”. Mas em nome da segurança acabaram essa regra.

    Uma sugestão, um dia levante a bola de como seria a sua F1? Pense em temporadas passadas, o que era bom e mudou, veja o que tá bom na atual, a questão da economia global. o Formato do GP – em voltas ou por tempo, em duas baterias? Pontuação, como está, antiga, ou outra; ponto para as melhores voltas e pro pole? Pilotos reservas partcipando de treinos livres valendo pontos para o mundial de construtores? Circuitos, qual o calnedário ideal, dos seus sonhos?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s