Dá-lhe pistas falsas até Melbourne

Jogo de esconde-esconde

Não vou dizer que os testes de pré-temporada não servem para nada. Longe disso. Mas ficar atento a cada detalhe do que está acontecendo nas pistas espanholas neste momento é uma tarefa um tanto inglória para quem não tem acesso aos dados com que as equipes realmente estão se importando. Até porque eles muitas vezes não podem ser traduzidos no cronômetro.

Confesso que já fiz de tudo para tirar conclusões dos testes. Anotei os tempos volta a volta de stints semelhantes entre carros diferentes, li artigos técnicos que só engenheiros conseguiriam decifrar, tentei até julgar um carro pela cara com que o piloto sai dele. E, quando chega em Melbourne, sempre tem alguma(s) peça(s) que não se encaixa(m).

Isso porque cada equipe tem uma filosofia, uma programação seguida à risca para testar e decifrar seus componentes, e sabem que, pelo menos neste momento, não estão concorrendo com os demais na pista. Ao menos não no cronômetro.

Ao contrário de um final de semana normal de GP, são mais compostos disponíveis, é mais tempo para experimentar, nenhuma necessidade de seguir a cartilha de peças novas nos treinos da sexta de manhã, avaliação de compostos, simulação com tanque cheio e vazio na segunda sessão, e acerto fino para classificação e corrida no sábado que vemos a cada evento. É cada um na sua e que a melhor filosofia de desenvolvimento apareça quando as luzes vermelhas se apagarem pra valer, na Austrália.

Mas, falando em filosofia, se os testes até agora apontaram alguma tendência, é de que a onda de migrações de McLaren para Ferrari parece criar um fenômeno curioso. Não precisa seguir a F-1 há muitos anos para saber de uma verdade absoluta dessa época: a Ferrari sempre lidera várias sessões, enquanto a McLaren faz um tipo low profile – e muitos na imprensa começam a questionar se os ingleses perderam a mão. Quando chega a primeira prova as coisas costumam voltar a seu devido lugar.

Pois, bem. O F2012 é comandado por Nikolas Tambozis e Pat Fry, ambos ex-McLaren – o último, claro, com uma história bem mais ligada ao time de Woking. Além da dupla, e não se sabe ao certo quantos, um punhado de engenheiros vem aterrissando em Maranello. E não é que ao menos esse início de pré-temporada dos italianos foi marcado por um entra e sai de sensores e testes aerodinâmicos de velocidade constante? Nada de grandes quilometragens ou simulações de classificação arrasa-quarteirão? Uma Ferrari tão… McLaren!

No primeiro dia, Button faz 1:21.530 após 62 voltas, e Massa, 1:22.815 após 69. No segundo, Massa ligeiramente na frente, com 1:20.454 e 95 giros, enquanto o inglês fez 1:20.688 em 85. Sempre colados na tabela de tempos. E do meio para trás. Hoje, Alonso teve problemas de manhã e talvez não termine o dia como Hamilton. Mas amanhã…

Pode ser só uma coincidência inicial. Porém, depois de infrutíferas análises de tempos, técnicas e até de humor, é a “diversão” que resta até Melbourne.

27 comentários sobre “Dá-lhe pistas falsas até Melbourne

  1. Oi Ju, acho que foi vc mesma que melhor resumiu o nonsense pré-temporada, via twitter:

    Tinha o link para o famoso teste em que Rubens Barrichello foi o mais rápido ano passado… E a Williams foi aquele naufrágio. E a Ferrari em 2009 enganou a gente também. Na verdade é meio de propósito né, as equipes tentam esconder tudo que podem, seja ruim ou mesmo quando estão com um carro bom (o famoso sandbagging”).

    De saco pra mala: e a Espanha se safou com a TV hein? São nós amanhã?
    abç

    Curtir

    1. Pelo que parece, eles nunca tiveram problema de dinheiro – e seria estranho ter, com os comerciais gigantes durante as corridas e mais de 30% de share de média. Na verdade, houve uma fusão entre duas emissoras, mas ela ainda não foi autorizada pelo governo, então eles promoveram essa espécie de leilão, aparentemente, só para migrar de uma para outra sem taxas. Digo isso porque a outra emissora interessada, a Telecinco, saiu da concorrência por “falta de transparência” no processo.
      Mas o mais engraçado disso foi o Lobato pedindo emprego via twitter. Daquelas que não tem preço. Imagine o Galvão pedindo emprego na cara dura?

      Curtir

  2. Pior que é verdade este ano a ferrari ta começando bem como a mclaren ja fez algumas vezes, inclusive nas alegações de que o carro não esta se comportando como deveria… e bla bla bla… mas acho que isso é pra evitar que se o ano não começe bem eles dizem que ja sabiam, ao contrario da williams ano passado que tentou esconder os erros do carro em um tempo que pouco importa nos testes. Mas só cabe a nós ficar esperando…

    Curtir

  3. Acrescentaria que o próprio F2012 tem um “quê” de McLaren ao ser um carro mais ousado aparentemente. Por outro lado, ao se olhar para o novo carro inglês fico com uma sensação de mais do mesmo, de conservadorismo tão presente na Ferrari dos últimos anos.

    Mas mudando de pau para cavaco, estou achando muito estranho esses apetrechos novos de escapamentos direcionados para os freios traseiros. Bom, na verdade não sopram os freios, mas sim uns apêndices aerodinâmicos construídos nas “caixas de rodas” onde se fixam os freios. Isso, na minha opinião, é irregular por representar parte aerodinâmica móvel. Mas se a FIA disse que está tudo legal…

    Curtir

    1. Parece que a Ferrari alterou suas saídas e DEPOIS a FIA falou que estava legal, pois eles estariam encaminhando os gases para o difusor. De qualquer maneira, os jornalistas que estão lá diz que o carro tem um som diferente. Desconfio que essa novela terá outros capítulos.

      Curtir

  4. Julianne, Pat Fry estava na McLaren desde 1993, e lá permaneceu até o ano de 2010. Nesse tempo vimos reações que, com ele no time a McLaren teve ótimo poder de reação(a exemplo de 2009 e até mesmo 2010, ainda que ambos fossem tardios) e um péssimo inicio de temporada(2011) já após a sua saída. Alguma correlação?? . Você o considera um engenheiro de suma importância, capaz talvez até mesmo de “reerguer” a Ferrari depois dos recentes fracassos? Acredita que a McLaren perdeu muito ao “deixa-lo” ir para Ferrari ou tem gente tão competente quanto o mesmo em Woking?

    Curtir

    1. Não creio que uma cabeça possa ser tão decisiva, nem se a cabeça em questão fosse a de Newey, que esteve com Fry em grande parte desse período de McLaren, equipe que ainda assim tem gente muito competente. Dos últimos projetos da McLaren, Fry comandou o vencedor de 2007 e o péssimo modelo de 2009, o que mostra que há mais fatores nessa equação.
      Por isso falo na filosofia que ele, Tortora, Hodge, Darek e, dizem, Heal e Bdukoski, estão levando a Maranello. A Ferrari sofreu muitas alterações nos últimos anos e parecia que carecia de personalidade. Eles parecem preocupados em se fortalecer em diversas áreas em um projeto a longo prazo e Fry é uma das ferramentas para isso.

      Curtir

    1. ok, mas vamos entrar num acordo, hein! É Julianne, ok? haha
      Faltam 2 testes agora e um em maio, mas mesmo acompanhando não dá pra saber muita coisa. Hoje, Vettel fez 11 voltas com média em 1min21s0, acho (não tenho certeza dos segundos, mas o que importa aqui são os décimos) e Hamilton fez 9 em 1min21s9. Dá pra falar que a McLaren tá 0s9 mais lenta? Claro que não!

      Curtir

      1. Puts perdi todo meu comentario nao sei como.. vou tentar lembrar do q tinha falado…..

        O tempo entre os pilotos por vc citado esta bem bonito ne? mas todos do grid estao praticando um exercicio especifico cada um do seu jeito…entao nao diz nada. Porem proximo ano parece serm bem mais equilibrada a competiçao.

        Se vc tivesse que apostar e depositar suas fichas qual seria o piloto campeao desse ano? e qual a equipe?

        a situacao dos pilotos brasileiro em curto prazo me espanta.. a ferrari esta com um projeto recem nascido e o massa vai pro tudo ou nada esse ano.. caso o brasileiro da ferrari nao renove com sua equipe vc acha que tem cockpit bacana pra ele proximo ano?
        e a willams? pior que ano passada é dificil ne? entao a tendencia é que ela seje bem mais competitiva….

        e o acordo ta fechado Julianne, hahaha! desculpe aí rsrs..

        aproveito pra dizer que esse espaço é bem bacana e vc é bem informativa,
        vlw!

        Curtir

      2. Sem apostas até o momento. E, quanto ao Massa, ele precisa começar o ano bem para fugir dessas vagas em que não se sabe o que fala mais alto.

        Curtir

  5. Ju, a respeito do esconde esconde, até que ponto vc acha que essa forma de trabalho das equipes, ajuda ou atrapalha na tentativa de evitar cópias por parte dos adversários? E até que ponto o desenvolvimento pode ser afetado na tentativa de não entregar o ouro? Ou vc acha que o staff técnico e os computadores podem compensar a “estréia” das mudanças em cima da hora?

    Curtir

    1. Essa questão das cópias eles resolvem testando todo o visível parte por parte e colocando tudo no último teste para não dar tempo de copiar, mas eu não vejo um esconde-esconde do tipo “vou testar dando 70%”. É uma questão de preocupar-se com a correlação de dados túnel de vento/pista, confiabilidade, esse tipo de coisa, e não com o cronômetro, pois ainda não é o momento. Um carro de F-1 é complexo demais para nascer perfeito. Primeiro é preciso conhecer o carro para entender em qual direção será seu desenvolvimento e acerto, ainda mais quando os pneus sofrem alterações.

      Curtir

  6. Julianee, Meio Off Topic. A McLaren, ao que aparenta, perdeu o patrocínio da Aigo. Saberia informar quanto a mesma ganhava pelo patrocinio da Aigo e se essa perda de dinheiro poderia acarretar em menor investimento para Updates do MP4-27. ? Grato ^^

    Curtir

    1. Realmente eles parecem ter perdido a aigo, empresa chinesa do ramo de mp3 players que estava na equipe desde 2008. No entanto, a julgar pela página de “parceiros”, não deve afetar muito: http://www.mclaren.com/partners

      Os valores são difíceis de saber, mas pelo posicionamento do patrocínio não deve ser uma cota baixa.

      Curtir

      1. Isso, por isso essa “preocupação” julgando pelo local e tamanho da logomarca, era algo consideravel. Foi possivel notar também que a Johnnie Walker está agora na frente dos retrovisores, com a logo menor do que no ano anterior, entretanto, entrou a Lucozade também. Enfim, vendo agora a lista de patrocinadores/parceiros, parece que não terão problemas. Obrigado =D

        Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s