Mundial de Pilotos e Construtores em gráficos

A falta de pontos de Massa começa a ser sentida com mais força pela Ferrari, que agora foi ultrapassada pela consistente Lotus, enquanto a Mercedes continua sem mostrar se vai ou não vai. Entre os pilotos, Raikkonen se coloca definitivamente pela briga no campeonato e vemos a consistência, tanto do finlandês, quanto de Hamilton e Webber – três sérios candidatos a serem os novos vencedores na temporada – sendo premiada na classificação geral.

Maldonado tirou o atraso das duas provas iniciais, quando estava dentro da zona de pontos quando abandonou e passou inclusive Perez, que não marcou pontos desde a surpreendente performance da Malásia.

2 comentários sobre “Mundial de Pilotos e Construtores em gráficos

  1. Nessa patusca toda dos pneus este ano, quem repetir a vitória vai ser campeão por antecipação rsrsrs. . . Ainda faltam vencer: Hamilton, Raikkonen, Webber, Grosjean, Perez e Kobayashi!

    Curtir

  2. Este ano, o segredo é a regularidade nos pontos. Ninguém conseguiu ainda emplacar uma superioridade como o Vettel fez ano passado.

    Toro Rosso parece ter estagnado. Será que a troca de pilotos foi uma boa ideia?

    Tanto Schumacher como Massa estão devendo muito. E os dois são pilotos do estilo “pé na tábua” 100% do tempo. Até o Hamilton parece já ter se entendido com os pneus e nada dos dois mostrarem uma corrida convincente sequer.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s