Red Bull no top 5 da história e Rosberg é pior pole desde Hamilton #BahrainFacts

Vettel, Raikkonen e Grosjean, no Bahrein: um pódio exatamente com os mesmos personagens e no mesmo cenário do ano passado. Em um universo de mais de 850 GPs, esta foi apenas a quinta vez que isso aconteceu. As coincidências não param por aí: a Lotus colocou ambos os carros no pódio largando das mesmas posições que ano passado, 7º e 11º. Isso, em uma pista que nunca coroou um vencedor que largou abaixo da segunda fila.

Em 1998 e 1999, Mika Hakkinen, David Coulthard e Michael Schumacher, um dos trios com maior número de pódios na história, repetiram a dose no GP da Espanha. Em 1988 e 1990, em Jerez, foram os mesmos Alain Prost, Nigel Mansell e Alessandro Nannini que estouraram a champanhe, e, em 1997 e 2001, em Mônaco, Michael Schumacher, Rubens Barrichello e Eddie Irvine foram protagonistas de outro repeteco. Os GPs da Grã-Bretanha de 1964 e 65 também tiveram um mesmo trio: Jim Clark, Graham Hill e John Surtees, em um pódio todo britânico em casa.

Com  28 triunfos, Vettel passou Jackie Stewart e está a três de Mansell e Fernando Alonso. Famoso por converter suas poles em vitória, Vettel venceu cinco das oito últimas provas em que largou em segundo. Porém, continua sem ter conquistado uma corrida após terminar a primeira volta atrás da segunda posição. O tricampeão empatou com Rubens Barrichello em número de voltas mais rápidas, 17, tendo menos da metade dos GPs do brasileiro.

Vettel também é o único a ter liderado todas as provas até aqui. Isso, em um ano marcado por várias trocas de liderança: 11 pilotos diferentes estiveram em primeiro em algum momento das quatro primeiras etapas. Durante todo o ano de 2012, foram 13. Nos dois anteriores, apenas oito.

A conquista coloca a Red Bull em quinto lugar entre os construtores mais vencedores da história. Com 36 primeiros lugares somados apenas nas últimas quatro temporadas, a Red Bull tem 24% de aproveitamento e, ainda assim, está atrás de Ferrari (25.7%) e McLaren (25%). O próximo construtor na lista está longe: é a Lotus, com 81 vitórias.

A consistência de Kimi e o recorde negativo de Rosberg

Kimi Raikkonen está a três provas de igualar o recorde de maior número de GPs seguidos nos pontos, que pertence a Michael Schumacher. Fechando entre os 10 na Espanha, o finlandês iguala Alonso, segundo na lista. Mesmo se não pontuar, o piloto da Lotus pode chegar, em Barcelona, na marca de Nick Heidfeld de 32 corridas completadas em sequência.

Kimi conquistou seu sexto pódio no Bahrein sem nunca ter vencido a prova. Quem tem o recorde nesse quesito é Alonso, com sete pódios no GP do Brasil.

Nico Rosberg conquistou a segunda pole da carreira, mas terminou apenas em nono. Esse é o pior resultado de um pole, excluindo abandonos, desde o GP do Japão de 2008, quando Lewis Hamilton terminou em 12º após uma péssima largada, uma punição e uma rodada após choque com Massa.

Para quem gosta de dados das nanicas, a Caterham vive uma sequência de 15 corridas vendo a bandeirada com ambos os carros e, pela primeira vez desde sua criação, ela e a Marussia não tiveram um abandono sequer nas quatro primeiras etapas. Falando em sequências, os alemães chegaram a 89 GPs nos pontos, passando o recorde britânico dos anos 60.

Por outro lado, Nico Hulkenberg ficou fora do top 10 pela primeira vez desde o GP de Cingapura de 2012 e a McLaren tem o pior início em termos de resultados desde 2004. Falando em começo ruim, os cinco estreantes zeraram nas quatro primeiras provas, o que não ocorria também desde 2004.

Por fim, a Red Bull levou ao pódio a chefe das operações de pista da área eletrônica, Gill Jones. Porém, a engenheira não foi a primeira mulher a receber um troféu pelo construtor vencedor da prova: recentemente falecida, a esposa de Frank Williams, Virginia, representou a equipe no GP da Grã-Bretanha de 1986, na primeira aparição pública do marido após seu acidente automobilístico.

25 comentários Adicione o seu

  1. Ricardo H disse:

    Julianne,

    Off Topic. Sobre a Gill Jones, que recebeu o troféu de construtores, você sabe se teve alguma motivação política ou ação de marketing para ter sido ela a representar a equipe no pódio?

    Afinal, depois do descumprimento de ordem do Vettel, talvez pegasse mal o Horner ou o Newey estarem ali na foto, pois poderia dar ideia de apoio à atitude dele.

    Por outro lado, o Bahrain é um país árabe em meio a distúrbios políticos e desejo de mais liberdade. Nada mais emblemático do que uma mulher representando o ideal de sucesso e igualdade de oportunidades, ainda mais em uma sociedade machista, onde a mulher infelizmente ocupa papéis secundários, em que não pode andar sozinha e deve se vestir conforme os preceitos religiosos locais. Talvez os energéticos Red Bull se beneficiassem nas vendas ao associar-se a uma imagem de libertação.

    Se você reparar na premiação do pódio, o representante local barenita nem sequer cumprimenta a Gill após entregar o trofeu. E ela, por sua vez parecia um tanto desconfortável com a situação ou talvez fosse apenas timidez mesmo. Imagino o que deve ter passado na cabeça de um monte de gente do mundo árabe, quando ainda por cima, ela deu um gole na champagne…

    Nesta F1 tem tanta politicagem e marketing, que eu não duvido de nada.

    Abs.

    Curtir

    1. juliannecerasoli disse:

      Ouvi algumas suposições, também levando em consideração a possibilidade de ser uma resposta aos recentes comentários de Stirling Moss. Também achei bem curiosa a escolha do Bahrein.

      Notei que ela não foi cumprimentada por todos, mas não sei até que ponto seria por desdenhar da presença feminina ou pelos costumes locais de evitar tocar mulheres em público.

      Curtir

      1. Ricardo H disse:

        Não vi os comentários do Stirling Moss. O que ele falou?

        Curtir

      2. Ricardo H disse:

        Ele podia ter ficado sem essa. Me parece uma opinião mais baseada em preconceito do que em fato. Se já tem mulheres pilotando caça de combate e indo para a guerra… o que acho que envolve muito mais risco de vida do que um F1. Sem falar em líderes, como Merkel ou Tatcher que sofrem/sofreram muito mais pressão psicológica em frente à uma nação do que um piloto.

        Curtir

      3. aucam disse:

        Falou uma besteira sem tamanho. Como pode um cara como ele desconhecer a vitória de Jutta Kleinschimidt no duríssimo Paris-Dakar em 2001? E as vitórias da excelente Michelle Mouton com um daqueles monstros (Audi Quattro) que corriam nos dias de loucura do insano Grupo B Rallye FIA? E Danica Patrick em Motegi?
        Boas observações as suas, Ricardo, e lembro que o único país do mundo em que as mulheres são proibidas de dirigir fica bem ali em frente, a Arábia Saudita. Como bem definiu a Julianne, em post passado, a qualidade é extraída da quantidade. A ausência de mulheres no lugar mais alto do pódio se deve à sua rarefeita presença nas competições automobilísticas.

        Curtir

      4. Americo disse:

        Se o Ahmadinejad tocando a mãe do Hugo Chavez no enterro do filho já foi um escândalo por lá, não me admira todos ficarem longe da pobre Gill. Trollagem foi a RBR colocar uma mulher lá pro pessoal ficar sem jeito, sabendo do costumes do povo de lá, huashuashuas.

        Curtir

  2. @_nikoduarte disse:

    Que maravilha teu texto, Ju! Meus parabéns! Obrigado pelas informações. Prefiro mil vezes ler um texto informativo do que ler opiniões furadas de (pseudo) comentaristas.

    Curtir

  3. aucam disse:

    Vettel é um cara comprometido com a velocidade. Eis abaixo outro cara comprometido com a velocidade, e não com a culinária de galos em banho-maria em fogo brando:

    http://tazio.uol.com.br/nascar/em-primeiro-teste-com-carro-da-nascar-rossi-impressiona-kyle-busch

    Curtir

  4. Pedro Araújo disse:

    Achei muito legal a escolha de uma mulher pro pódio. Tava esperando algum comentarista levantar esta questão, obrigado, Julianne.

    E nada como os comentários da turma, pra ajudar a desenvolver melhor o tema…

    Curtir

  5. Rodrigo disse:

    Show a coluna! Parabéns!!!

    Curtir

  6. BETO disse:

    Ju, eu estava observando o Schumacher mesmo aos 43 anos não estava tão lento não se comparando o Hamilton com o Rosberg percebe-se que o nico é incrivelmente rápido em qualificação e comparando a ritmo de corrida tirando o azar da temporada passada o Schumacher tinha um ritmo de corrida superior ao Nico e em alguma ocasiões até de qualificação.

    Na sua opinião o Schumacher ainda teria velocidade para estar na Formula 1 ?

    Curtir

  7. moises simoes disse:

    Por ter outras prioridades não tenho comentado aqui no TR há alguns meses. Mas o seu blog é um “passando a limpo total”. Meu cérebro agradece.
    A transmissão ao vivo nas corridas e as matérias pós é o seu lugar.

    Abr

    Curtir

  8. Elcir disse:

    Julianne,
    A respeito do Vettel nunca ter vencido após cruzar a primeira volta abaixo de segundo lugar, você consegue uma comparação ente Vettel, Senna e Schumacher de quantas poles convertidas em vitoria, ja que o Galvão sempre sitou que o Senna disparava na frente e depois controlava a corrida, já que acho a ultrapassagem do Vettel sobre o Alonso na primeira volta fundamental para sua vitória e estratégia na corrida

    Curtir

    1. juliannecerasoli disse:

      Estes dados são de abril de 2012, mas servem para observar ao menos Schumacher e Senna, dos que você citou.
      http://cliptheapex.com/attachments/pole_conv_ret-jpg.3824/

      Veja que o Alonso é o piloto como maior conversão pole/vitória. Inclusive, tirando abandonos, tem conversão pole/pódio de 100%. Porém, é um piloto com poucas poles na carreira.

      Curtir

      1. Elcir disse:

        Com este gráfico fica claro a regularidade de Vettel, Alonso e Schumacher, alem da consistência dos carros atuais, ja que o Senna abandonou percentualmente muito mais. Muito obrigado.
        Você também acha a ultrapassagem do Vettel sobre o Alonso primordial para a vitória dele?

        Curtir

  9. BETO disse:

    Ju, eu estava observando o Schumacher mesmo aos 43 anos não estava tão lento não se comparando o Hamilton com o Rosberg percebe-se que o nico é incrivelmente rápido em qualificação e comparando a ritmo de corrida tirando o azar da temporada passada o Schumacher tinha um ritmo de corrida superior ao Nico e em alguma ocasiões até de qualificação.
    Na sua opinião o Schumacher ainda teria o neccesário para estar na Formula 1 ?

    Curtir

    1. juliannecerasoli disse:

      Não foi uma questão de velocidade com o Schumacher, foi?

      Curtir

      1. BETO disse:

        PARECE QUE O ESTILO DE PILOTAGEM DELE NÃO SE CASAVA COM OS PNEUS ATUAIS.

        Curtir

      2. aucam disse:

        Julianne, qual teria sido o fator mais forte, então? Falta de reflexos (affair com Vergne), falta de adaptação às novas realidades da F 1, falta de competitividade frente a adversários mais jovens (e sim) mais talentosos? Direção perigosa? (Episódio Barrichello Hungria).Falta de percepção? (Ele chegou até a alinhar em lugar errado no grid). Ou tudo junto? Eu me alinho com aqueles que dizem ser impossível comparar pilotos de épocas diferentes. Cada um viveu dentro de uma realidade. Schumacher aos 43 anos foi apenas uma pálida sombra do que havia sido. E Fangio foi penta com 47 anos. O grid tinha média etária alta à sua época. Jamais o seria nos dias de hoje, depois que o trio Alonso/Hamilton/Vettel elevou (ou “abaixou”, hahahaha) o nível de precocidade a extremos inimagináveis até há não muito tempo, visto que o recorde de juventude de E. Fittipaldi durou 34 anos até ser batido por Alonso. E a coisa daí pra frente foi de roldão! E é um fato (que pode ser constatado no kartismo sobretudo) que o aumento da idade diminui os reflexos, que na época de Ickx eram medidos em décimos de segundo para se aferir quem era gênio (conforme declaração dele mesmo) e HOJE É EM CENTÉSIMOS!

        Curtir

      3. juliannecerasoli disse:

        Acho que a idade (queda natural de reflexos, comprovadamente mais acentuada no pós-40) deu alguns sinais em acidentes inexplicáveis, como com Senna e Vergne. Mas o fato é que ele ficou sem mercado depois que a Mercedes preferiu o Hamilton. O mesmo que deve acontecer com o Webber e corre o risco de ocorrer com o Massa.

        Curtir

      4. BETO disse:

        ELE TEVE OS SEUS DIAS DE GLORIA,UMA CARREIRA INCRÍVEL QUE SERIA UM SONHO PARA QUALQUER PILOTO,O SUCESSO É UMA COMBINAÇÃO DE FATORES E ELE POSSUIU TODOS OS INGREDIENTES E O TEVE,SEU TALENTO É INQUESTIONÁVEL E OS NÚMEROS FALAM POR SI, MAS INFELIZMENTE O TEMPO É IMPLACÁVEL E OS DIAS DE GLÓRIA CHEGA-SE AO FIM, SCHUMACHER FOI AMADO E ODIADO E É INEGÁVEL QUE ELE NÃO APENAS PILOTAVA MAS DAVA SHOW NA PISTA COM MANOBRAS OUSADAS E UMA VELOCIDADE INCRÍVEL,MUITOS DIZEM QUE ELE SÓ CONQUISTOU O QUE CONQUISTOU DEVIDO AO CARRO QUE ELE POSSUÍA NA ERA FERRARI MAIS ISSO NÃO É BEM UMA VERDADE POIS ELE CHEGOU A FERRARI COM UMA FERRARI COM UM JEJUM DE ANOS SEM GANHAR CAMPEONATOS E OS CARROS QUE ELE TINHA E A ESTRUTURA QUE ELE CRIOU FOI MÉRITO DELE EM BOA PARTE ELE TRABALHOU DURO PARA ALCANÇAR O NÍVEL QUE TEVE A ESTRUTURA QUE TEVE.

        SIM ELE FOI GÊNIO E NEM ESSES TRÊS ANOS DE INSUCESSOS VAI APAGAR ISSO.

        Curtir

  10. Comunidade Perito f1 disse:

    kkkkkkkkkkkkkkkkk vc ta brincando schumacher perder mercado ? vc e doida ele que deixou hamilton assinar cm a mercedes hahha se ,ele ja tava desanimado em a mercedes nao dar uma carro que prestaçe para ele em todos esses tres anos cm um serie de azar em 2012 ,se ele quizese ele ia para maclarem talvez no lugar de perez , quando a mercerdes ta em condiçoes boas o que eles fez? rapidamente foi o mais rapido de todos ex:monaco,e outras pistas australia,malaysia, etc… e a quela pole em monaco é falta de reflexos ? hemmm me responda se ele tivesse uma red bull eu te dou certeza que venceria facilmente te dou certeza ………………………………………………………………………………………….. pense bem ,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,, schumacher e bom o suficiente pra ganhar titulos com o carro certo,,,,,,raikkonen voltou cm o carro melhor do q a mercedes porisso teve oportunidades melhores ,,,,,,, esses pneus de merda que prejudicaram o estilo de pilotagem do shumi por se fosse pneus mais resitentes de sobre-viragem eu te dou certeza que daria muito trabalho cm as equipes de ponta pense nisso,,,,,,, schumi cm 44 e melhr do muitos ,,,, eles é um dos melhores do mundo …. se vc olha no racing of champions ele venceu vettel eai???????????????????????????? e´ carro entendiiii,,,,,,,,,,,,,,,,,,,,, pense nisssoo se informe melhor sobre o schumacher na boa mesmo. pense nisso!!!

    Curtir

    1. Bruz disse:

      Meu, que pinga boa vc bbeu!!!

      Curtir

  11. Comunidade Perito f1 disse:

    Bruz , eu te faço a mesma pergunta ? eu t faço a mesma pergunta pra a Juliane
    pesquise sobre o “schumacher” e dps me fala ………………………..
    se vc tiver iveja das votorias deles e do susesso dele e que foi o melhor e ainda e ums dos melhores o problema e seu ….
    eu nao eu ouço momentarios de Reginal leme e galvao boeno q sao dois gagas,,,,
    igual a vcs nao vou gastar nenhum pouco do meu tempo com pessoas ignorantes,
    eu gosto de conversar com pessoas q entende de f1 e sao inteligentes moro mano.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.