Quem fez mais: Massa ou Webber?

“Se tivéssemos o melhor carro, teríamos terminado com dobradinha em todas as corridas e em cada um dos mundiais, mas nós não temos”, declarou recentemente o chefe da Red Bull, Christian Horner, valorizando sua dupla de pilotos. Nos últimos 85 GPs, Sebastian Vettel venceu 29, mais de um terço. Mark Webber? Nove.  Neste universo de 38 vitórias, foram 13 dobradinhas, três com o australiano à frente. Será que o carro não é tão bom ou alguém ficou devendo?

Já lembrei aqui que, devido à prioridade dada à eficiência aerodinâmica nos carros da Red Bull, o melhor jeito de aproveitar seu máximo rendimento é largando na frente. No meio do pelotão, a pouca velocidade de reta acaba cobrando seu preço e Webber, ao classificar-se pior do que Vettel, sabe bem disso. Mas teremos talvez em 2015 – acho que qualquer um que chegar ano que vem terá muita dificuldade em bater o tricampeão em uma equipe à qual está totalmente habituado – uma medida do quanto isso atrapalha o desempenho do australiano. E o quanto foi ele quem ficou devendo.

Felipe Massa Mark Webber
GPs 182 206
Vitórias 11 9
Poles 15 11
Voltas mais rápidas 14 17
Pódios 36 37
Melhor colocação no campeonato 2º (1x) 3º (2x)

Não é segredo que Webber é tratado pela influente mídia inglesa como prata da casa. E que suas reclamações de desigualdade dentro das equipes por que passou ganharam mais manchetes que seus desempenhos apagados, principalmente nas últimas três temporadas, em que não chegou a ser responsável por 40% dos pontos de sua equipe.

Mas é curioso como o australiano nunca foi questionado da maneira que Felipe Massa tem sido. Sim, a queda do brasileiro é visível de 2010 para cá. Porém, o que o brasileiro deve em relação ao australiano em sua carreira?

//e.infogr.am/Webber-contra-companheiros

//e.infogr.am/Massa-e-companheiros

Em seus anos mais competitivos, ambos tiveram grandes companheiros de equipe, mas a Ferrari de Massa nunca foi dominante como a Red Bull de Webber – e nem esteve constantemente na briga por vitórias por cinco anos seguidos, com o time anglo-austríaco. Ainda assim, os números dos dois são semelhantes.

Talvez essa percepção tenha a ver com a maneira como os dois jogaram o jogo do segundo piloto. Talvez seja fruto da decepção com um piloto que andou muito bem contra Raikkonen e disputou um título com méritos VS outro que, mesmo liderando o campeonato a quatro corridas para o final, despertava dúvidas.

Mas, de uma maneira ou de outra, Webber sempre renovou seus contratos com antecedência – e garantindo que eram de um ano por decisão sua – e conseguiu causar furor no paddock em Silverstone quando ficou claro que surpreendeu seu time com o anúncio da aposentadoria. E vai dar um jeito de sair por cima no GP do Brasil.

17 comentários sobre “Quem fez mais: Massa ou Webber?

  1. Levando-se em consideração toda carreira, Massa, em quantidade e qualidade, enfrentou mais concorrentes diretos em equipe do que Webber. Nos últimos quatro anos, os companheiros de ambos se equivalem, mas o carro da RBR tem sido na média, muito superior aos italianos, tanto em volta lançada, quanto em rítmo de corrida. Fora os problemas mecânicos do australiano, o não aproveitamento das oportunidades por estar na melhor equipe, demonstram que não está no nível de Vettel. Massa não é um fora-de-série, mas acredito que com um carro redondo como esse da RBR, teria um melhor aproveitamento que o de Webber, afinal em 2007/08 com os bons carros da Ferrari fez boas classificações e corridas. O fato é que de 2008 para cá, os medianos/ruins carros de Maranello, juntamente de um corpo técnico deficiente, dificultam o trabalho de pilotos até mesmo como Alonso. Webber me lembra muito Patreses, Boutsens, Berges, Alesis da vida, eternas promessas…

    Curtir

  2. Massa foi muito mais piloto que o Webber principalmente de 2006 a 2009. Mas a partir dali Massa não fez absolutamente nada de muito empolgante. Já Webber fez duas ou três coisas empolgantes durante toda a carreira e nada mais. Minha visão, pelo menos.

    Curtir

  3. Ótima análise, Julianne. O que Massa ficou devendo a Webber? No conjunto da obra e no talento, absolutamente nada, mas pontualmente em pistas molhadas Massa sempre foi fraco, vide as 5 rodadas que deu sozinho em Silverstone, em 2008, quando acabou não pontuando. Mais que qualquer outra coisa a meu ver, esse fator foi determinante na perda do título naquele ano (ele deu outras incríveis rodadas sozinho no seco também, em outros GP’s naquele ano, que resultaram em não pontuar), mas seu desempenho naquele GP da Inglaterra foi inconcebível para um piloto no elevado patamar onde ele se encontrava, até sob o aspecto meritório para ganhar o título. Por fim, as suas extraordinárias quedas de produção, de ritmo, de velocidade e de autoconfiança restam para mim e creio que para muita gente como um mistério insondável, em que pesem fatores psicológicos como a presença de Alonso, o terrível acidente da mola e o “faster than you”; afinal não foram poucas as ocasiões em que Massa se impôs na Ferrari de maneira incontestável a pilotos do nível de Kimi Raikkonen e Michael Schumacher. Aquele pódio da Turquia em 2006 com Felipe em primeiro lugar, Alonso em segundo (a caminho do bi) e Schumacher (ainda em seu auge) em terceiro é bem representativo do altura do tombo que Massa lamentavelmente sofreu. Quanto a Webber, sempre foi visível que não suplantaria a genialidade de Vettel, ainda que obtendo algumas vitórias aqui e ali. O saldo é positivo para Massa.

    Curtir

      1. Verdade, Wagner, aquele duelo entre Massa e Kubica no Japão na pista molhada foi realmente antológico, inesquecível e sensacional, com vantagem para Felipe! Só depois de ter enviado o post lembrei-me de que deveria ter feito essa ressalva, muito bem lembrada por você. Bons tempos aqueles em que Massa guiava com a faca entre os dentes e não havia regulamentos engessantes e comissários chatos, que julgam mal e implicam com bobagens, retirando a emoção e o prazer das corridas. Mas sinceramente, acho que aquela performance de Massa na chuva foi uma exceção, não consigo lembrar de outros bons desempenhos de Felipe em pistas molhadas.
        Abs.

        Curtir

  4. Julianne,

    Permita-me um comentário fora do post, porque se falou no nome dele aí em cima. Descobri você já aqui no Totalrace, porém, depois disso, perambulando pela internet, vi que seu blog existia antes deste site e li um escrito seu interessantíssimo, onde você abordava mais que o fascínio, mas talvez uma necessidade de KUBICA pelo perigo. Perdi o link e não recordo exatamente o seu teor. Você viu no Youtube (com certeza deve ter visto) o vídeo com a última saída de pista dele numa prova de rallye? E você Wagner, também viu? Não tenho o link agora. Hahahaha, tive até a impressão que era um daqueles loucos desenhos animados do Road Runner, pois Kubica despencou no barranco, sumiu totalmente no mato existente abaixo e ressurgiu subindo a encosta em alta velocidade um átimo de instante depois, fazendo a curva que vinha logo em seguida com o carro corretamente posicionado, como se nada tivesse acontecido! No entanto, MAIS CORAJOSO ainda é o seu NAVEGADOR, em que pese toda a competência do polonês ao volante, hahahaha!!!!!

    Curtir

    1. E pensar que já ouvi de engenheiro da Lotus que ele impressionou mais na equipe do que Alonso e Raikkonen… uma pena que as lesões tenham sido tão graves.

      Curtir

  5. Massa teve um auge muito superior a qualquer coisa que Webber tenha feito. Pena que foi breve. Os péssimos desempenhos recentes do Massa é que equilibram essa conta, pois creio, Webber não fez nada mais naqueles carros que boa parte dos pilotos consolidados do grid e com cabeça no lugar (nada de Grosjean ou Maldonado) fariam.

    Fato é que ele tem permissão pra ganhar desde 2009 e com o melhor carro na grande parte desse tempo, tem menos resultados do que Alonso, Hamilton e Button. Não serviu nem pra vencer quando Vettel não estivesse lá.

    Não vai deixar saudade.

    Curtir

  6. A comparação até 2008 não tem nada a ver. Depois sim, que ambos estão em equipes de ponta com companheiros absorventes (aunda que Kimi em 2008 pensa-se mais nas biritas)
    Sim, sobre o Australiano pesa o fato de ser ruin de classificação, mas sobre o Brasileriro mais que pesar, atormenta um contrato que debe dizer apos 2009 “Não Pode andar na frente do Asturiano”. Na RBR ninguem duvida da competencia do Webber mesmo comparada com à extrema habilidade do Vettel, por isso assinaba contrato. Na Ferrari ninguem duvida que Massa seja um excelente funcionario, por isso sempre terá chance de assinar um novo contrato.
    Não é certo que o carro da RBR sempre foi superior a todos (excepção 2011 e no final de 2010). Este ano, de fato não é, e o Vettel está dando un jeito. Cuidado com a Mercedes que pode dar um bote no final.

    Curtir

    1. Caro, Bruz, discordo de seu ponto de vista em relação ao melhor carro, afinal desde 2010 a RBR, apesar de não “dominar”, vem vencendo os construtores, sendo assim, com toda mediocridade de Webber, estão na frente. Ninguém vence construtores só no braço…

      Curtir

      1. Prezado Wagner, tenho lido bastante do que vc escreve, e te pergunto: Vc nunca terá contemplado a possibilidade de que esteja menosprezando a habilidade do Vettel? Vou pisar mais um pouco na ferida: Com essa Ferrari já Vettel seria Tetra. Ta, Ta bom, com o RBR de 2011 qualquer manobrista podería levar o campeonato, mas não teria sido de lavada.
        Como vc vé, apenas temos diferenças de como vemos o Alemão.

        Curtir

      2. De forma nenhuma, Bruz, a capacidade de Vettel é inquestionável! Na verdade pelo fato de estar na melhor equipe, tentarmos dividir o sucesso de ambos torna-se inglório e soa pejorativo. O comparativo entre Webber e Vettel só mostra a diferença de capacidade entre o australiano e o alemão, mas a superioridade da RBR como conjunto técnico/humano é visível desde meados de 2009 até hj, em maior ou menor grau. Sabemos que nunca na história da F1 piloto algum levou carro nas costas, mas o bom piloto faz com maestria o dever, como Senna e Prost, em 1988 com o MP4/4, como a dupla “menos” forte, Mansell e Patrese, com o FW 14 e o FW 15, com Prost e Hill. Dizem que em 2012, a Mclaren era o melhor carro, mas era rápido e quebrava, portanto na média, a RBR foi melhor, pois rápida e mais confiável. Podemos ver que a média de pontos nos campeonatos de construtores da RBR são consideráveis. É o conjunto da obra!

        Curtir

  7. Massa e Webber vão para o mesmo saco onde esta: Berger, Patrese, Barrichello, Coulthard, etc…bons pilotos, mas limitados!

    Analisando de 2006 pra cá, as carreiras de 1BMassa e 1BWebber são bem semelhantes. E mesmo na condição de “segundão” ambos tiveram chance de título, mas fracassaram, a culpa não é 100% dos times. Em 2008 o brasileiro errou em várias provas: AUS, MAL(sensação estranha), ING, JPN.

    Webber também jogou fora pontos preciosos em 2010, principalmente no GP da EUR e KOR. É aquela coisa, tem que ter capacidade e sorte pra chegar ao título, outro caso foi Barrichello em 2009. Esses três pilotos podem reclamar de tudo em 2008/09/10, menos que a equipe não deu carro pra brigar por título.

    Analisando de 2013 pra trás, a situação é bem diferente. Na minha opinião, nem vitória(s) salvam mais a reputação de Massa dentro do circo. A não ser que faça um “carnaval” como Raikkonen vem fazendo na Lotus, muito complicado porque o brasileiro NÃO TEM ATITUDE, se acomodou com os milhões na Ferrari…

    Comparem o desempenho de Massa com Mark Webber desde 2010, o australiano sempre foi taxado como piloto mediano, não consegue superar Vettel na tabela. Mas pelo menos, nos últimos anos o canguru conquistou poles, vitórias, pódios e garantiu pontos para três títulos de construtores. Webber ainda garante lucro dentro de um time na F-1. Um título de construtores vale no minimo 100 milhões, os pontos de Webber garantem essa conquista. Tanto que a RBR ofereceu renovação de contrato, só que ele recusou, ele esta de saco cheio de 1B na vida. Ok, a RBR vem dominando desde 2010, mas a Ferrari também dominou entre 2000 e 2004, Barrichello também podia ter melhores resultados, mas não foi o que aconteceu…

    Comparando piloto a piloto, pra Felipe Massa conseguir mesmo aproveitamento de Webber, olha, tem muito chão!!! Vamos ser coerentes, o brasileiro também pode encerrar carreira no circo da Formula 1! Dos pilotos de ponta, Massa é disparado o mais fraco(dá até raiva). Se Maldonado e Rosberg conseguiram vencer com carro inferior em 2012, Massa tinha obrigação de fazer mais, ainda mais observando Alonso com mesmo equipamento. O brazuca não tem mais “gás” pra se manter regularmente no top five. Antes, o problema era os pneus(mais o jogo de equipe), agora é tudo isso mais os erros seguidos ao volante. Felipe só garantiu vaga na Ferrari porque nunca foi ameaça real a Alonso, mas parece que o time cansou. Sem título de pilotos desde 07, no minimo a Ferrari tinha que levar um de construtores, não vai ser com o brasileiro que vai conseguir. Felipe Massa esta MUITO RUIM, Deus que me livre!

    A ideia na Ferrari sempre foi(ou era) deixar Alonso sem companheiro forte, já basta ter que superar: Vettel, Kimi, Rosberg e Lewis. Parece que a paciência em Maranello se esgotou, ainda mais sabendo que o empresário de Alonso conversou com a RBR. A Ferrari deu recado, Kimi pode voltar ao time…

    E vou mais longe, se a Ferrari oferecer, e Felipe aceitar mais um ano no time, é falta de vergonha na cara safada! Dinheiro não é tudo na vida, ainda mais pra um esportista que esta exposto na mídia, ele também tem que ver o lado da reputação. Para a maioria, Rubinho saiu da Ferrari como chorão e mercenário, Massa vai pelo mesmo caminho, mas sem abrir o berreiro. Na RBR Felipe não iria fazer melhor que Mark Webber, basta observar a comparação abaixo, o desempenho do brasileiro nas últimas temporadas esta péssimo. Não adianta Felipe fazer uma “boa segunda parte de temporada”. Do que a RBR sempre esperou, Webber(no geral) sempre fez boas temporadas, poucos deram valor. Não vai ser com “meia temporada boa”, que Massa vai chamar atenção…

    Massa entre 2010-2013
    00-vitórias
    00-poles
    02-melhores voltas
    08-pódios
    445-pontos

    Webber entre 2010-2013
    07-vitórias
    10-poles
    14-melhores voltas
    27-pódios
    784-pontos

    Felipe Massa pode até mudar de equipe, mas se pegar companheiro forte, a surra continua! Superar companheiro fraco ou novato em time mediano não significa nada, é por isso que Webber vai cair fora. Sai da F-1 sem título, mas sem fama de capachão, longe disso, Webber sempre jogou duro na RBR…isso só valorizou os títulos de Vettel. Se Alonso fosse campeão em 2010, Galvão seria o primeiro a disparar:

    “Foi campeão porque Massa aceitou jogo de equipe em quatro provas: ITA, KOR, USA, BRA. Quantos pontos Felipe deu ao espanhol?”

    Com relação ao futuro do Brasil na Formula 1…

    No momento em que um país passa a ter pilotos pagantes como Bruno Senna e Luiz Razia, está tudo acabado!!! Felipe Nars até mostrou certo talento, mas vai para o mesmo caminho, se começar em time pequeno, só fica até a grana acabar.

    “Arrumar uma vaga na categoria máxima não depende apenas de bons resultados, mas suporte financeiro”
    http://tazio.uol.com.br/f1/bernie-promete-ajudar-nasr-a-entrar-na-f1-preciso-de-um-brasileiro

    Curtir

  8. Massa tem mais braço, guia mais, é mais arrojado do que o Webber. Webber tem um psicológico mais forte do que o Massa e sabe se promover melhor. Massa teve a chance da vida em 2007 e 2008 com um carro que possibilitava ganhar o wdc, mas falhou. Teve grandes méritos em 2008, alguns azares como o motor estourado na Hungria, o CrashGate do Nelsinho, teve ajuda da FIA na Bélgica q tirou a vitória do Hamilton e em algumas punições duvidosas que garantiu a ele pontinhos a mais e no final, correu como campeão no Brasil, mas perdeu. Depois da chegada do Alonso, ele foi relegado a um Berger da vida, bom piloto, mas que não vai mais disputar o título enquanto o espanhol tiver por aquelas bandas e pelo visto Alonso encerra a carreira na Ferrari. Ao Massa as glórias das vitórias, dos pódios, e do vice campeonato de 2008, o que na F1 não é pouco. E que ele ao se aposentar, faça alguma coisa pelo automobilismo brasileiro, no qual ele é duro crítico, com coragem, porque o futuro é tenebroso para pilotos brasileiros na F1.

    Abs

    Curtir

  9. considerando que vettel e alonso praticamente se equivalem, massa eh um piloto um pouco menos competitivo que webber, visto que nunca conseguiu incomodar o espanhol com a frequencia que webber ja incomodou o alemao, webber vira e mexe esta no mesmo pelotao de vettel chegando poucos segundos atras, ja massa nunca esta no mesmo pelotao de alonso e quase sempre chega meia volta atras do espanhol

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.