Um banho

Motor Racing - Formula One World Championship - Spanish Grand Prix - Race Day - Barcelona, Spain

Para tudo o que Nico Rosberg faz, Lewis Hamilton tem uma resposta. O alemão foi muito bem neste final de semana, alterando o acerto da sexta (quando estava a meio segundo do companheiro) e ganhando muito terreno no sábado; adotando uma estratégia diferente e administrando muito bem os pneus para executá-la. Mas perdeu novamente. E deve ser impossível disfarçar a vantagem psicológica que Lewis tem a cada jab que consegue encaixar no companheiro. Pode ser que a luta vá até o último round, uma vez que a vantagem da Mercedes é tamanha que Nico deve seguir com seus segundos lugares, mas é bom o alemão tentar algum golpe novo se quiser o cinturão.

É essa confiança de quem tem 100% de aproveitamento quando esteve na pista que parece dar a vantagem a Hamilton no momento. Sim, o inglês é mais habilidoso, consegue tirar aquele décimo a mais em classificações e se adapta mais rapidamente a situações contrárias, mas tem sido fundamental manter-se à frente mesmo quando Rosberg é mais rápido, como aconteceu neste GP da Espanha e já fora  o caso no Bahrein. Nem quando foi campeão Lewis pilotou tão bem.

Saindo do mundo Mercedes, a prova em Barcelona acabou sendo uma ducha de água fria: com updates no software do motor, combustível e teoricamente beneficiada pelas curvas de alta, a Red Bull chegou a 48s do vencedor. Ainda que Christian Horner garanta que Ricciardo perdeu tempo atrás de Bottas no primeiro stint e a diferença não é tão grande, era de se esperar que qualquer um que quisesse rivalizar com os alemães já estivesse mais perto no momento.

E parece que a única chance da Mercedes ter uma rival neste ano é o crescimento da própria Red Bull. Foi impressionante a dificuldade que os pilotos da Ferrari tiveram para segurar o carro neste final de semana e Alonso atestou que a diferença de quase 1min30 para o líder mostra que a evolução dos italianos e dos alemães está estável. “Antes era 1min porque foram provas Safety Car”, lembrou.

Quem ocupou o posto da Ferrari foi a Williams, que surpreendeu em uma pista que não deveria lhe favorecer. Mas a primeira impressão é de que a volta de classificação de Valtteri Bottas que ampliou a diferença na briga com Force India e, principalmente, McLaren. Andando no pelotão da frente e com pista livre o tempo todo, o finlandês determinou o próprio ritmo e protegeu os pneus, ao contrário, inclusive, de Massa. Lembra estratégia de Vettel para dominar ano passado? O princípio é o mesmo. Do quinto para trás, todos os que andaram no tráfego tiveram um ritmo ruim.

Peguemos o exemplo de Magnussen: o piloto da McLaren fez a sétima melhor volta da prova, sendo que cinco dos mais velozes estavam na estratégia de três paradas e, portanto, sempre tinham pneus mais rápidos. Claro que um final de semana de corrida compreende classificação e a prova em si e os pilotos da McLaren não conseguiram fazer os pneus funcionarem em uma volta lançada, mas talvez o resultado péssimo da Espanha não seja um retrato 100% real da disputa pelo posto de terceira força.

Por último, mas não menos importante, como diriam os ingleses, Vettel renasceu das cinzas para ser quarto. O alemão dera apenas 35 voltas por todo o final de semana antes de largar, mas teve a paciência necessária no meio do pelotão para não destruir os pneus e soube usar o ritmo da Red Bull quando teve pista livre. Quando teve de ultrapassar, inventou lugares, dando um drible na dificuldade do carro nas retas. A estratégia também ajudou, mas esse é um assunto para discutirmos ao longo da semana.

32 comentários sobre “Um banho

  1. A Fórmula 1 2014 apresenta o seu novo líder:

    É o Senhor Lewis Hamilton da equipe Mercedes.

    Mesmo com o narrador insistindo em dizer que o Nico “cuida” mais do pneu e que Lewis desgasta mais o pneu (o que é mentira), mesmo com o vários “especialistas” insistindo que Nico seria o candidato mais correto a campeão, uma vez que Lewis não lida bem com a pressão psicológica.

    Lewis mostra, mesmo para aqueles que ainda duvidam de sua capacidade, que ELE é o candidato mais correto ao título, uma vez que reúne mais qualidades que um piloto precisa ter.

    É como ele mesmo disse em determinada entrevista: “Continuo fazendo a mesma coisa, só que agora o carro e melhor”.

    Queria que alguém avisasse o massa que, agora, ele pode e deve ultrapassar o Alonso. Não tem essa de ficar atrás do Fernando e o Bottas fazendo bonito (comparado com massa) lá na frente.

    Curtir

    1. Falou tudo Power. Hamilton só tá fazendo o que sempre fez…agora com um foquete na mao é só questao de tempo. Os anti-Lewis que chorem nos corredores….kkkkkkk
      Abrcs

      Curtir

  2. Vejam só como as coisas acontecem…

    Às vezes desejamos coisas complexas e caras, quase inatingíveis mas, outras vezes, nos sentimos realizados com coisas extremamente simples que, para muitos, seriam insignificantes e jamais dignas de registro.

    Digo isso porque, no dia que Lewis Hamilton atingiu o que desejava desde o início da temporada, EU, consegui, e não foi com pouco esforço não, ser o Pole Position, o primeiro a comentar um post da JuCera. Isso É digno de registro!!!!

    Curtir

    1. hahahaha, Tu é foda Power. Cada quem com suas maluquices. Mas tranquilo velho, que mesmo se vc escreve de último. Eu vou te ler.
      Abro os post da Julianne sempre que estem vigentes, porque sempre tem comentarios dignos de ler.
      Visto desse jeito, eu cheguei de quarto hoje, mas ganhei do Aucam, hehehe, mas como velho Lobo, já se acomodou de segundo no teu coment, hehehehe
      Logo aparecem Alex, RenatoS, Chris, JB, JL, De De Palmeira e resto dos meus “Amigos invisiveis” que adoro ler.
      Que tal um encontro no final da temporada para que me acompanhem a cobrar a birra do Alex, e falar de F1?
      Um Abrazo hoje para as maes de vocês.

      Curtir

      1. Bruz tb cheguei de 4 lugar hoje e achei brilhante, vettel é talentoso só um cego q num quer ver enfim… Hamilton só perde pra rosberg se tiver um imprevisto tipo pneu furado erro no box coisa assim na pista Hamilton ganha 2000 vezes de rosberg, se no lugar de rosberg fosse um perez já acho q seria mas difícil pro Hamilton pq se fosse vettel ou Alonso seria antológicos os duelos , rosberg é previsível demais ….vettel hoje fez ultrapassagem em todos os setores da pista e rosberg num passa Hamilton nem a pau ele chega mas passar hahahhaaa o negão tira no braço essa diferença de pneu sempre. monaco é a chance pra rosberg pq num tem onde passar se rosberg for pole quem sabe se naum já era… Ricardo seu merecido pódio,alonso a Ferrari chamando ele sempre primeiro pra ver se voltava na frente mas foi no braço mesmo e Alonso chegou na frente mas por pouco mesmo kimi reagiu bastante, massa pra mim desde de 2008 aquela decepção ele acabou -se fraco mesmo, bottas engoliu ele e se a red bull num reagir a ponto de equilibrar a mercedes vence todos é muita vantagem e um abraço a mãe de todos e meus parabéns mais uma vezes a JU belíssimo trabalho belo blog é um lugar onde agente q gosta de F1 se sente bem muito obrigado a vamos q vamos

        Curtir

      2. Chris, pelas declarações que vi de Smedley, vai ter investigação na Williams e vão revisar o carro. Segundo as mediçoes, o carro de Massa não estava rendendo o que devería e às projeções de reglagens que obtiveram nas praticas livres… Sei não. Mas eu ja tinha salientado que as coisas na Williams iam azedar. O massa também propicia muita coisa com erros e declarações fora de lugar. O que sim é certo, é que a performance do Bo77as foi espetacular frente a um Massa mediano, junto a pior estregía de pneus de todos os que chegaram.

        Curtir

      3. acho q o engenheiro fez media pra não ficar tão feio pro massa ,minha opinião massa é fraco igual a webber era,veja rosberg é um bom piloto e chega em segundo sempre pq o carro é bom webber com a red bull voando em relação as outras e webber num chegava sempre em segundo fazer o q massa já deu muda de categoria e deixa outro brasileiro novo subir razia ou esse q ganhou tarde na gp2 qualquer um acho q será q massa.

        Curtir

      4. Caro Bruz, retribuo com um abraço respeitoso à sua mãe, desejando muitas felicidades a ela. A minha, infelizmente, já partiu (acredito que sou o mais velho por aqui) e me resta apenas pedir a Deus que a tenha com Ele. Assim, neste dia, todas as homenagens em casa vão para a minha mulher, que também é mãe.

        Curtir

      5. Obrigado Aucam, a minha também já foi. Mas seguro que igual que vc, hoje abracei muito a minha Flavia.
        Mando um abrazo a sua esposa e a todas as esposas da turma também.

        Curtir

      6. Valeu pela lembrança Bruz. E seria uma boa ideia um encontro no final do ano, falar de F1, compartilhar opinioes etc.
        Abrcs

        Curtir

  3. A Mercedes será campeã de pilotos e construtores! Bem, com esse carro de outra categoria, vejo apenas três pilotos que poderiam rivalizar com Hamilton(na mesma equipe) Raikkonnen, Vettel ou Alonso, fora isso, é questão de tempo…

    Curtir

    1. Penso da mesma forma, Wagner.

      Rosberg é um bom piloto, muito bom mesmo, mas para ser 2° piloto. Não é capaz de bater Hamilton em condições normais. Pode até incomodar o inglês vez ou outra como Webber fazia com Vettel, mas o que temos visto até aqui é que Rosberg não tem trunfos na mão, ou se os tem, são menores que os do inglês.

      Gostaria mesmo é de ver Hamilton na condição em que esteve Rosberg por duas vezes nesta temporada: atrás, mas com um carro mais veloz no final da corrida. O inglês, por ser mais agressivo, teria ultrapassado para ganhar a corrida e não para se manter em condições de disputar o campeonato.

      Agora, fosse o companheiro do inglês um dos 3 citados por você, aí sim teríamos duelos de verdade. E em quase todas as corridas. Teríamos certeza que o atual Hamilton evoluiu na forma de pilotar, errando menos ao ser pressionado.

      Rosberg não é parâmetro para Hamilton. E os dois parecem saber disso.

      Fora algum grande erro da equipe contra o inglês e teremos essa constante durante todo o campeonato: dobradinha da Mercedes com vitória de Lewis Hamilton.

      Curtir

      1. “Rosberg não é parâmetro para Hamilton. E os dois parecem saber disso”. Concordo em gênero, número e grau, apenas completaria que Hamilton é parâmetro para Rosberg, até o alemão ‘crescer’, kkkk.

        Curtir

  4. Jab, Golpe, Ring, Cinturão?? Caraca Julianne!!! Você já está colocando a coisa na porrada que nem no box?? hehehe Esperemos que não cheguem a tanto. Sim, nota-se que Nico só tem apanhado, enquanto que Lewis tenta não mostrar tanto contento, tá tão assim que alusina dizendo que nunca teve um carro tão rápido e acertado. Mentira Nego. Você teve uma McLaren em 2007 que de tão potente, faz ver esta Mercedes como um brinquedinho tecnológico. Mas vamos a deixar a Formula Merdes de lado que já tá um saco.
    Como tinha pronosticado desde Australia, a Lotus está de volta, e vai se transformar na terceira força [I Believe]. E a Williams é apenas otra draga com um motor forte, portanto não culpem de tudo ao Lassanha, mais bem olhem que desempenho teve o Bo77as. Massa foi sim, de novo prejudicado por uma estrategía ridicula, dois stints de medios no inicio e “dois de duros” para fechar!!!. Caramba!! Que porcaria foi essa?. Desde ontem salientei que a melhor estrategia da corrida para quem largava após 10° era Duros-Medios-Medios, ou Medios-Duros-Medios para quem largaba na frente. Cabe considerar que na GP2 Cecotto largando desde 16°, deu uma sova na concorrencia com a mediana Trident, por conta de que ele e Mitch foram os que largaram com duros, enquanto todos pararam para trocar os medios que desgastaram rápido no abrasivo “Monte do Melão”, pegou ar livre e o pneu duro aguentou a degradação com o carro mais pesado do inicio. Com medios novos, foi papinha deixar Nasr para trás, e logo pasar por cima de Palmer, e ainda tirou 4 seg de vantagem com a equipe pedindo para ele parar. No final todos concordaram que a melhor estrategia para o abrassivo Montmeló, era largar de duros, mas parece que o pessoal da F1 na ve a GP2.
    Por Oras, 1 ano sem um podio Brazuca na F1, mas o “Oh Patria Amada…” se deixou ouvir em Barcelona, com a vitoria de Nasr na corrida corta da GP2 hoje de manhã. È a primeira do garoto, e chega tarde, mas vale porque foi batalhada meu querido Aucam.
    Voltando a F1, o Betão esta de volta. Caraca!!, não só fez a volta mais rápida, mas foram varias na casa de 1:28, enquanto as Merdes estavan em 1:29, mas não é para ser ufanistas, seguro os prateados estavan segurando o ritmo no bom estilo Multi 21. Sim, tavam guardando equipamento, mas lutaram em igualdade de condições, não como fez o Vettel ao coitado do canguru na Malasia 2013. As RBR sim podem, e a Renault promete 100% de potencia no Canada. Eu prefiro ver as Mercedes “a só” 2 seg.
    Por último gostaria de Salientar a excelentississima performance do Perez. Não só deu uma pela no festejado Whokemberg, também pasou e foi embora. Os dois trocaram pneus a 30 voltas do final, o Mexicano sacou 10 seg de vantagem do alemão e encostou no Groja, e tudo isso “com o pneu medio” (Hulk tinha deixado os duros para o final), os medios na mão do Massa não duraram 15 voltas no inicio. Checo largou de Medios e logo trocou para duros. Se tivesse saido de Duros, acredito que chegaria até Raikonen no final.
    Obrigado pelo Nerazka Alex. Ta devendo a fria.

    Curtir

    1. Meu caro amigo Bruz, quanto a Nasr na GP 2, HOJE SIM!!! Uuufa!!! FINALMENTE uma vitória, já em sua terceira temporada, diante de um Jolyon Palmer com a asa quebrada. Mas ele saiu do estilo “cerebral”. Vamos ver se Nasr consegue repetir em Monaco, onde o apedrejadíssimo Maldonado e o criticado Bruno Senna venceram com autoridade na GP 2. No entanto, a meu ver, em suas declarações Nasr deveria se espelhar na humildade que sempre marcou o bicampeão mundial de F1, campeão da Indy e 2 vezes vencedor da Indy 500 Emerson Fittipaldi. Esse negócio de “eu já vinha mostrando muita competência e simplesmente as coisas nunca se encaixaram” impõe responsabilidades e dá margem a cobranças. Será que um dia ele vai chegar a Felipe Massa? Para se igualar a Zonta, Pizzonia, Bruno Senna e Di Grassi, Nasr vai precisar vencer muito mais. Já deu um bom passo ao sair de seu “cerebralismo”. Para entrar e vingar na F 1, não basta matar apenas um leão, é preciso matar um todo dia. . .
      Grande abraço.

      Curtir

      1. De verdade disse isso, hahahahaha, que cara pentelho, hahahaha
        Vamos cobrar dele sim Aucam. Esperemos que seja o suficientemente bom para que possa substituir o Massa o ano que vem. Porque com esse Bo77as, a Massa parece que não vai ficar nem para mingau.
        o mesmo Abraço

        Curtir

  5. Muito boa corrida, com destaque para os campeonatos paralelos dos companheiros de equipe, com Hamilton, Alonso, Bottas e Perez prevalecendo – na Red Bull essa disputa ficou prejudicada pela punição imposta a Vettel no grid.

    Aliás, Vettel fez um corridaço, saindo de 14º para 4º, provando mais uma vez que sabe fazer corridas de remontada também, com um carro que está longe de ser o melhor. Calmo e preciso, soube ser agressivo quando precisou e cauteloso no início, para não se envolver em acidentes. Vettel está de volta, e em grande estilo.

    Provando que é mesmo um piloto excepcional, Lewis está sabendo administrar todas essas poupanças dessa nova F 1 eco-energética sem perder as marcas de sua excelência, que são a extrema velocidade, a garra e a sua impetuosidade. Nesse ritmo, Hamilton vai encurtar muito ainda este ano – ou até mesmo zerar, no aspecto pole positions – a distância estatística que o separa de Vettel. E não foi uma vitória fácil para Hamilton em relação a Rosberg: é preciso ter muita garra e velocidade, ser muito tough para resistir a essa ameaçadora tática que o alemão vem usando ultimamente, de calçar pneus mais rápidos no stint final; além de que Nico está pilotando muito rápido e forte.

    Gostei muito de Ricciardo no pódio, mais do que merecido por todas as punições injustas que já sofreu este ano e que não estiveram relacionadas à sua pilotagem em si, à sua culpa.

    Pérez – na pista – no final das contas mais uma vez palitando os dentes com Hulk, chegando na frente do alemão, apesar de ter largado atrás dele.

    Grande tocada e grande corrida de Grosjean também, que fez o que pode com uma Lotus ainda renascendo das cinzas.

    Curtir

    1. e a lótus teve problemas em um sensor no meio da corrida e atrapalhou o ritmo dele pq esse sensor mexe numas engrenagens lá, vi isso em uma reportagem internacional q sigo no twitter e traduzo por português rsrsrs groejean falou q prejudicou mesmo e tava difícil de guiar etc… mas a lótus esta voltando…

      Curtir

  6. Mais um vencedor diferente hoje na F1. Parabéns ao Ricciardo pela vitória, já estava batendo na trave, e hj finalmente ele conseguiu. Já é o quinto vencedor diferente nessa equilibrada F1 2014, antes Alonso, Vettel, Perez e Magnussen haviam conseguido vencer. Menção honrosa a Button que conseguiu tb, aproveitando-se de um DNF na Formula Mercedes.

    Já na Formula Mercedes, Rosberg correu como nunca e chegou atrás novamente da pilotagem first class do Hamilton. Apesar do 4 a 1 em vitórias a diferença continua pequena e se o Rosberg conseguir achar uma volta em Mônaco, pode continuar no páreo.

    Hey Bruz, obrigado pela mensagem lá no Nerazka, até descobri que teu nome é Jorge hehehe. Incrível né, como os comentaristas da Globo com todo o aparato a disposição, ficam em dúvida para qual pneu o piloto trocou, ou em que posição voltou da parada nos box, sendo que com um Nerazka da vida está tudo ali, inclusive mostrando o tempo por setor de cada piloto.

    Grande corrida do Vettel e se não fosse os problemas na classificação poderia ter vencido hoje, tirando a vitória do seu sorridente companheiro de equipe.

    E a Williams conseguiu ultrapassar a Mclaren hj no wcc, graças a bela corrida do Bottas,mas tb a Mclaren, como diria o Milton Leite “Que fase!”

    Talvez em Mônaco a diferença das Mercedes para a Red Bull não ultrapasse o 1 segundo em classificação e fique ali entre 6, 7 décimos. Promoveram um caminhão de mudanças nas regras para voltar o equilibrio, só esqueceram de combinar com a Mercedes.

    Qualquer semelhança da temporada 2014 com a de 1988, não é mera coincidência. Engraçado que 88 foi a ultima da era turbo e 14 a primeira da nova era turbo/hybrida.

    Curtir

    1. Grande Alex!!, o Narezka potencializou meu visionado da corrida. Eu ja tinha usado o site da F1 mas é um saco. Já usei de outros sites, mas sempre tem algumas outras incomodices como propagandas ou constantes quedas. Este Narezka é perfeito, pequenininho, sem propaganda, rápido, tem tudo o que vc quer saber. hahahaha, esses Bitchos da globo usam a tranquera do Site da Formula 1, por isso que ficam todos malucos, hahahaha, No Narezka vc da uma olhada e sabe quantas voltas tem o ultimo pneu e de que tipo. Isso ajuda a desenvolver o que está acontecendo. Cada vez que o Vettel marcava um setor rápido ou volta rapida, resaltava o tempo, e os caras da trasmissão nem bola. Da para prever que quem faz pitstop vai sair disputando posição com quem. Cara!!, Maravilha para loucos que nem nos. Quem queira apenas curtir uma corrida nem se atreva.
      Provei num tablet chines de 7″ e no meu cel de 3″. Fantástico. Provei a direcionalidade e te enviei uma mensagem, hahaha, Que bom que vc viu, eu logo tirei o chat para poder ver a pista virtual com as posições in loco.
      Já to esperando Monaco para ver as praticas desde meu trabalho. Fuedeu, hahahaha
      Quem queira se complicar a vida com a informação aqui vai o site de novo:
      http://f1.narezka.org/?lang=eng
      O arquivo parece impresionante, mas ainda não consegui faze-lo funcionar. Um Muito Obrigado Bro

      Curtir

      1. pois é, não entendo, fica ali o Galvão perguntando pros comentaristas pra qual pneu fulano trocou, dai um fala, acho que foi para os duros, e fica esperando mostrar o carro pra ver e falar.

        Vou ter que voltar pra minha SP da garoa pra te pagar a gelada. O Groja conseguiu, agora vai o carro buceta da Lotus!

        Curtir

  7. Agora que chegamos a Europa e junto vieram os upgrades, começo a pensar que o conjunto da Mercedez é sensacional. Mas não sei se o motor é assim tão superior como parecia na pré-temporada. Tirando o intruso Bottas, vieram os touros, as Ferraris e a renascida Lotus, antes das Force-Índia também com Mercedez. Ou os carros da Willians, está com lampejos, e McLaren são mal nascidos e enganaram ou a Renault e Ferrari estão acertando a mão nos propulsores. Mas esse ano já era. Mesmo que os touros reajam, a disputa do título vai ficar pro ano que vem.
    Acho que o Alonso vai ter que fazer campanha para pegar o lugar do Rosberg. A menos que a Honda crie um super foguete a McLaren vai deixar de ser uma boa opção para acabar com seu jejum. Ou vai ter que acender muita vela para o Comendador Enzo ajudar lá de cima.

    Curtir

    1. Verdade, Alexandre, Alonso está pressionado inclusive pela própria idade, pois o tempo não tira férias. Não dá mais para ficar esperando ou fazendo experiências. Não há propriamente uma garantia de que a McLaren com a Honda apresente um carro imediatamente vencedor. Mas eu iria achar muito divertido se Newey – confirmando essa boataria toda – aceitasse ir para a Ferrari, porém condicionando sua ida a levar Vettel com ele. Raikkonen seria de novo sacrificado? E Alonso ia ficar mais brabo que siri dentro da lata, mas não se pode ter tudo sempre. . . Iria ser um baita tira-teima, Alonso x SebVet.
      Grande abraço.

      Curtir

  8. Rosberg evoluiu como piloto, mas Hamilton também, o piloto inglês não faz mais pixotadas como nos tempos de Mclaren, desde 2010 o inglês vem pilotando “fino”. Agora sim esta no mesmo nível de Alonso e Vettell(veloz, preciso e cerebral). Sua grande vantagem são as classificações, ele é muito superior a Rosberg. Pra esse campeonato ficar fantástico, Vettel ou Alonso tinham que estar na Mercedes no lugar de Rosberg. Vettel é tão bom em classificação como Hamilton, já Alonso é fera em corridas, mas o alemão também é. Resta torcer para RBR evoluir e dar um carro vencedor ao alemão, pelo menos em algumas provas as disputas na ponta seriam melhores. Vamos ser coerente, Rosberg esta sob controle, Lewis esta deitando e rolando.

    Maioria dos torcedores esperavam que a Mercedes sofreria com os pneus, logo Hamilton ia sofrer mais, nada disso aconteceu. A Formula Um não sofre mais a degradação excessiva dos compostos como 2013, por outro lado, o carro Mercedes evoluiu muito e também resolveu seus problemas com pneus. Em 2013 as equipes de ponta sofriam com os compostos, mas a Mercedes sofria muito mais.

    Com um time e um carro fantástico(a Mercedes merece, trabalhou duro desde 2010), Lewis pode exigir ao extremo do carro como fez no Bahrein e Espanha(outras corridas ele simplesmente controlou a situação, Nico também o fez na Austrália). Largando sempre na pole e largando bem, Lewis praticamente evita “enroscos”, grande drama nos tempos de Mclaren. Sem ninguém pressionando em início de prova, a confiança do inglês só aumenta, esqueçam aquela “cabeça mole” dos tempos de Mclaren. Lewis não sofre mais com problemas psicológicos, esta feliz da vida…

    Hamilton sabe que Rosberg não esta no mesmo nível de Vettel e Alonso, isso traz muito mais confiança. Torcer para o carro de Lewis quebrar para Rosberg tirar proveito seria muita patifaria(pacheco adora fazer isso, e sempre quebra a cara). Hamilton esta fazendo tudo certo da mesma forma que Vettel fazia nos tempos de domínio de RBR, se o companheiro não é tão bom, paciência. Quando um time domina, a vida fica mais fácil, é a vez de Lewis sentir o gostinho…

    Quatro poles e quatro vitórias seguidas, o inglês simplesmente superou Rosberg em uma pista onde Nico poderia ter alguma chance, não vai ser assim em todas as provas. Acabou o campeonato, Lewis é bicampeão, pena que seu confronto é direto com um piloto que nunca foi campeão.

    Isso faz uma baita diferença, pra conquistar o título em 2010, Vettel teve bater quatro fortes concorrentes(três já eram campeões, fora Webber que foi “osso” o tempo todo). O alemão ainda conquistou outro título em cima de Alonso em 2012, Hamilton ainda não teve esse gostinho, foi campeão em cima de Massa, outro que não tinha título. E não foi por falta de chance, o inglês podia ser campeão em cima de Alonso em 2007, ou em cima de Alonso e Button em 2010, mas pixotadas na China em 2007 e Itália e Cingapura 2010 impediram o feito.

    A tendência é Lewis abrir na pontuação, Rosberg só pode esperar uma coisa, se manter próximo nos pontos, sua salvação pode estar os pontos dobrados na última prova. Nessa corrida, Lewis pode não ir tão bem…aconteceu isso com Alonso e Webber na última corrida em 2010.

    Curtir

  9. Já tá enchendo o saco a ladainha do rosberg de que na próxima vai melhorar, de que não gosta de ficar em segundo e blábláblá… Tá ficando ridículo. Tá levando um massacre e fica querendo enganar a quem com ladainha de que “foi por pouco”, “se tivesse mais uma volta”… hahaha. Já é a segunda corrida que ele não consegue passar com os pneus mais rápidos, sendo que no Barhein o que o Hamilton fez com ele foi humilhante. O cara tinha o carro visivelmente mais rápido no bahrein e não conseguiu passar. A sorte dele foi a quebra do Hamilton na primeira corrida, se não ninguém estaria falando de campeonato apertado. Parece que o Nico vai passar o ano desgostoso, pois ele não gosta de ficar em segundo. Vai ter que arranjar um caminhão de desculpas. “Me classifiquei mal”, “não larguei bem”,”preciso trabalhar mais duro na próxima”… Ô lenga lenga chata. A única chance que ele parece ter são possíveis quebras do Hamilton, se não vai ficar feio pra ele.

    Curtir

    1. sorvetederato
      Ô lenga lenga chata foi demais kkkkkkkkkkkkk adorei mo barhein ele tava colado depois da saído do sefety car com pneu novo num passou e tinha onde passar…imagina em barcelo q é mais difícil de passar ele poderia ter ontem umas 500 voltas a mas q naum iria passar ele é previsel e so ganha em monaco se larga na pole e mantiver a ponta na 1° curva se naum babau …espero q a rennault faça uma nova unidade de potencia q estão prometendo pro Canadá pra vettel reagir pq rosberg é chato mesmo ele chega pq o carro ajuda e Hamilton sempre teve a corrida sobre controle sempre sabia q ele iria colar mas passar é outros 500 o negão é um baita piloto e esse lero q numca teve um carro assim é bobagem aquela McLaren de 2007 era muita mais velos q essa mercedes ele era apenas um estreante e como estreante cometeu erros bobos ,erros esses q hoje mas maduro num comete a vantagem é grande mas tem muita coisa envolvida e acho q a red bull ainda vai reagir num sei se vai dar tempo brigar pelo titulo mas q a red bull vai chegar vai pelo tom de vettel ontem depois da corrida estão prometendo a ele um motor decente pq o carro rb10 é bom falta motor bom como a JU falou falta um motor mercedes nesta red bull e eu concordo tb com essa opinião.

      Curtir

  10. Hein Ju, já estou começando a achar que eles vão bater o speed trap do Montoya de 2005 em Monza. Vc viu o speed trap da corrida de Barcelona em comparação com o ano anterior:

    Speed trap 2013 – Alonso = 318,8 Km/h
    Speed trap 2014 – Massa = 342,3 Km/h

    E em relação a volta mais rápida deu uma diferença de 2.701. Claro que não foi uma Mercedes, mas dá para usar o tempo do Vettel como parâmetro.

    Volta mais rápida 2013 – gutierrez 1:26.217 – lap 56
    Volta mais rápida 2014 – vettel 1:28.918 – lap 55

    Até o ano passado os carros vinham lutando e quase chegando aos tempos de 2004/2005, agora mudou tudo e volta a corrida para alcançar essas marcas. Essa vai ser a base de evolução que vamos acompanhar.

    Quanto tempo vai demorar para chegar aos tempos de 2004/2005, até mudarem todo regulamento de novo.

    Curtir

  11. Caro Aucam, o espanhol realmente está em maus lençóis. Não acho que o Vettel iria para a Ferrari. O carro da Red Bull é bom e com a mudança de regulamento, o Newey não poderia fazer muita coisa para melhorar tanto a Ferrari. Por pelo menos 3 temporadas, o alemão não deve abandonar os touros. Só se a Red Bull não evoluísse. Sobra para o Alonso a McLaren, mas se com motor Mercedez não estão andando, não vai ser com a Honda. A menos que eles já estejam desenvolvendo um carro ao redor do motor Honda, há um bom tempo. Tem que ascender vela pro Enzo Ferrari. O Hamilton não vai querer o espanhol com ele na Mercedez.
    Já em relação a Mercedez, a uma solução para o Rosberg ser campeão e tentar tomar a namorada do Hamilton para desestabilizá-lo.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s