O domínio “lento” da Mercedes

Motor Racing - Formula One World Championship - Spanish Grand Prix - Race Day - Barcelona, Spain

Lewis Hamilton não ganhara sequer três provas seguidas na carreira até iniciar a temporada 2014. E não sentia o gostinho de estar na ponta do campeonato desde o GP do Canadá de 2012. Mas isso é passado. Na Espanha, o novo líder se tornou o 13º piloto da história a vencer quatro corridas em sequência.

No grid atual, Jenson Button, Fernando Alonso e Sebastian Vettel sabem o que é isso. Vettel, inclusive, tem o recorde, estabelecido ano passado, de nove vitórias seguidas. Será que Hamilton chega lá?

Estatísticas como essa são o retrato de como a Fórmula 1 pulou de um domínio para outro. Nos últimos 12 meses, somente Vettel, Hamilton e Rosberg ganharam corridas, algo que não se via desde 1988.

Falando nos números de Vettel, Hamilton chegou à 35ª pole e está a 10 do alemão. Também não seria surpresa se ao menos chegasse perto com um carro que foi mais de um segundo mais rápido que o terceiro colocado na classificação em Barcelona – algo que não ocorria desde o GP da Hungria de 2010. Ainda assim, em ano de regulamento novo, foi a pole mais lenta dos 24 anos de história de corridas no Circuito da Catalunha.

Com a vitória na Espanha, falta apenas uma prova no calendário para Hamilton subir no lugar mais alto – excluindo a estreante Rússia e a Áustria: justamente o GP do Brasil, palco de momentos inesquecíveis para o campeão de 2008.

Mais números do domínio da Mercedes: nenhum piloto recebeu a bandeirada a menos de 20s deles nas corridas até aqui e eles se tornaram os primeiros a ter quatro dobradinhas seguidas desde a Ferrari em 2002. A mesma Ferrari que está há um ano sem vencer, seu maior jejum desde 1994, quando ficou quase quatro anos sem um triunfo. Resta a Alonso um prêmio de consolação: apenas ele, Nico Rosberg e Valtteri Bottas completaram todas as voltas até aqui.

Por outro lado, o GP da Espanha foi a primeira vez em que a Mercedes não fez a pole, venceu, liderou todas as voltas e fez a volta mais rápida. Desta vez, pelo menos o último item ficou com Vettel.

Migalhas.

28 comentários sobre “O domínio “lento” da Mercedes

  1. Tem que lembrar que a pista antes tinha um traçado mais rápido que esse. A comparação apenas do tempo da pole não é muito justa, mesmo que os carros sejam mais lentos que os da temporada passada. A pole de 2013 foi mais lenta que a de 1991, por exemplo.

    Curtir

    1. Não Christiam. Com mais de 40 seg de diferencia para o Sorrisos. A Mercedes estavam numa especie de Multi21. Escondendo o jogo e também para que a coisa não ficasse tão feia. Né? A sobra real deve ser de uns 2 seg, mas isso não é muito quando tem bastante de onde tirar.

      Curtir

      1. tb achei q o sorriso depois da primeira parada q superou bo77as economizou no ritmo tb pra poupar já q sabia q num tinha condições de alcançar as prateadas …to achando q vai dar vettel em monaco num sei pq mas acho q uma das mercedes vai parar no gualde reio rsrrsss

        Curtir

  2. Ha tempo que estou lendo Aucam pronosticando que a Ferrari estaría às portas de uma fenomenal seca. ehhh, chupense seu pirulito. Mas o preocupante é que em espanha também se cumpriu um ano sem podium brazuca, e é claro, do Massa. E também é claro que a pachecada toda se revolta e començam os injurios. Gente, segurem a paixão. O cara ganha 6 milhoes de dolár e faz o que ele gosta. Ele não representa ninguem. É o proprio circo que mandará ele embora quando não tenha chances, além do mais essa caranga da Williams nunca foi boa. Fiquem expertos com o gordinho Bo77as, que o cara é “bão”.
    Por outro lado, da nojo ver tanto comentarista que se acha experto em F1 dizendo que já fudeu, que a Mercedes é inalcanzavel e o apocalipsis. Os mesmos que enterraram Vettel e que diminuiram a Lotus e aspiravam ver Massa campeão já!!. Calma, Ao menos acho que a RBR vai chegar sim, alem de terem dois grandes pilotos, a Renault não vai ficar com essa de motor piorro, nem a Ferrari, só que a macarronada precissa urgente um Ross Brawn.
    A McLatas está jogando a toalha, já falam que logo logo vão estar fazendo experiencias com motor Honda, que não vai voltar para fazer feio. O desenvolvimento continua até o final porque vale para o ano que vem, e deixem a porquera de que a Mercedes tem um carro de outro mundo, que isso é mentira, apenas pegaram a frente. Tem muito trapo ainda para costurar.
    (acho que ganhei a pole do Power, hehehehe)

    Curtir

      1. Falou em pachecada, em enterrar Vettel… calma vc tb amigo, tá viajando legal.
        Red Bull tem sim um ótimo carro, Button deixou isso bem claro na pré. O problema era o problemático motor Renault.
        Williams tem sim um bom carro, tá faltando piloto pra desenvolver e botar a barata pra andar. Mas, claro, está a anos luza das Mercedes.
        Mercedes não é carro de outro mundo? MP4/4, FW 14 e 15 por acaso tb não eram?

        Curtir

      2. Max, leia nas entre letras do “picarezco” título que se volou a Julianne: “o dominio LENTO das mercedes”.
        Já Lewis dirigiu nessa pista na casa de 1:20. Papita Ganhar do Rosberg dirigindo os dois quase 10 seg mais lentos… Como vem sendo resaltado por Alex, não é por falta de velocidade final, ou seja, que ha muita folga ainda onde podem explorar: consumo vs potencia, as jeringonzas de energía verde, aerodinámica, psicologos para os pilotos. Se o proprio Motor Mercedes ainda tem folga, a folga do resto é ainda maior. Vai depender de quem tenha os engenheiros mais volados. A Williams por exemplo, trouxe um monte de gente boa, mas essa carroça foi desenvolvida nos últimos dois anos, e com o agravante que foi projetada para um motor Renault. Mais ninguem tira que já em Agosto apresentem modelos bem diferentes dos de hoje. Eu não ficaría muito surpreso se Alonso termina dominando no final.
        Me da uma chace e leia de novo o que eu escreví, e não me acredite fielmente o que vc acha que eu disse.
        Forte Abraço.

        Curtir

      3. Fora a questão dos pneus. Em uma matéria lá no UOL o Livio já totalmente desgostoso com os rumos da F1 ressaltou a diferença de 4 segundos e meio da pole do ano passado para a desse ano em Barcelona.

        Mas há de se relativizar esses pneus, muito mais lentos. Hoje no primeiro dia de testes, depois de muita chuva, pista lavada, quando a pista secou, o Max Chilton de Marussia cravou 1:26.434, porque treinou de SuperSoft.

        Imagina uma Mercedes com esse pneu…

        Curtir

      4. A diferença é abissal para com as outras equipes, se comparar com a Mercedes, e esta diferença não se resume só ao motor. O motor tem grande influência nesse domínio.
        Quem pode estar atrás apenas pelo motor é justamente a RedBull. E mesmo a RBR teve que mudar o carro pra acomodar melhor o problemático e esquentado Renault.
        Mesmo assim, a Mercedes fez um desses carros que marcam na história, assim como foi a RBR em 2013.

        Curtir

      5. Bruz kkkkkkkkkkkkkkkkk fiquei na primeira fila kkkkkkkkkkkkkkkkk mas foi coincidência pq so pego no note na hora do intervalo do almoço e a noite …adoro esse blog e já estou ancioso pela matéria por brasileiros ,espanhois e outras coizitas mais rsrrss

        Curtir

    1. Na mosca, amigo Bruz. Há tempos, como é sabido por todos, a Ferrari perdeu o rumo e, mesmo com James Alisson & Cia., eu não me surpreenderia se essa seca continuar por mais treze anos, pelo menos no que tange ao Campeonato de Pilotos, igualando aquela que durou 20 anos, iniciada depois do título de Jody Schekter em 1979 e somente encerrada com as vacas gordas de Michael Schumacher a partir de 2000. Foi uma conjunção difícil de ser repetida, reunindo um piloto excepcional e técnicos e administradores também excepcionais. A meu ver, duas grandes coisas diferenciam Schummy de Alonso: a liderança e o espírito de solidariedade, de equipe. Apenas talento natural fora-de-série para um piloto não é o suficiente em Maranello. Schumacher era um construtor de equipes. No entanto, desde priscas eras o ambiente na Rossa volta e meia fica tumultuado. Lembro que em meados da década de 60, Surtees, O Filho do Vento, saiu da Ferrari mordidíssimo. Uma vez vi um documentário onde ele criticava duramente a Ferrari, reclamando que suas ideias não eram consideradas, apesar do título mundial de F 1 que obteve com a com a equipe em 1964. Surtees reclamava de pressões prejudiciais e saboreou muito suas vitórias com outros carros em cima de sua ex-equipe. Jack Ickx foi outro piloto de grande habilidade natural e velocidade que nada conseguiu com a Ferrari. Foi preciso chegar um piloto rapidíssimo e sobretudo de excepcional sensibilidade para acertar um carro – Niki Lauda – aliado a um Montezemolo ainda jovem, para fazer as coisas entrarem novamente no trilho, em meados da década de 70. Mas Montezemolo envelheceu e não consegue mais se reinventar. Talvez devamos procurar o próximo campeão mundial pela Ferrari entre a garotada que ainda está no kart. . . A situação de Alonso se complica porque a idade vai começar a pressioná-lo em um horizonte não muito distante. Não pode mais ficar esperando indefinidamente, o caminho se estreitou muito para ele.

      Bruz, o contrário do Power, hoje estou largando dos boxes, rsrsrs. . .

      Curtir

      1. Graaaande Aucam, Grande!! Só vc para dar brilho a essas historias da F1 clássica. Me faz viajar e procurar por mais informação sobre o que vc relata. Muito Obrigado Maestro.
        Sobre Alonso acho que todo esse barulho em torno da sua ida para McLatas deve vingar. O chororo desta semana do Button, dizendo “Quero ficar um pouco mais”, parece de alguiem que receveu um preaviso, hehehehe. Já o Kimi teve um chilique com a estrategia diferente de Alonso que fez ele tomar um sopapo do asturiano. “Quero saber quem foi o responsavel”, é uma frase muito longa com demasiada emoção para o que estamos acostumados ver do Iceman. Sei não… Ring, Luvas, octogono, UFC na Ferrari?

        Curtir

      2. Bruz, me esqueci de citar a demissão de Prost antes do término da temporada, quando disse que a Ferrari que guiava era um caminhão. E parece que a bateção de cabeças em Maranello vai continuar, pois Smedley está insinuando que o problema do túnel de vento na Ferrari persiste:

        http://www.gptoday.com/details/view/487611/Smedley_hints_that_Ferrari_wind_tunnel_problem_persists/

        Por essas e outras é que eu não acredito que Newey deixaria a tranquilidade britânica que desfruta na Red Bull para se transferir para a Ferrari.

        Já tem gente dizendo na Espanha que Alonso poderia até se aposentar, caso não consiga um cockpit competitivo. As portas não estão fechadas para ele na McLaren; mas, como se diz, uma relação é como um barbante, pode-se até amarrar suas pontas depois de rompido, mas sempre se encontrará aquele nó, se se passar os dedos ao longo de sua extensão. Alonso jamais deveria ter brigado do jeito que brigou com a McLaren, o bom cabrito não berra e mingau quente se come pelas beiradas, vide Piquet x Mansell. Sempre foi evidente que até o GP de Mônaco em 2007 a equipe privilegiava Alonso, naquela corrida Hamilton fazia as curvas em duas rodas. Alonso na McLaren será a vitória da necessidade mútua em cima de uma realidade áspera, mas sem garantia de vitórias imediatas e o tempo correndo sem tirar férias.

        Curtir

  3. Dominio da Mercedes, mas sobretudo um dominio alemão na F1, pq quando não é uma equipe alemã vencendo é um piloto alemão que vence.

    Já estou com saudades de ouvir o hino italiano (Ferrari). Hino brasileiro acha que nunca mais ouviremos rssss

    Esse ano só vai tocar hino Alemão e Inglês

    Curtir

  4. Eu queria falar justamente disso. A pole de Hamilton no GP da Espanha foi 1:25:23 min. Comparando com o GP da Espanha de 2013, o último colocado na classificação foi Charles Pic com 1:25:07 min pilotando uma Caterham. Ou seja, as nanicas do ano passado(que eram consideradas outra categoria) correm mais que o “foguete” de 2014. A Mercedes não melhorou, apenas piorou bem menos que as outras equipes.
    É nítido que os carros desta temporada estão bem menos velozes.

    Curtir

  5. A volta rápida de Vettel nem conta tanto assim, afinal foi no final da corrida onde todos já estavam com tanques vazios e a Mercedes administrava sua vantagem tao grande que ambos pilotos poderiam cumprir um “stop and go” e continuar nas posiçoes que estavam, ou fazer um pit stop a mais e quem sabe passar no box e tomar um cafezinho…

    Curtir

  6. Julianne, em seu post publicado em 02 de dezembro de 2013, postei um link (que repito abaixo) com uma opinião do projetista Enrique Scalabroni aventando a possibilidade de a GP 2 ser tão rápida como F 1. A julgar pelas tomadas de tempo que temos visto, até que ele tinha razão, parcialmente. Tramarim, isso vai ao encontro do aspecto que você citou.

    http://www.gptoday.com/full_story/view/473184/Will_GP2_Series_cars_be_faster_than_Formula_1_cars_in_2014/

    http://www.totalrace.com.br/blog/juliannecerasoli/2013/12/02/atendendo-a-pedidos/ 02 de dezembro de 2013

    Outra coisa: Max Chilton também não completou todas as voltas, este ano? Na temporada de 2013 ele cravou esse recorde, na base do piano, piano, se va lontano!

    Curtir

    1. Aucam, o Chilton não completou todas as voltas, e sim todas as corridas que disputou desde o ano passado. Em todas ele recebeu a bandeirada. Mas todas as voltas não.

      Abs.

      Curtir

      1. Ihhhh, eu respondi antes de chegar até o final da barra e só depois vi que a Julianne já havia respondido.

        Desculpe a nossa falha!!!

        Abs

        Curtir

  7. Julianne, em seu post publicado em 02 de dezembro de 2013, postei um link (que repito abaixo) com uma opinião do projetista Enrique Scalabroni aventando a possibilidade de a GP 2 ser tão rápida como F 1. A julgar pelas tomadas de tempo que temos visto, até que ele tinha razão, parcialmente. Tramarim, isso vai ao encontro do aspecto que você citou.

    http://www.gptoday.com/full_story/view/473184/Will_GP2_Series_cars_be_faster_than_Formula_1_cars_in_2014/

    http://www.totalrace.com.br/blog/juliannecerasoli/2013/12/02/atendendo-a-pedidos/ 02 de dezembro de 2013

    Outra coisa: Max Chilton também não completou todas as voltas, este ano? Na temporada de 2013 ele cravou esse recorde, na base do piano, piano, se va lontano!

    ///////////////////////////////////

    Curtir

    1. O recorde do nosso querido Max “devagar e sempre” Chilton foi completar todas as provas, não todas as voltas. Nesta última, por exemplo, só os 6 primeiros estavam na mesma volta do vencedor.

      Curtir

  8. Torço pro Lewis campeão 2014 e deixo uma pergunta pra nossa (se não gostar pode escrever) competente JuCera.

    Lewis sendo campeão leva o número 1 pra Mercedes e Rosberg fica com o 2, certo?

    O número deles ficaria disponível pra um outro piloto novato?

    Bruz e Aucam. Quando tive a oportunidade de ler a coluna, o módulo que aciona o teclado (eu) não estava com o desempenho habitual e foi isso que aconteceu. Veremos na próxima…

    Curtir

    1. Power, vou me meter na resposta da pergunta que você fez para a Julianne.

      A resposta é não. Se o Lewis quiser correr com u número 1 ele pode, pois o numeral é reservado para o campeão. Mesmo assim ele não está obrigado a usá-lo. Já o Rosberg continuará com o 6 até que um dia ele seja campeão e queira usar o 1.

      Curtir

    2. Power eu acho que Hamilton leva o 1 pra ele mas rosberg segue com o 6 …pq Vettel é o 1 e Ricardo o 3
      penso q só o campeão muda o numero e os demais seguem com o mesmo…e quando eles encerrarem a carreira ai sim outro piloto pode usar o numero q era usados pelos pilotos antes …
      ex; Hamilton 44 quando ele encerrar a carreira aucam rsrss piloto novo poderia ser o 44 tipo assim espero q tenha entendido.

      Curtir

  9. Julianne, você que vivencia os bastidores, qual é a avaliação que fazem sobre o potencial de Beitske Visser? A gatinha holandesa foi recebida nos testes de ontem por Maldonado, será que um dia a veremos na Lotus? Torço pelo sucesso dela e também pela Simona e Susie.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s