Fórmula 1 no ar

Motor Racing - Formula One World Championship - Austrian Grand Prix - Qualifying Day - Spielberg, Austria

Era uma questão de tempo para começar a circular o rumor de que a Globo deixaria de transmitir a Fórmula 1 na próxima temporada na TV aberta. Isso não foi confirmado pela emissora, mas tem tudo para ser uma questão de tempo e não significa o decreto do fim da categoria por aqui. É um fenômeno mundial cujos desdobramentos ainda não estão claros.

Hoje, o Brasil é um dos poucos redutos em que todas as corridas são mostradas ao vivo por uma tv aberta. Em seus maiores mercados, a categoria vive um momento de transição que é atualmente lucrativo para quem comanda a venda dos direitos televisivos, Bernie Ecclestone.

O inglês tem 83 anos e não é exatamente alguém que deseja expandir seu atual império, que hoje coloca o menino de infância pobre na 12ª colocação entre os mais ricos do Reino Unido, mas sim uma pessoa absolutamente viciada em levar vantagem em tudo o que faz. Era assim desde que trocava lanches com os colegas nos tempos de escola no pós-guerra. Seu objetivo é fechar contratos mais lucrativos a curto prazo. Mas, é claro, se a categoria migra para a TV paga, a tendência é a audiência cair.

Seguindo a atual linha de pensamento, como a Fórmula 1 é um esporte complexo, sair da correria da TV aberta significaria uma cobertura mais extensa, vendendo o produto de uma forma melhor. Ainda que para menos gente.

Porém, questiona-se como o esporte pode atrair novos públicos dessa maneira, “escondido” na TV paga e tratado com ares de especiaria. Crescer de maneira segmentada não é impossível, mas menos provável especialmente em países (como muitos na Europa) em que ter TV paga em casa não é tão comum quanto no Brasil.

É o caso da Inglaterra, por exemplo. É normal que quem tem BBC de graça (ainda que transmitindo cerca de metade da temporada) não se empolgue em gastar algumas centenas de libras pela TV paga, e isso aconteceu mesmo com a ótima cobertura da Sky Sports e a cultura de F-1 que existe no país: a audiência ainda é alta, mas vem caindo.

Outro país tradicional que não tem todas as corridas na TV aberta (apenas 9) é a Itália, onde a Sky também é a detentora dos direitos de transmissão. A audiência no país flutua muito em função do desempenho da Ferrari (junto da Espanha, foi um dos países com aumento mais forte de espectadores em 2012, por exemplo), mas existe uma tendência de declínio.

Talvez o único modelo de migração para a TV paga que deu certo até aqui é o mais antigo deles (computando os grandes mercados), no Japão. Porém, novamente, entra aquela questão cultural das pessoas considerarem normal pagar para assistir programas de melhor qualidade.

Se a Fórmula 1 derrapa em seus mercados mais tradicionais, o cenário é mais confuso ainda em países “emergentes” para a categoria. Depois de ir para a NBC (e com apenas 4 provas na TV aberta), a categoria deu um grande salto de audiência nos Estados Unidos, enquanto vem sendo derrotada no importante e gigante mercado chinês. O próximo grande desafio é a Rússia, país que tem um jovem bastante promissor em Kvyat e um GP em vias de estrear.

Que “fechar” a Fórmula 1 é economicamente o melhor a fazer em curto prazo parece claro. Porém, a categoria corre um sério risco de ficar nerd demais para ser grande, algo que, somado à falta de uma política para melhorar seu apelo via novas mídias, é um caminho perigoso.

94 comentários sobre “Fórmula 1 no ar

  1. Oi Jú, pra quem é fã mesmo uma cobertura mais completa realmente seria melhor, pois é incomparável as coberturas da Sky e da Globo por exemplo, mas a Formula 1 poderia captar novos fãs principalmente os mais jovens através de outras mídias, como redes sociais e internet. Falta muito a F1 dialogar com esse público, a estratégia do ídolo não funciona mais na rede globo pelos resultados nos últimos anos. Bernie disse que sua preocupação era mesmo a televisão e que por ele a torcida no autódromo poderia ser de papelão, quem já ficou no setor A de interlagos por exemplo sabe que não é assim. Eu como grande fã de F-1 realmente preferiria uma transmissão mais especializada mas sei que ao longo dos tempos isso poderia ser fatal para o esporte no longo prazo, ou como ainda tenho esperança na saída do Bernie que venha alguém com uma visão mais abrangente sobre o esporte, o que você acha?

    Curtir

    1. Medonha discusão sobre a TV. Me tomei o trabalho de ler tudo e é realmente medonho o blebleu dependente (impresionantes 84 comentarios, lembro quando só eramos só treis indigestos que comentavamos por aqui).
      Mas Daniel tem muita razão quando fala das novas midias, mas não precissam ser jovens ara ter adessão. Eu comencei a ver F1 in situ em Jacarepagua, e fui a 5 GPs seguidos no inicio dos 80’s. Segui o espectaculo por ele mesmo e não por porra de piloto nenhum. Tive a oportunidade de voltar a um GP em vivo em Interlagos o ano que ganhou Montoya, e não gostei do galinheiro em que se convertiram as gradas.
      Agora cancelei meu pacote de TV a cabo e só vou ficar com a internet fibra de 50 Mb (é o min que instalam em Sampa). Desde o ano passado estou migrando para ver por Streaming e acompanhando mais a GP2 e R 3.5 WS, onde tem mais espectaculo que na atual F1.
      O legal é ter opção, e ser livre na eleição. Varias vezes recomendei neste blog que asistam na internet pelo StreamHunter. O Audio vai de Band FM porque tem o Dinei que es mais maluco que o Galvão e o Lito juntos com os comentarios do Ico e a melodiosa voz da Alexandra. Pra que mais?
      Sim Daniel, eu já migrei de vez… e só não sou mais velho que Aucam.

      Curtir

      1. Ô Bruz, você sumiu! Por que blogs distantes e não sabidos você andava, privando-nos de sua verve? Muito bom ver o amigo de volta. Seus comentários e sua irreverência sem papas na língua já estavam fazendo falta. Pois é, agora estamos aqui no Blog da Julianne perdidos no meio da multidão! Depois farei um comentário sobre os meus contemporâneos velocirraptors.

        Forte abraço, Bruz!

        Curtir

      2. Andei brigando com a Vivo Aucam, hehehe, por mudança de endereço (les não migram a fibra e você tem que entrar com novo cadastro). Mas não deixei de seguir o Blog da Julianne e os seus comentarios desde meu tablet conexão 3G que não me permite deixar coments. Logo, logo seguirei enchendo… de coments.

        O mesmo Abraço!!

        Curtir

  2. A TV Globo, ao que parece, já afirmou que o contrato foi renovado até 2020.

    Bernie não vai dar bola pra internet até achar um meio de ganhar dinheiro com isso, ou até se tocar que TV e internet caminham juntas, e que não ver o dinheiro caindo na conta não significa necessariamente perdê-lo.

    Mas é difícil um senhor de 82 anos entender isso.

    Curtir

    1. Não se esqueça que licenças do Grupo Globo servem para qualquer canal dela, como por exemplo o SPORTV. Então ela pode migrar tranquilamente ano que vem para a tv paga e ficar por lá até 2020.

      Curtir

      1. Procede a informação de que o contrato com a Globo serve também para o Sportv, por isso eles passam os treinos livres. Não são contratos independentes. Porém, é muito provável que, no contrato, haja a obrigação de transmitir X provas na TV aberta. No acordo vigente até esse ano, me parece que havia a obrigação de passar sempre em TV aberta, mesmo que não fosse ao vivo. É possível que isso seja alterado daqui em diante.

        Curtir

      2. Certo, obrigado. Perguntei mesmo se há detalhes desse contrato publicados em algum lugar. Fiquei curioso.

        Curtir

      3. Esse “mesmo que não fosse ao vivo” me dá medo. Nada impede, então, dela passar ao vivo na SporTV e depois do Fantástico passar a corrida.

        Não que eu não vá assistir, mas parece ser um caminho para o fim da exposição da categoria no Brasil, virando, por exemplo, um Tênis da vida (esporte que assisto e curto, mas sequer comentam na TV aberta).

        Curtir

  3. Eu prefiro que a cobertura migre para a TV fechada e hj em dia, TV “paga” não está tão inacessível assim. Quem não tem condições de pagar mensalidade, recorre ao famoso “gato” e tem todos os canais fechados a disposição.

    Já pela classificação que a Globo deixou de transmitir na íntegra nesses dois últimos GPs, deu para notar que a qualidade melhorou, pois entre os “Qs” não tem mais comercial, então os comentaristas vão falando em cima das imagens dos boxes e replays que na Globo não mostrava.

    Acho que a Globo poderia testar a transmissão simultânea na aberta e na fechada para ir conhecendo a reação do público. Por exemplo, os 20 minutos que o Barrichello e um repórter fazem antes do início da prova poderia ser estendido para 1 hora no Sportv e depois da cerimônia de premiação, a TV fechada poderia continuar com a transmissão para mostrar a entrevistas dos pilotos do pódio, análises e lances polêmicos.

    É utópico, mas não impossível. Vamos aguardar os desdobramentos disso.

    Curtir

    1. Não concordo, o grande público gosta mesmo de uma transmissão dinâmica e objetiva. Eu gosto d eF1 e acompanho sempre que posso há muitos anos, mas se aguentar 20min de blá blá com Barrichelo já é meio sacal, imagine 1 h.
      E é muito mais emocinante saber que milhares de pessoas estão ali acompanhando pela tv aberta, principalmente numa rede Globo, do que vê numa tv fechada, meio que restrito, sem graça.

      Curtir

      1. E justamente por isso é que temos no Brasil um monte de palpiteiros que não entende nada de automobilismo e, ao caírem de paraquedas em um GP qualquer, se deparam com o Felipe Massa batendo e começam a soltar bobagens como “esse piloto é muito ruim!” ou coisas do tipo. Tomara que a F1 vá para a TV fechada o quanto antes, ainda que no Sportv seja mais do mesmo. Fórmula 1 nunca foi um esporte para as massas e sim para um público qualificado. Ou seja, para poucos mesmo.

        Curtir

      2. Exatamente Alexandre. Por exemplo, na classificação do GP da Hungria, o Massa tomou um tempo absurdo do Bottas, pq não tinha o mesmo chassis do companheiro. Quem não se informa, simplesmente vê aquela diferença e já desanda a falar bobagens na internet sobre como o brasileiro é ruim, pq não aposenta etc

        Triste, mas essa é uma grande parcela do público de F1 no Brasil. Não gostam do esporte, gostam de torcer por um brasileiro e ver a bandeira verde amarela no pódio e de preferencia em primeiro com o tema da vitória. Como isso virou um fato esporádico desde 2009, passam a falar bobagens tamanhas.

        Curtir

  4. Como diz o bordão, “é grave a crise!” Pôxa, então tá na hora de botar o Guto Nejaim (quando não coincidir com a MotoGP) pra narrar e o Celso Itiberê e a Julianne pra comentarem. Digo e repito esse meu dream team.

    Curtir

    1. Aucam,

      Gostei da parte da “Julianne pra comentar”. Julianne na Globo comentando, entrevistando pilotos e integrantes de equipe antes das provas,comentando detalhes técnicos nos boxes, enfim, Julianne direto. Demorô…

      Curtir

  5. Um homem que sempre lucrou de uma forma ou de outra(legalmente ou ilegalmente), não iria dar um tiro no próprio pé desta forma, sendo ele praticamente o idealizador de todo este modelo de automobilismo. A TV paga é um tendência para tudo, mas ela é seleta, não pelo dinheiro, mas pelo gosto, é o que acontece no Brasil, as pessoas não tem o habito ainda de ligar a TV e procurarem por programação mesmo tendo varios canais a disposição, é uma questão cultural, somos educados a ligar a TV e nos entreter, qq coisa q não seja isso, não nos motiva. Tem gente aqui que tem TV a cabo que assiste 90% de TV aberta, vai explicar isso rsrs .. O bom da F1 migrar para TV paga é que ficará melhor para quem é fã mesmo, a globo restringe muito a F1 e parece q vão aumentar isso, porém, o público diminuirá consideravelmente, imagino eu, pq daqui a 20 ou 30 anos não sabemos como estará tudo isso, mas é bem provavel que o tio patinhas da F1 esteja com a razão, e daqui 30 anos vamos ver sua ação como certa ou errada.

    Curtir

  6. Eu recentemente mudei do Uol para o Terra, pois lá a pagina de esportes só fala de celebridades festas e está parecendo a revista Caras.
    E minha primeira impressão aqui foi umas reportagens melhores como bom senso e os comentários das reportagens mais inteligentes.
    Faz muita diferença uma reportagem bem feita e com fundamento e pessoas que comentam com um nivel intelectual mais elevado. Viva o terra.

    Curtir

  7. Pessoal que paga TV Paga.
    Aproveitando a questão mas falando da TV paga em geral,
    a TV paga está virando TV Aberta, paga.
    Basta ver a quantidade de anúncios, a repetição de programas, e a qualidade dos programas oferecidos.
    As emissoras não respeitam as normas. Ex; o nível do volume. Tem lei para isso e a gente pode ver os canais infantis e mesmo outros canais aumentarem assustadoramente o volume nos intervalos obviamente pressionadas pelos anunciantes.Tem limite por norma para isto.
    A quantidade de anúncios diminuindo o tempo de conteúdo.
    Lembremos que pagamos por este serviço.

    Curtir

  8. Para os que assistem a transmissão desde o primeiro treino livre na quinta, essa é uma ótima e esperada noticia dentro do contexto do Brasil. A diferença de qualidade na transmissão da Sportv (apesar de ser da Globo) é gritante. Muito empolgante os treinos livres, com ótimos comentários, foco no esporte, independente da nacionalidade e sem ficar todo domingo repetindo insistentemente após 15 anos quais os tipos de pneus, pra que serve as unidades de potência, etc., no melhor estilo “sou Galvão Bueno e você não entende nada…”. Na Globo vemos também uma chuva de asneiras em função de transmitir a F1 do piloto brasileiro em destaque. Para quem realmente gosta e acompanha o esporte, essa atenção (ou desatenção) beira o irrelevante. Poder assistir os últimos Qs na Sportv foi ótimo e torço diariamente para o dia que pelo menos uma transmissão simultânea do GP aconteça e quem sabe em um futuro próximo tenhamos mais uma opção (ESPN ou Fox Sports seria sensacional). Assim, não estaremos envolvidos e absortos somente durante DTM, Nascar, Indy ou qualquer outra que tenha hoje uma transmissão digna do esporte à motor, mas também durante a F1, que há anos deve ser assistida aos domingos por nossas bandas com a tecla Mute ativada.

    Curtir

  9. A Globo ha muito que nao se importa com a F1, do contrário colocaria profissionais competentes para trabalhar com o produto. Galvão Bueno não entende do assunto, apesar de ha anos se achar a referencia no mesmo no país, Reginaldo Leme parece ter medo de falar qdo está perto do Galvão, Rubinho como comentarista não interessa pois ninguém está interessado na opinião de um perdedor e sobra o Burti, que também esteve lá e não fez nada, assim como Pizzonia, Nelsinho e Massa.
    Se a emissora se interessasse contrataria um narrador de verdade, um Piquet ou um Fittipaldi para comentar e colocaria um engenheiro que entende de projeto de carros para dar assessoria ao programa.
    Galvão pensa que narra futebol, que tem que gritar para transmitir emoção, e esquece que está narrando um esporte que não é emoção, é cérebro. Ele deveria narrar apenas MMA, que é feito por gente que não tem neurônios, para espectadores idem.
    A emissora vende mal o produto, é incompetente ao delegá-lo para profissionais mal formados e mal preparados e depois, quando perde o público, acha que vai ganhar dinheiro cobrando por isso. É típico da arrogância de quem não entende a dinâmica do mercado: primeiro vc desenvolve um produto de qualidade, depois vc manda as pessoas experimentar e por fim vc cobra pelo produto. (os traficantes fazem isso ha séculos e o negócio deles só cresce). A Globo quer fazer o oposto: Teve a sorte de ter um idolo que carregava o interesse do brasileiro nas costas, depois que perdeu o cara descobre que o programa sempre foi uma porcaria, aí as vendas caem e a empresa pretende começar a cobrar pelo produto. Francamente! Vão migrar pra tv paga e vão jogar a pá de cal na F1 no Brasil.

    Curtir

    1. Galvão Bueno é chato, porém é como um presidente do Senado, ele move até os donos do poder para não perder a posição. Muito melhor seria para ele ficar nos bastidores e negociando dinheiro para a Globo, calado e sem aparecer ao público. Como diziam os antigos “não há mal que dure para sempre”.

      Curtir

    2. Concordo com você e acrescento que a F-1 no Brasil já era, não temos nenhum piloto de ponta que ganhe alguma coisa. E a pá de cal na F-1, se deu com as vitórias do Schumacher, quando o seu escudeiro era obrigado a dar passagem, e segurar quem vinha de traz. Nessa época parei de assistir, pois é notória a preferência das equipes por pilotos que não sejam Sul americanos, ou melhor fora do eixo Europeu e ou da coroa Britânica. F-1 já era, não perco mais tempo assistindo, nem na TV aberta, e muito menos a paga.

      Curtir

      1. ótimo que vc não assiste. Um chato a menos para dar palpite furado, apesar que, tem chatos que mesmo “não assistindo mais” continuam enchendo o saco.

        Curtir

      2. Você tomou uma decisão muito sábia. Com essa sua visão lunática do esporte, certamente a Fórmula-1 não precisa da sua audiência. A Fórmula-1 erra muito, principalmente em questões de gestão e trato com o público que entende de corridas (e não os torcedores pachecos de plantão que esperam a primeira desgraça para desafogar suas mágoas) , mas certamente não precisa de espectadores (porque fã não é) como você. Mas se não perde mais tempo assistindo, o que está fazendo aqui comentando em um blog sobre corridas?

        Curtir

  10. O problema é a exclusividade de transmissão.
    Mesmo na TV paga só os assinantes de uma operadora poderia assistir, no caso a SKY. Quem assinasse outra operadora poderia não ter o canal disponível.
    É o que acontece com a FoxSport2 que tem na Net mas não tem na SKY. Assim os assinantes da SKY não podem assistir as corridas da Nascar.
    É preciso acabar com os monopólios na TV.

    Curtir

  11. Adoraria ver a f1 no sportv. Só de não ter mais que ouvir o Galvão e o Rubihno já é uma grande coisa. O Lito Cavalcanti é muito melhor e mais técnico comentarista que o Reginaldo Leme, apesar de sua experiência. Gosto de Luciano Burti e seria interessante vê lo migrar para a sportv. No meu caso prefiro que a F1 não passe mais na globo aberta, mas acho difícil isso acontecer.

    Curtir

    1. O Lito é o pior comentarista que tem por aí! Lembro de dois fatos que me faz ir dele. 1º) Ano passado quando o Massa ainda na ferrari fez uma boa corrida, o Lito falou que ele tinha com aquela corrida renovado o contrato, o que aconteceu, no outro dia foi comunicado o desligamento do Massa. 2º) Num treino nesse ano, um dos pilotos no início do treino classificatório fez um tempo e o Lito falou que ele já estava garantido para a próxima classificação, o que acontece, o tal piloto (Não lembro agora quem era!!!) ficou em 17º, ou seja, fora do próximo treino. Fora outra bobagens que ele fala. Muito fraco esse Lito.

      Curtir

  12. Corrida de formula 1 é absolutamente RIDÍCULO….GANHA QUEM TEM O MELHOR CARRO, O SENA FOI CAMPEÃO PORQUE TINHA O MELHOR CARRO, O SCHUMACHER FOI CAMPEÃO PORQUE TINHA O MELHOR CARRO… DEEM Á MIM O MELHOR CARRO, TREINAREI POR 3 MESES E EU SEREI CAMPEÃO 10 VEZES SEGUIDAS… A VERDADE DÓI, FORMULA 1 NÃO É ESPORTE, FATO COMPROVADO.

    Curtir

    1. 3 meses de treino e vc tá pronto? Valeu campeão! É um fora de série. Tá sabendo bem…. Já andou de algum monoposto na vida? kart? ou só PlayStation?

      kkkkkkk

      Curtir

    1. Eu digo o contrário eu parei de assistir corridas na globo de tanto ver o Galvão Bueno puxar o saco do Alonso, eu acho que se der um chute no saco do Alonso acerta a boca do Galvão Bueno, as vezes fico me perguntando sera que o santander paga o Galvão para puxar o saco do Alonso.

      Curtir

  13. A Fórmula 1 precisa melhorar muito pra voltar a ter audiência. Não digo nem pelos brasileiros, mas pela emoção. Assista uma corrida da Fórmula Indy e compare. Eu assisto e prefiro. O piloto e a equipe conseguem fazer estratégias, levando um piloto da última posição a ganhar a prova.

    Curtir

  14. NAO ASSISTO F1 , POIS NAO TEM MAIS MOTIVACAO A ANOS DE ASSISTIR.

    PREFIRO A FORMULA INDY.

    POR ENQUANTO NA FORMULA INDY A CORRUPCAO E JOGOS DE EQUIPES EM DETRIMENTO A PILOTO 1 OU PILOTO 2 NAO EXISTE.

    A CORRUPCAO DESTRUI A FORMULA 1.

    Curtir

  15. O problema da fórmula 1 é o traçado da pista, feito para desfavorecer ultrapassagens e a habilidade dos pilotos.
    Está virando uma competição cada vez mais previsível e sem graça.

    Curtir

  16. A verdade que a fórmula 01 a anos está muito ruim, regras idiotas, não tem competitividade nenhuma, tem que ter estômago para assistir aos domingos e aguentar o Galvão……..

    Curtir

  17. Pra mim…!! Não faz nenhuma diferença. A formula 01, morreu junto com o Senna. O Brasil que dá grande audiencia,a esse esporte,não conta na atualidade,com pilotos de ponta, nas grandes equipes. O Massa deixa muito a desejar,proncipalmente depois do acidente com a mola,do Barrichello.

    Curtir

  18. A FORMULA PNEU, SIM PORQUE SÓ OUVIMOS FALAR DE PNEU NA TAL F1, DINHEIRO, DINHEIRO, DINHEIRO, NÃO EXISTE MAS PILOTO AGORA É SÓ O CARRO E O CONTROLE REMOTO, PARECE QUE O CARRO É DIRIGIDO DE FORA. TEM OUTRAS CORRIDAS QUE SÃO MAIS EMOCIONANTES E ONDE VEMOS O PILOTO SE VIRAR PARA GANHAR A CORRIDA. TEM QUE ACABAR OU SE REINVENTAR A F1 OU FPNEU

    Curtir

  19. Esse Bernie Ecclestone é um Ricardo Teixeira da F1. Mas não é total culpa dele.
    Infelizmente a tecnologia foi estragando, juntamente com o dinheiro.
    A tecnologia por automatizar quase tudo do carro, haja visto que os dois “maiores” campeões da F1, quando não tiveram um carro bom, só fizeram fiasco. Ou seja, é campeão quem tem carro melhor e não quem é o melhor piloto.
    A culpa do dinheiro é por defasarem equipes, apenas 2 ou 3 equipes podem investir tão alto.
    E por fim, a culpa do Bernie Ecclestone por colocar regras tão escrotas.

    Curtir

  20. O que eu acho interessante nestas análises de quando querem suprimir ou tornar pago um bem ou serviço de interesse da coletividade, são as comparações inevitáveis que são prontamente construídas. No entanto, sem querer ser muito simplista mas olhando pelo lado prático, por que não copiam as coisas e exemplos positivos do tipo – o sistema tributário, a educação, a saúde, os transportes, o próprio incentivo ao automobilismo, que é visível nestes mesmos países onde são buscadas tais inspirações? E, por último, porque não aposentam logo o “velho” e corrupto Verme Ecclestone? Já passou da hora. Dar remendo na F1 para satisfazer os interesses de uma única pessoa, que já está além das medidas (a CVC que o diga) é buscar tapar o sol com a peneira. O que existe por trás disto também é a tentativa de tornar a TV aberta tão ruim ou mais do que já está (não sei se é possível) para que as pessoas que tenham condições financeiras a abandonem em prol dos canais pagos. Eu prefiro ficar com a internet. Não preciso de TV pra mais nada. Ainda mais esta que está aí com Faustão e CIA. Um verdadeiro massacre aos neurônios…

    Curtir

  21. Provavelmente a Globo já renovou até 2020 (o que não muda muito a idéia daqui, pois Globo e SporTV são a mesma coisa, vale dizer que a Globo arrancou na marra o UFC da RedeTV apenas para que não fosse transmitido por TV aberta (somente pelo Combate)…

    Mas não se iludam…
    Sem um piloto Brasileiro brilhando na F1,
    E, com transmissão apenas em TV fechada,
    pode acreditar, a audiência da F1 no Brasil vai despencar.
    Despencar mesmo. Cair pra 1/3. 1/4.

    A F1 tem um formato o qual é possível vender em TV aberta (diferente de um esporte como tênis).

    Apenas o que não tem audiência no país que vira programa de TV paga, como Basquete Nacional, Liga Nacional de Volei…

    A F1 só vira exclusiva de TV fechada se não aparecerem pilotos Brasileiros no horizonte, e se a audiência cair um pouco mais.

    Curtir

  22. A RedeGlobo não vai tirar a formula 1 das 9 da manhã de domingo e colocar o Globo Rural.

    A globo tradicionalista, não vai mexer na sua grade.

    Ela “sempre” vai ganhar a audiência das 9 da manhã com a formula 1.

    Curtir

  23. Tomara que isso se realize e que possamos assistir as transmissões pela Sportv, com profissionais qualificados e que prestam informações técnicas pertinentes a cada fato. SÓ ESPERO QUE A GLOBO NÃO PONHA O GALVÃO BUENO PARA TRANSMITIR……. pq, se fizer isso, a audiencia cairá muito, tendendo a zero. Verdade que muita gente vai deixar de assistir por não ter TV paga mas o mundo se livraria do traste do Galvão….. e tenho dito.

    Curtir

  24. a F1 esta agonizante e sem graça… a tendencia e desaparecer oi minguar ao minimo.. e isso vindo de alguem que era viciado… passava noite em claro pra ver uma corrida… hj mal vejo largada.. pra mim se por o pica pau no lugar e mais negocio…esporte hj em dia ta muito sem graca de F1 a futebol passando por tenis e volei

    Curtir

  25. As corridas de automóveis já deram o que tinham de dar.
    Ver um monte de carros em alta velocidade, esperando que alguém se arrebente, é o sonho da maioria dos espectadores.
    Eu não aguento ver mais de 10 minutos de corrida,principalmente se for narração de Galvão Bueno.
    Prefiro outros esportes.

    Curtir

  26. É só uma equipe ganhar 2 ou 3 titulos seguidos que mudam as regras e isso não agrada a quem gosta e acompanha o esporte, como eu. Tem também as restrições as inovações tecnológicas. Os carros estão mais lentos e a F1 sempre foi um campo de provas que depois de algum tempo acabam incorporados aos carros de rua. Mas acho que um dos principais motivos é a falta de pilotos realmente bons e com sangue nos olhos como eram Senna, Piquet, Prost, Mansel que travavam batalhas memoráveis. Hoje todos são absolutamente sem personalidade. Nada falam e se calam a tudo que o Bernie impõe, além de serem fracos tecnicamente. O Schumacker ainda era o melhorzinho, mas só ganhou 7 titulos por que correu contra ninguem.

    Curtir

  27. A TV aberta está com os dias contados. Assim como a frequência AM já perdeu para a FM, num futuro mui breve, a população terá acesso a TV fechada. A internet já é uma realidade de acessibilidade até nos sertões.
    Quanto a F1, para nós amantes dessa categoria sabemos que de alguns anos, ela vem perdendo o brilho disputadíssimo entre pilotos. O jogo de equipe e seus interesses patrocínios arrancam parte das emoções. Se o piloto é o favorito da equipe, mesmo que o segundo voe baixo, a equipe dá as suas determinações.
    A Indy era só oval. De alguns anos para cá, as disputas vem sendo disputadas em circuitos mistos que vem dando um charme a categoria. Disputa é que não falta. E não está perdendo em nada para F1. O Bernie Ecllestone que abra os olhos. Até a TRUCK é mais disputada na pista que a F1.
    Para mim, a F1 já está perdendo mesmo na TV aberta.
    Uma outra coisa que está contribuindo para o encerramento da TV aberta: são as programações diárias, principalmente aos domingos. É só fazer as comparações das farturas de programações na TV fechada e na aberta.

    Curtir

  28. Li um comentário a respeito do assunto: Passar F-1 para tv paga. Nesse comentário, entre vários que haviam, o autor disse o que eu considero a tendência no Brasil. Será a SKY-Gato, ou seja, burla-se o sinal quando se quer e assiste tudo de graça. Confesso, eu mesmo vou tentar isso. Porque pagar centenas de reais mensais se posso ter de graça tudo na tv? E não é a Lei de Gerson, mas a Lei do que me entra num bolso e do que sai do outro bolso. Desonesto? Pode até ser, assim todos somos desonestos. Os elevados preços pelo serviço pago (que posso ter de graça) nos marginalizam, nos fazem andarmos às margens dos altos custos e nada pagar. Pago apenas um aparelhinho, já possuo várias antenas, e nada de mensalidades. Os que forem honestos demais para fazer isso que me perdoem, eu o farei.

    Curtir

  29. a audiencia vem caindo pois faz 20 anos que o que importa mesmo é a tecnologia… a ultima corrida foi boa por exemplo, mas é preciso mais competicao e carros sem tantas diferenças…

    Curtir

  30. A TV GLOBO DEVERIA DE SE PREOCUPAR COM AS NOVELAS QUE ESTÃO UMA MERDA E CAINDO DE AUDIENCIA ISSO SIM GASTÃO MILHOES DE REAIS PRA NADA COMO A ULTIMA NOVELA O FINAL FOI UM FIASCO SENAS INADEGUADAS PRA CRIANÇAS , QUE AO LONGO DOS ANOS CONTINUÃO ACHANDO LINDO. VERGONHA É LUCRO ESPORTE É PREJUIO

    Curtir

  31. Quando do lançamento da TV digital muito se falou de que as emissoras poderiam ter um segundo canal… Transmitam a corrida simultaneamente com o SportTV em um segundo canal… ou dividam as transmissões com a Band como fazem com o futebol.

    Curtir

  32. O Lito é o pior comentarista que tem por aí! Lembro de dois fatos que me faz ir dele. 1º) Ano passado quando o Massa ainda na ferrari fez uma boa corrida, o Lito falou que ele tinha com aquela corrida renovado o contrato, o que aconteceu, no outro dia foi comunicado o desligamento do Massa. 2º) Num treino nesse ano, um dos pilotos no início do treino classificatório fez um tempo e o Lito falou que ele já estava garantido para a próxima classificação, o que acontece, o tal piloto (Não lembro agora quem era!!!) ficou em 17º, ou seja, fora do próximo treino. Fora outra bobagens que ele fala. Muito fraco esse Lito.

    Curtir

  33. Oi.
    Eu deixei de assistir a F1 na tv por causa do Galvão Bueno e apesar de apreciar os comentários do Reginaldo, não aguento a transmissão do GB.
    Quanto quero assistir um GP, eu assisto no internet via Sky Sports onde a pré corrida tem muitas entrevistas e documentários e no pós corrida, tem as entrevistas dos pilotos do pódium. É isso que todos nós queremos…

    Curtir

  34. Bernie ja nao tem nenhuma visao para o future da F1. Nos ultimos 20 anos ele mudou a F1 para pior e so lhe interesa o dinheiro. Ate paises com tradicao na F! ele tentou ou trocou para paises que lhe pagam mas alto. As regras mudam cada ano e nao para melhor. A F1 esta num declinio e dentro de alguns anos pode ser irreversivel.

    Curtir

  35. Apenas uma questão: não seria possível passar nos dois segmentos, aberta e paga? Aqui no Brasil o SporTV vem cobrindo muito bem, pena que em horário alternativo. A Rede Globo não tem a ver com os dois canais? Então!

    Curtir

  36. na velocidade em q a tecnologia se desenvolve, em seguida ñ teremos mais pilotos e sim robôs. Perdeu completamente o charme e a graça, graças a estas regras estupidas em que dar uma tossida, perde 10 segundos, ou que ameaçar passar perde o direito de ir ao banheiro desaguar.
    Senna, Piquet, Emerson, nunca mais, fica na saudade e nos VHS gravados daquele tempo.

    Curtir

  37. ora isso é muito controverso, pois em 2012 e 2010 foram grandes campeonatos, pra mim isso é conforme o campeonato quando tem 2 ou mais pilotos na briga ou mesmo algumas equipes roubando a cena buscando vitórias deixa a transmissão mais agradável, problema hoje é que tem uns riquinhos comprando vagas e umas equipes muito a frente de outras sobre os brasileiros isso é normal podemos esperar que em 2018 começe a cair o interesse em copa do mundo pelos resultados

    Curtir

  38. O povo não é burro. Ninguém quer mais aturar a incompetência do tal Bernie Ecclestone, que regulamentou o jogo de equipe, que acabou com a emoção das corridas verdadeiras e competitivas, e os comentários protecionistas do Galvão Bueno em relação à Felipe Massa, piloto que tem demonstrado que não merece representar os brasileiros na fórmula um. Lógico que não poderíamos esperar algo diferente da Globo, afinal ela precisa de um brasileiro, mesmo que incompetente, como ator coadjuvante, e garantir o mínimo de audiência.

    Curtir

  39. O problema da F 1 são as regras que dificultam tudo, nada pode, então a corrida fica muito restrita e qualquer coisa o piloto é penalisado……..

    Curtir

  40. Isso está caminhando para o mesmo fim da Fórmula Indy que a Band elitizou transmitindo a maior parte da corridas pelo canal pago.

    Curtir

  41. A audiência vem caindo porque tudo o que a F1 hoje não é mais é um esporte. Parece um jogo de carta marcadas cujos resultados são manipulados. A partir do momento que dois pilotos da mesma equipe não “se pegam” mais porque “tem que trazer o carro para casa”, então é um tipo de manipulação do resultado. Ordens para deixar pilotos passar, pilotos que ficam chorando no rádio para que o da frente o deixe passar, punições a pilotos porque eles “fecharam” o outro, dentre outras coisas, ACABARAM com a F1. O legal é você ver rachas, pegas tipo Villeneuve X Arnoux, pilotos brigando até a última curva (Prost X Senna)…. Se isso é “virtualmente proibido” hoje, por que eu vou assistir isso?

    Curtir

  42. Bernie Ecclestone representa os interesses dos grandes empresários e investidores na F1 que são sensíveis às leis de oferta e procura. Esta inflação só existe porque os grande compradores do produto “F1” são as grandes corporações de TV que para terem exclusividade, praticamente leiloam e suportam pagar caro enquanto tiverem alguma margem com seus anunciantes. Mas como o bolso certamente é a parte mais sensível dos investidores na F1 e dos compradores, seus preços possivelmente serão flexibilizados. Não é todo dia que se pode perder alguns milhões de dólares perdendo clientes. Por outro lado as emissoras também podem abrir mão da exclusividade, se consorciem, contratarem o pacote conjuntamente e adotem outras formas criativas de faturar com seus anunciantes. Enquanto as TV abertas disputarem a tapa e cobrirem propostas concorrentes para terem os direitos de transmissão exclusiva, Mr. Ecclestone e seus sócios investidores sabem que o circo da formula 1 ainda é um produto muito atraente e não precisam rever sua tabela de preços. Quando este cenário mudar, é só “flexibilizar” rs rs rs, afinal alguém na ponta da cadeia de consumo pagara a conta.

    Curtir

  43. Já tive uma mentalidade distorcida sobre a F-1, onde os brasileiros corriam contra o mundo, era o Brasil contra o resto, mas nada como aliar paixão e razão, e foi no antigo Faster, da Julianne, que abri minha percepção sobre a realidade humana e falha do automobilismo, onde as verdades em tempos de informação bem apurada e farta da internet, podem derrrubar mentiras ditas repetidamente, como um bate estacas. Enfim, a internet pode ser usada para o bem e para o mal, e na falta da tv aberta, utilizo o link e viajo normalmente, não perco tempo em comprar brasileirão pela tv se posso assistir na net, mesmo que com uma definição de imagem um pouco pior…vejo as partidas do meu time jogando em casa sem paper view, apenas logado na net. Não me importo se a audiência caiu, se não tem brasileiro ganhando, quero a adrenalina da disputa, o domínio do carro, a habilidade do condutor, e isso não tem nacionalidade.

    Curtir

  44. Vai ver que os telespectadores não estão entendendo bem as novas regras, restrições ou acompanhando as mudanças tecnológicas a fundo… Estudar é bom tb, mesmo num país sem educação. Funk e baixaria não fariam mais sucesso?

    Julia Rezende
    http://oscursosonline.com.br

    Curtir

  45. Se for para ter locutores que falem em distância de oito vírgula sete segundos, aos contrário dos analfabetos funcionais que falam oito “ponto” sete segundos, que venham as mudanças.

    Curtir

  46. Depois da morte do Senna parecei de acompanhar formula 1, os brasileiros não são de nada, podem ter o melhor carro do mundo que nada acontece, o Senna corria com carro ruim e mesmo assim brilhava. Eu adoro o Galvão, é mais emoção com ele, quem não gosta dele, mude de canal é simples, mas a maioria gosta, esses que criticam ele tem dor de cotovelo.

    Curtir

  47. Nossa Ju, ontem eu comentei e tinha acho q uns cinco comentários, hj abri o Total Race e vi essa enxurrada de comentários estranhos. Parece até uma espécie de Guerra Mundial Z, só trocando os zumbis por trolls.

    Comecei a ler os comentários e parei e me perguntei, cade a rapaziada que sempre comenta por aqui? acho que ficaram com medo rsss

    Estranho esse fenômeno, só pelo fato de colocar no tag GLOBO atrair um outro tipo de leitor. Ou de repente esse pessoal sempre esteve por aí e nunca comentou e só agora resolveu falar.

    Ju, o que vc achou a respeito sobre os comentários que esse post desencadeou?

    Abraço

    Curtir

    1. O post foi destacado na capa principal do Terra por todo o dia de ontem, por isso apareceu mais gente por aqui. Acho ótimo, gosto de saber opiniões diferentes.

      Curtir

      1. Julinanne parabéns pela matéria, eu ouvi dizer que seu blog é o maior blog de f1 do brasil você poderia confirmar a posição de seu blog em um ranking, agradeço muito se puder ajudar sou seu fan numero um.

        Curtir

  48. Quando o esporte só é tratado como negócio fica assim mesmo. A paixão que fez a história, criou pilotos e equipes, hoje só enxerga o $. Eu sou um daqueles que não assistem mais F1. A base de todo esporte é a competição, algo que não existe.

    Curtir

  49. Oi, Ju

    Cheguei atrasado para os comentários, embora o li pouco depois que você postou.

    No primeiro momento causou impacto quando a Globo cortou a maior parte do treino de classificação. Depois que a ficha caiu, vejo até com bons olhos a inevitável migração da Fórmula 1 para a TV fechada.

    Quem gosta vai assistir, e esses pontos de ibope que a emissora tem, vão todos para a TV fechada. Quando for, se fizerem um trabalho bem feito, voltado para o público que é apaixonado pela Fórmula 1, tem tudo para dar certo.

    TV a cabo hoje é uma realidade no Brasil, quem não paga utiliza as chamadas ‘TV Gato’, outra realidade, e quem não tem nenhuma das duas pode apelar para os streaming da internet. Todo mundo tem um computador, not, tablet, celular, e internet. Então só não vai assistir quem não quiser.

    Como você disse, Ju, não será o fim da Fórmula 1 no Brasil. Aliás, já começo até a torcer para que vá mesmo para o SporTV. O que eles fazem com a MotoGP já é bom, se fizerem melhor com a Formula 1 já será melhor que na Globo.

    Um abraço!

    Curtir

  50. Passa para outro que queira transmitir..eu não tenho tv paga mas gosto da F1 assisto todas ate de madruga…Mas senão quiser passa para outro..
    O problema esta no gerenciamento de modelo da F1 o tiozinho dono da bagaça esta acabando com a F1.
    Veja Indy nada de frescura e a coisa acontece lá…..Ouvi muita entrevista de vários pilotos que estão na Indy que já pilotaram na F1 , que a coisa é feia é cobra comendo cobra.
    Ou seja gosto da F1 e assisto e para mim tem que ser na tv aberta, paga e internet..

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s