Vermelho Ferrari

Motor Racing - Formula One World Championship - Italian Grand Prix - Race Day - Monza, Italy

Planejamento. Essa é a palavra-chave para o sucesso na Fórmula 1, ainda que muitos dos que ficaram pelo caminho no ramo teimassem em jogar dinheiro fora impacientemente. Porém, só é possível ter planejamento quando se tem uma boa gestão. E é atrás disso que a Ferrari corre a partir de agora.

As últimas três grandes “dinastias” da Fórmula 1 devem servir de exemplo. A mais longa, o dream team justamente da Ferrari, formado por Jean Todt no comando, Ross Brawn na chefia técnica, Rory Byrne nos projetos dos carros e Michael Schumacher ao volante, demorou 6 anos para “vingar”. E depois comandou a categoria por cinco e criou a base para os outros títulos, de 2007 e 2008. Os últimos de Maranello.

Quando Todt chegou, em 1993, não saiu contratando para mostrar serviço. Primeiro avaliou as áreas em que o time, que vivia uma seca de títulos desde 83, precisava de reforço e foi formando seu dream team aos poucos. Primeiro um grande piloto, Michael Schumacher, e depois a trupe responsável pelos carros do bicampeonato do alemão na Benetton. O projeto sobreviveu às críticas, foi evoluindo passo a passo até o título de construtores de 99. E o resto é história.

Realidade parecida viveu a Red Bull. Tida como uma equipe puramente marqueteira quando Dietrich Mateschitz comprou a Jaguar no final de 2004, contratou o então desacreditado Adrian Newey, que vinha perdendo espaço na McLaren justamente pela ascensão da Ferrari. Junto do inglês, foram chegando outros profissionais e as ferramentas da fábrica foram sendo adaptadas para uma Fórmula 1 que caminhava para limitações nos testes. Criatividade e eficiência passaram a dar resultado logo na primeira grande mudança de regulamento pela qual a Fórmula 1 passou após o surgimento da equipe, em 2009. Exatamente no momento em que surgiria uma oportunidade de nivelar o conhecimento sobre as máquinas, eles estavam prontos.

Nesse meio tempo, não foram poucos os que falharam em seguir a cartilha. A Toyota gastou rios de dinheiro sem nunca ter dito a que veio. A BMW não resistiu ao primeiro tropeço de 2009 após constantes evoluções e a Honda teria o mesmo destino da Red Bull, não tivesse reagido de forma imediatista à crise econômica de 2008. Afinal, foram os japoneses que comandaram o brilhante projeto da Brawn no ano seguinte.

Brawn, que sobreviveu ao baque de perder praticamente todo seu investimento de 2008 a 2009, para hoje ser a gigante Mercedes. Os alemães decidiram apostar na Fórmula 1 quando outras montadoras fugiram do esporte, investiram na fábrica, contrataram profissionais para áreas-chave – chegou Wolff para gerir o negócio, Lowe para comandar a área técnica e Costa para projetar o carro – e lucraram em um momento no qual a integração motor-chassi é fundamental. Isso, no quarto ano de investimento.

Se quiser voltar a qualquer coisa parecida com a era Todt, é nesses exemplos que a Ferrari tem de focar. As melhorias na fábrica estão em curso, o corpo técnico e dupla de pilotos não deixam a desejar na comparação com nenhuma das rivais. O que falta é uma gestão sólida, sem imediatismos. Há quem diga que, em se tratando de Ferrari, isso é pedir muito, mas a história recente está aí para servir de lição.

22 comentários sobre “Vermelho Ferrari

  1. Eu penso que se o regulamento de 2009 não tivesse existido, nem Brawn nem Red Bull teriam feito tanto sucesso.
    Se os carros de 2009 continuassem a ter as mesmas especificações tecnicas de 2008, Adrian Newey não seria tão eficiente em seus projetos.
    O uso demasiado da aerodinamica foi sopa no mel pro Newey. Ele tava no lugar certo na hora exata. aerodinamicista de mão cheia, ele deitou e rolou com o que era permitido até 2013.
    Tanto é que hoje sem aquele montanha de pressão aerodinâmica nos carros, ele vai pendurar a prancheta.
    Não há muitas áreas aonde ele pode desenvolver seu talento.
    E é isso que eu acredito que a F1 ficaria mais competitiva se todo esse mimimi de aerodinâmica e eletrônica fosse abolido.

    Curtir

    1. Só que a aerodinâmica era maior em 2008 que em 2009, amigão.

      O regulamento de 2009 surgiu justamente para diminuir o impacto da aerodinâmica e trazer de volta as ultrapassagens. A grande questão é que aos poucos o pessoal foi achando aerodinâmica em outros lugares, o que propiciou um regulamento mais restritivo ainda, em 2014.

      Curtir

    2. O que estah sendo esquecido eh que o carro atual da Reb Bull *eh muito bom*! so o motor que eh de “enceradeira”. Tivesse a Renault feito um motor melhor *desde de o inicio*, o campeonato estaria sendo disputado por mais de uma equipe.

      Voce notou que apenas a Red Bull ganhou corridas, entre os “carros desse planeta”?. Pois eh… restringiram tanto o regulamento que o pobre Newey nao consegue projetar um carro pelo menos razoável…

      Curtir

    1. Em qual sentido a política atrapalha a Ferrari, se são os engenheiros (mais de 800 entre aerodinâmicos, eletrônicos, mecânicos)que fazem os carros?

      Na minha opinião, o que atrapalha a Ferrari são engenheiros medianos, tipo Pat Fry e Nickolas Tombazis.

      Curtir

      1. Pois é marco, e quem é que coloca essas pessoas em seus cargos?

        Setores da Ferrari infelizmente são nichos de corrupção e tráfico de influência.
        É como um ministério, uma secretaria, por exemplo…
        Acontece isso ali e não tem muito jeito de sanar. É muita grana que rola, muitos interesses…

        Curtir

      2. Marco a culpa do fracasso da ferrada tem um nome, e ele se chama Fernando Alonso, essa mídia podre e bajuladora que faz lavagem cerebral em leitores cabeça fraca como você fazem todo mundo acreditar que Alonso é o melhor, piloto bom faz como hamilton, pegou a Mercedes que foi a quinta força em 2012 e levantou a equipe, hoje a Mercedes tem o melhor carro do grid, Alonso é um bosta pegou a ferrari no auge teve sempre tratamento de primeiro piloto e a ferrada contratou todos os melhores engenheiros que o dinheiro pode pagar. hamilton nunca teve privilégios dentro das equipes que passou e sempre enfrentou companheiros de alto nível com exceção de kovaleine que era um merda mesmo.

        Curtir

      3. Eh verdade Troll Djow, por isso que a Mclaren, Honda e Ron Dennis, estavam ou estao buscando o Alonso, por que ele eh ruim.
        Pra vc eh claro que o Hamilton foi o unico responsavel pelo sucesso da Mercedes, ele nao esta tomando un couro do Rosberg.
        Acho o Hamilton um pilotasso como o Alonso e alguns outros poucos, mas por causa de alguns Mega Malas como vc e os seus amigos laranjas sempre fico feliz qdo ele toma no Chibs.

        Curtir

  2. Ju gostaria de saber se você comprou seu diploma de jornalista ou fez a faculdade por correspondência, eu nunca vi uma jornalista como você que so vive plagiando matérias traduzidas de outros sites, por que você não cria suas reportagens originais ao invés de ficar traduzindo e plagiando.

    Curtir

    1. Armando, por que você primeiro não aprende a escrever, pra depois tecer comentários babacas sobre o texto de outra pessoa?

      Cada imbecil que aparece…

      Curtir

    2. Armando acho que vc se confundiu, quem faz isso eh o pessoal do Grande Premio, melhor vc seguir o pessoal do ctrl v + ctrl c + traducion alla , aproveita e tenha um pouco mais de respeito as pessoas , se vc cita algo por favor diga onde esta o original.
      Vc tem nao eh amigo do Djow e do pessoal do Papaya Orange ?

      Curtir

  3. Caro Armando, imagino que vc não acompanha F-1, pois se conhecesse verdadeiramente o trabalho da Julianne, não seria tão grosseiro…liberdade de expressão é fundamental, mas educação também! Respeitar o próximo demonstra que gostamos de ser respeitados;-/

    Curtir

  4. Eu fico com o Armando esta matéria não tem nada de original, outra grande asneira é dizer que Newey estava desacreditado, o que sustenta este blog são o monte de leitores babacas que dão audiência a este monte de asneiras que esse monte de jornalistas brasileiros de quinta categoria dizem.
    Vou deixar um link de um blog de verdade que não tem imparcialidade e nem mentiras descaradas .
    http://amigosdavelocidade.uol.com.br/

    Curtir

      1. Como pode dizer tamanha besteira Alex, o grande problema do brasileiro é aceitar tudo que os outros dizem é ficam calados, TEO JOSÉ é o jornalista esportivo mais completo do brasil, só defende a verdade, você não sabe o tamanho da besteira que você falou.

        Curtir

      2. zapeando de passagem pelo UOL, nas matérias de F1, o único que vale a pena ler algo é o Livio Oricchio. Toda vez que parei para ler alguma matéria no blog do Teo Jose, só vi mais do mesmo, ctrl c ctrl v, dele ou de alguns que escrevem por ele. Não sei que primor de jornalista é esse, pelo menos no que diz respeito a F1, nunca vi nada razoável, respeito tua opinião, mas me reservo o direito de ficar com a minha.

        Curtir

  5. Djow, chamar as pessoas que discordam de vc de ‘babacas’ é digno de déspota, ora, estamos em um democracia, e a liberdade proposta por vc soa como libertinagem. Se vc gosta de ser chamado de babaca, é um problema seu, mas deveria ter mais educação e argumentos para negativar um trabalho, no mais, se nada aqui contribui para vc, o que faz aqui? Chamar atenção por sua grosseria e falta de respeito? Educação vale em qualquer lugar, seja na casa da mãe Joana ou em nosso lar. Acho que vc errou de esporte, pois aqui estamos discutindo civilizadamente F-1 e não futebol. Se nunca ti disseram isso, viemos do pó e voltaremos ao pó, ou seja, não compensa gastar nossas ínfimas vidas com tanta agressividade gratuíta! Passar bem!

    Curtir

  6. O Oeste Selvagem se modernizou e agora é na Internet, terra de ninguem, nego fala o que quer, escuta o que não quer e o debate civilizado sobre assuntos relacionados a F1, fica em segundo plano.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s