Confira o placar entre companheiros e as diferenças na classificação do GP do Japão

 

Vettel 6 a 9 Ricciardo
Hamilton 6 a 9 Rosberg
Alonso 13 a 2 Raikkonen
Grosjean 12 a 3 Maldonado
Button 6 a 9 Magnussen
Hulkenberg 10 a 5 Perez
Sutil 8 a 7 Gutierrez
Vergne 8 a 7 Kvyat
Massa 5 a 10 Bottas
Kobayashi 11 a 3 Ericsson
Bianchi 12 a 3 Chilton

Diferenças de hoje:

Ricciardo x Vettel: 0s357

Rosberg x Hamilton: 0s197

Alonso x Raikkonen: 0s808

Maldonado x Grosjean: 0s067

Magnussen x Button: 0s075

Perez x Hulkenberg: 0s010

Sutil x Gutierrez: 0s317

Vergne x Kvyat: 0s108

Bottas x Massa: 0s399

Ericsson x Kobayashi: 0s202

Bianchi x Chilton: 0s538

As diferenças são calculadas nas sessões em que o companheiro com classificação pior é eliminado e os placares contabilizam o resultado do treino, e não a posição de largada, que pode ser alterada devido a punições.

 

16 comentários sobre “Confira o placar entre companheiros e as diferenças na classificação do GP do Japão

  1. Nem vi o treino classificatorio, mas para o sacudão dado pelo “Vettel na Ferrada”, já pouco importa o que aconteça até o final dessa gozma de campeonato. Alonso na Mc Larem era esperado faz tempo, e de Livio Oricchio foi de quem li (há tempo já), suas observações sobre o porqué Vettel era candidato para cair em Maranello (Livio cravóu essa há uns dois meses atrás). Minha aposta era Hamilton, pelo desagrado que pode acontecer na Merdes, porém, ele não podia tomar essa decissão no meio da luta pelo campeonato, mas acredito que ele ainda vai dar um chute na mesa.
    Por outro lado, Quem duvida ainda que o Rosberg é “Bão”?, heim?? Quem disse eu?? Bater a Hamilton na pista de Susuka na classificação, mete um bozal de 2 decimas na boca dos seus detratores, e 9 a 6 no ano em classificação é para considerar. Não adianta dizer que malandragem no Monaco nem pegou fogo na alemanha, e bleblebleu, pq eu ainda posso dizer que 007 na Cingapura é para nem considerar. Nikole tem demostrado ser fera onde justamente Hamilton deveria masacralo: Na velocidade Pura, na volta lanzada de uma classificação. Levar 0.2 seg numa pista tão seletiva como Susuka, é mesmo um bozal.
    Ai fica isso!!

    Curtir

    1. O Rosberg tem se superado,no começo do ano quando o Hamilton ganhou quatro seguidas parecia que o ingles venceria facil essa disputa mas o Rosberg reagiu e entendeu que so teria chances se vencesse o Hamilton nos sabados tambem. O Prost disse que não acreditava que a disputa entre dois seria tão apertada como a que ele teve com o Senna,mas acho que esta ate mais ja que o frances não era pareo para o brasileiro nas classificações.

      Curtir

    2. Em briga de inhambu jacu não pia, hahaha, por isso prefiro aguardar a corrida de Suzuka para ver o que vai dar isso na pista, Bruz. Vem chuva, rsrsrs. . . Mas olha, é forçoso reconhecer (e isso eu faço há muitíssimo tempo) que Rosberg é um piloto muito forte, isso está à vista de todos, então se Lewis levar o título isso o engrandecerá ainda mais, a meu ver.

      Curtir

      1. Sei que para você não é forçoso nada, porque você sabe das coisas. O que sim é certo, é que até eu te acompanho na surpresa de ver a Rosberg na altura do Hamilton, que é um cara de velocidade extrema.
        Que venha esse toró, vai ver que de mais uma vez o surpreendente Ricciardo, para seguir beliscando aos poucos essa diferença. Não sei se você leu meus argumentos da outra vez, mas eu dei 10% de chances de levar o titulo no final. A chuvarada em Susuka pode ser parte dessa conspiração dos deuses do automovilismo.
        Boa corrida a todos.

        Curtir

      2. Bruz, há alguns posts atrás eu disse que pensava que era Hamilton quem detinha as chaves para a movimentação do mercado de pilotos, pois na minha visão Alonso ia esticar a corda até onde pudesse, aguardando uma eventual saída de Hamilton, para ficar com a sua vaga na Mercedes. Pois leia o que diz o link abaixo, que confirma a minha intuição e cria perspectivas para a sua, de que Hamilton poderia ir para a Ferrari, inclusive usando a mesma argumentação que você:
        http://motor.as.com/motor/2014/10/05/formula_1/1412464848_913217.html

        Curtir

      3. Grande Aucam! Estou atento a boa discussão, mas tenho um ponto de vista contrário. Sem fanatismo, colocaria Alonso no TOP 1, por milésimos de segundo e raciocínio, colocaria Hamilton no TOP 1.2 e Vettel no TOP 1.3. Veja bem, ambos no TOP 1, mas separados infimamente…colocaria Raikkonen e Button no TOP 2 e Rosberg, Massa e Ricciardo(tem que ser campeão) no TOP 3 e assim segue. Rosberg é um bom piloto, mas Hamilton é TOP, apesar de não ser completo como Alonso, e pra mim, o carro de outra categoria da Mercedes nivela a diferença do inglês e do alemão, nada pejorativo, mas assim é a vida, e pra mim, em uma disputa nesse nível comparativo, um piloto com menos recursos pode vencer um fora-de-série.

        Curtir

      4. Wagner, meu amigo, nem divergimos tanto assim em nossa visão das coisas. Você se situa dentro daquela margem mínima de variação em favor de Alonso, eu na de Hamilton e outros na de Vettel, pois por enquanto esses são os três grandes, pelo que já mostraram até aqui. Eu sempre disse que a ordem de grandeza varia ao gosto das características que cada aficionado valorizar mais, mantidas sempre as margens de diferenças quase infinitesimais entre eles em cada quesito de pilotagem a meu ver, posto que os três compartilham as grandes e necessárias qualidades que fazem um superpiloto, esta é a verdade, e não obstante as críticas que se possa ver ou fazer a cada um deles, afinal também são seres humanos. Não existem pilotos invencíveis, temos que ter isso em vista (e eu até já começava a acreditar que existem, vendo o alienígena Marques na MotoGP, mas ele já foi vencido duas vezes este ano, apesar de toda a sua genialidade, uma vez por Valentino, outra por Lorenzo). No entanto – concordando com você – tem gente se juntando a esse pequeno grupo dos Três Grandes e se fotografarmos o momento atual, na minha opinião os que vão aparecer na foto como os Cinco Grandes são – a ordem fica ao gosto de cada aficionado, por isso vou citá-los alfabeticamente – Alonso, Hamilton, Ricciardo, Rosberg e Vettel, pelo que já fizeram e pelo potencial do que ainda podem fazer. Com relação aos dois “newcomers”, ponho Ricciardo à frente de Rosberg, pois não tenho tanta certeza de que o alemão teria feito com uma Red Bull o que o australiano fez. Ricciardo tem sido muito brilhante depois que gritou SHAZAM! E ainda preciso ver Rosberg saindo do último lugar (como Hamilton) e chegando no pódio, o que vi este ano foi Nico saindo na pole e chegando em segundo, mas sem dúvida Nico é um grandíssimo e perigoso (no bom sentido) piloto.

        Mas e a saída de Alonso da Ferrari, hein? Vendo o final da corrida em Monza, o desencanto e o conformismo de Alonso, francamente ali me ocorreu que existe uma bela canção cuja letra reflete exatamente a situação a que ele e a Ferrari chegaram: FIM DE CASO, com a grande Dolores Duran, confira no Youtube. E dá uma olhada, caro Wagner, no link que estou postando abaixo, para um vídeo da apresentação do F14T, onde tudo ainda eram sonhos e esperanças que lentamente foram se esvaindo ao longo do ano, e que por fim se evanesceram diante da cruel realidade que culminou com a saída daqueles “stars” todos; ainda está sobrando (até quando?) um irreconhecível Raikkonen. . . Que final tão melancólico para aquela apresentação solene! Ainda por cima, a bela música do vídeo, épica, salvo engano meu, é da Two Steps from Hell, o que não poderia ser mais profético. . . Você ou alguém confirma de quem é realmente a música? Espero que esse divórcio Alonso x Ferrari ajude Vettel e a Ferrari a encontrarem um ambiente onde ambos, livre de pressões, possam encontrar um rumo que os leve a se reencontrarem com as suas próprias glórias. E vai ser interessante ver a reconciliação entre Alonso e Ron Dennis. . . Dizem as más línguas por aí que Dennis estaria até cogitando se afastar para deixar Alonso à vontade com Boullier. . .

        Forte abraço.

        Curtir

      5. Vou fazer uma correção: na realidade, o alienígena Marc Márquez já foi vencido 3 vezes este ano, esqueci a vitória do Pedrosa.

        Curtir

  2. Com relação aos treinos chama a atenção o massacre do Alonso no Raikkonen,13 a 2,a maior diferença e quase um segundo mais rapido. Sempre fui fã do Raikkonen e o achava melhor que o espanhol mas tenho que admitir que é vergonhoso e não tem muitas justificativas.

    Curtir

    1. Putz!! Vergonhoso é pouco Mauricio. O Homen de Gelo virou zumbí. Agora bem, Se essa nova diretiva da Ferrada teve o “tupé” de dar um chega pra lá no ladaino “español”, imagina o que estarão pensando em fazer com um improdutivo finlandes. Deu pena alheia ver as declarações do Kimi: “Eu tenho contrato, Eu tenho contrato” (soa a quem já esta de previo aviso).
      Acho que muita coisa pode acontecer. Até o Alonso ficar com o rabo entre as pernas na mesma Ferrada. Ai sim teriamos o grande tirateima do século… E eu iria de Seb.

      Curtir

      1. Bruz,com a imagem ja arranhada pelo Ricciardo o Vettel jamais iria para a Ferrari se arriscar, ainda mais ao lado do Alonso que sempre o menosprezou. A Ferrari deve aturar mais um ano com o Raikkonen porque dispensa-lo uma segunda vez antes do fim do contrato seria a humilhação das humilhações.

        Curtir

      2. Caro Mauricio, Eu acho que Vettel sim toparia um enfrentamento direto com Alonso. Todos eles não cabem na sua arrogancia, se não não seriam o que são. Sobre Kimi seria mais vergonhoso ainda, mas esses italianos não andam com romancismos. Agora bem, fora de que Vettel sai da RBR e que o Russo pega o lugar dele, o resto ainda é especulação, até a ida do Alonso para Mc Latas.
        Ha uma entrevista de Alonso hoje que deixa tudo em suspenso e aberto, leia ai http://www.caranddriverthef1.com/formula1/noticias/2014/10/04/97235-alonso-tranquilo-con-su-futuro-la-ficha-se-movera-cuando-yo-quiera
        Vai ver que ele na sua arrogancia também tope o enfrentamento direto com Seb, afinal de contas ele já esta na Ferrada, e eu vejo sim o Kimi sobrando.
        Que mais pode acontecer?? Não esqueçam do Groja. Dizem que Hulky vai para o WEC e Vergne vai para Force. Sainz afinal seria promovido pelas latinhas (ele realmente merece).
        Essa F1 é surpresiva ao ponto que promovem o Verstapen direto da F3, sendo que ai tem outro comeranho que faz o holandes comer poeira (Eu já tinha alertado sobre o fenomeno Ocom na F3). O que sim é certo, é que já ta tudo mundo esperando 2015 com renovada paixão. Sim Alex, eles conseguiram nos enrolar de novo, o que não é tam dificil quando se trata de uma velha paixão.

        Curtir

  3. Realmente o Rosberg tem feito mais do que se esperava. Lembro que no começo do ano quando disseram que essa disputa entre os dois seria parecida como a que houve entre Senna e Prost,o Prost disse que não achava isso, pois a disputa do Hamilton e Rosberg não seria tão equilibrada ja que o Hamilton era muito mais rapido. Mas agora acho que diferença entre eles seja ate menor do que entre Senna e o frances.

    Curtir

  4. Rosberg é o protagonista do ano, se fosse mediano a temporada já teria perdido a graça. Torcedor de Hamilton tem que levantar as mãos para o céu de Lewis pegar um adversário duro pela disputa do título, isso só valoriza o possível título do inglês. Pra mim, o primeiro título de Hamilton não convenceu! O inglês foi campeão(raspando em Interlagos), em cima de um piloto que nunca foi campeão, mas isso não foi o pior, Lewis foi muito irregular em 08. Em 2014 a história é diferente, Rosberg e Lewis pilotam um grande carro, mas também pilotam em alto nível, não devem nada aos grandes do passado. Os pilotos da Mercedes vem fazendo um campeonato impecável, quantas vezes Rosberg e Lewis erraram ao volante em 2014? Ok, teve aquele erro de Rosberg em SPA, mas aquilo foi erro ou malandragem? Pra quem viu as trapaças de Senna, Prost, Schumacher, Alonso e até Hamilton…Rosberg não pode ser satanizado. Um dos pontos altos da disputa Mansell x Piquet e Senna x Prost não era nem a disputa na pista, mas sim a grande inimizade fora dela.

    Em termos de performance, Rosberg esta fazendo o mesmo que Prost na Mclaren em 88, o francês liderou 90% do mundial, graças ao estilo “cerebral” também não jogava corrida fora por erros ao volante.

    Rosberg vem sendo constante como Prost, e ao contrário do francês vem dando muito trabalho em classificação. Prost não colocava como prioridade largar na pole, pra ele era importante estar na disputa pela vitória. Senna deu sorte do campeonato de 88 ser disputado com regra de ‘descartes’, na pista e nos resultados, Prost foi melhor que o brasileiro, basta observar a tabela. Me desculpem os torcedores de Senna, mas aquele título de 88, não convenceu, ficou meio artificial, ganho pelo regulamento.

    Prost sabia do ponto fraco de Senna, a famosa “afobação” nas corridas, isso ficou claro logo no GP de Mônaco 88, na reta final, outra trapalhada se Senna no GP da Itália. E o que dizer da temporada 89? Depois de mais uma pixotada do brasileiro no GP de Portugal(comprou briga com Mansell de bandeira preta), Prost disparou: “Ele é rápido mas erra, e quando errar, estarei por perto. Senna é muito rápido em classificação, mas em corrida nunca me impressionou, erra muito”. Senna era segundo na corrida, abandonou após uma batida com Mansell, mais uma vez, Prost faturava seis pontos chegando em segundo.

    Observe Rosberg, ele não joga corrida fora, se o carro não quebra, é mais uma pressão pra não errar na pista. Hamilton deu azar em abandonar por problemas mecânicos, mas isso também aconteceu com Rosberg, mas erros bizarros ao volante, não aconteceram esse ano.

    Senna por mais talentoso que era, tinha dia que dava show, mas tinha dia que fazia cada besteira(Galvão esculachou após bater com Mansell em Portugal-89).

    Senna fez 26 poles em 88/89, mas quantas corridas ele jogou fora por pura afobação? Mclaren mais uma vez era de longe o grande carro do ano, observe a tabela de 89, e veja quem mais mereceu o título. Prost já tinha dado “aula” em cima de Piquet e Mansell em 86, em 89 o “professor” repetia o feito em cima do seu maior rival.

    O estilo ‘veloz e arrojado’ de G.Villeneuve, Senna e Hamilton agrada mais os torcedores, mas isso não quer dizer que eles eram disparado os melhores da turma. Quantas poles tem Alonso na carreira? Qual piloto vem sendo apontado como o mais completo do grid desde a saída se Schumacher em 2006? Piloto vale pelo conjunto, uma coisa é “erguer” um time em baixa e chegar ao título, outra é mudar para um time pronto e ser campeão. Na era moderna da F-1(a partir de 1984), só vi isso acontecer com Lauda, Piquet, Prost, Schumacher e Alonso. Vettel também levou a RBR ao topo começando por baixo, mas sua geração vem sendo muito prejudicada pelos engenheiros de boxes, a FIA percebeu isso e já esta limitando conversas por rádio. Bom deixar claro, os pilotos não tem culpa, Vettel é um piloto fenomenal, é a categoria que tem que mudar, ficar mais simples. Diminuam 50% da eletrônica e aerodinâmica nos carros(se possível, acabem com túnel de vento na F-1). Comunicação de boxes, 80% por placas e 20 por rádio. Deixem a situação de pista nas mãos dos pilotos, cada estilo vai se impor na pista.

    Em 87, Mansell fez oito poles e venceu seis corrida, foi disparado o piloto mais agressivo e rápido do ano. Nem isso garantiu o título, Piquet foi campeão com apenas quatro poles e três vitórias.

    “Ahhh, mas o Piquet perdeu meio segundo após o acidente da Tamburello”.

    Papo furado, em 87 Piquet fez sua melhor temporada na F-1, sua maior arma sempre foi a regularidade, Piquet corria pra ser campeão, não ligava em dar show nas corridas. Sua melhor arma sempre foi a inteligência, Prost também aprendeu isso após um ano ao lado de Lauda!!!

    Observe os maiores campeões da F-1, eles ganharam muitos títulos mais pela inteligência que velocidade e arrojo, foi o caso de Piquet em 81, 83 e 87. Rosberg sabe que precisa sair com 15 pontos de vantagem após o GP Brasil, em condição normal, Mercedes faz dobradinha na decisão em Abu Dhabi, Nico só precisa chegar atrás de Lewis pra ser campeão. Aquele problema mecânico do alemão em Cingapura foi um grande golpe, mas Lewis também não merecia passar por tantos azares em 2014.

    Se Rosberg fosse brasileiro, Globo e Galvão estariam maravilhadom com os resultados: 1, 2, 2, 2, 2, 1, 2, 1, Ret, 1, 4, 2, 2, Ret

    Em termos de resultados, após 14 corridas, Rosberg deve alguma coisa a Senna e Prost em 88/89? Comparem as tabelas…esqueçam aquele piloto sem sal, Rosberg sendo campeão, a conquista vai ser em cima do veloz e arrojado Hamilton.

    Com um dos melhores carros de todos os tempos(e largando 13 vezes na pole), Senna fez um campeonato ridículo em 89, falo em termos de aproveitamento.

    Prost nunca foi piloto-show, mas foi o único a ganhar apelido de “professor” na F-1…com carro INFERIOR deu ‘aula’ em cima de Mansell e Piquet em 86. Com equipamento igual, repetiu o feito em cima de Senna em 89. Nenhum outro piloto repetiu isso nos anos 80. Não dá pra comparar estilo de pilotos, o que dá pra comparar é a eficiência de resultados.

    Quem leva vantagem, piloto de estilo veloz, preciso e cerebral ou veloz, arrojado e afobado?

    Geralmente, a inteligência faz a diferença…

    Curtir

    1. Marcelo você está sendo injusto com o Senna? você compara Senna chamando Senna de quebrador de carros com Nico Rosberg que para você é uma fada, no trato mecânico.

      São épocas diferentes, na época de Senna os carros quebravam muito mais porque não havia as regras atuais de durabilidade de motores, além disto na época de Senna o câmbio não era semiautomático que corta automaticamente o giro do motor evitando errar uma marcha, com isto os motores começaram a durar muito mais, é principalmente por causa deste câmbio que os carros de hoje quebram muito menos, na realidade Senna só teve acesso a esta tecnologia em meados de 1992, ele correu só 23 corridas com este câmbio. Outra coisa que o Senna não tinha era esta energia extra e a asa móvel que facilita muito as ultrapassagens, naquela épocas as ultrapassagens era na “marra” roda contra roda….dando muito mais acidente.

      É por isto que o Nico quebra muito pouco seus carros em 167 GPs ele abandonou apenas 29. Logo 17,8% de abandonos, aliás isto vale para todos os pilotos da F1 atual, os índices de quebras são baixos.

      Você deveria comparar o Senna que tem em 161 GPs 61 abandonos (37,8%) com o Pai do Nico, o Keke Rosberg que é da mesma época do Senna. O Keke em 114 GPs abandonou 57, (50% abandonos). Ou comparar com o Piquet em 204 GPs Piquet teve 86 (42,1% de abandonos) ou com o Lauda 80/171= 46,7% de abandonos. Mansell 48,4%.

      A única coisa que eu concordo com você é que o Prost é um piloto que é pouco quebrador ele em 199 GPs abandonou 59, logo um índice de apenas 29,6% excelente para épocas das caixas manuais…se bem que ele correu 3 anos com caixas semiautomáticas 1990, 1991 e 1993.

      Você tenta chamar o Senna de burro, mas os números mostram que ele não é, se ele fosse burro a Honda e a McLaren não iam preferir ele em relação a Prost.

      Curtir

  5. Minha querida Ju, nao sei se vc se lembra mas ha um tempo atras comentei aqui nesse blog discordando de todos que eram praticamente unamines em afirmar que em 2007 a Mclaren perdeu o campeonato com o melhor equipamento, eu disse veementemente que eles tinham os melhores pilotos do grid disparados por isso conseguiam em algumas pistas ,vantagem sobre as Ferrari, hoje podemos ter uma comparaçao exata disto, pois tanto Massa em 4 anos quanto kimi neste ano nao conseguiram andar na frente do espanhol uma corrida sequer com o mesmo equipamento, como andariam em sua frente como ocorreu diversas vezes em 2007, utilizando um equipamento inferior, na epoca me lembro que vc citou uma serie de fatores para defender sua tese, mas estou mencionando apenas um, o cronometro que provou durante todos esses anos que Hamilton e Alonso jamais teriam dificuldades de bater Massa e Kimi se tivessem um carro superior, nao podendo se dizer o mesmo em uma situaçao oposta , acredito que hoje vc possa concordar comigo mas caso contrario ainda continuarei te admirando como sempre, forte abraço minha querida

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s