Companheiros: o duelo que não existiu na Ferrari

Motor Racing - Formula One World Championship - Chinese Grand Prix - Race Day - Shanghai, China

Fernando Alonso

Kimi Raikkonen

Placar em classificações

16

3

Diferença média em classificações

-0s528

Posição média no grid

6,89

9,89

Placar em corridas

15

1

Posição média em corrida

5,4

9,1

Voltas à frente do companheiro

854

155

Pontos (% da pontuação do time)

161 (74,5%)

55 (25,4%)

O resultado em si não chega a surpreender, mas ninguém imaginava que Fernando Alonso passaria por cima de Kimi Raikkonen da forma como o espanhol fez. O inverso também é verdadeiro: vindo de dois anos competitivos na Lotus, o finlandês foi uma sombra de si mesmo por todo o ano, levando mais de 0s5 em classificação e, em média, 33s por corrida.

Os problemas de Kimi para se sentir à vontade com o carro foram bem documentados durante toda a temporada. Precisando ter a frente mais pregada para ter confiança em atacar as curvas, o finlandês simplesmente não teve armas para domar o difícil carro da Ferrari que, convenhamos, não ajudou nenhum dos dois ao longo do ano.

Essa dificuldade de adaptação não deveria ser surpresa para quem conhece a carreira de Kimi. O estilo particular (e limitado) do finlandês fez com que a McLaren desenvolvesse uma suspensão diferente para ele em relação ao companheiro Montoya em 2005 e fez com que sua performance despencasse em meados de 2008 após um update na suspensão da Ferrari. Outro fator com o qual o finlandês não conseguiu se adaptar foram os pneus mais duros distribuídos pela Pirelli a partir do GP da Hungria de 2013 – algo que, inclusive, ouvi do próprio piloto e, numericamente, faz sentido: depois de bater Kimi em classificação em apenas três oportunidades em 25 GPs entre 2012 e o começo de 2013, Grosjean foi melhor em quatro das últimas seis provas daquela temporada. E os pneus ficaram ainda mais duros neste ano, em que o finlandês levou 16 a 3 de Alonso. Mas há esperança em 2015, quando a Ferrari terá o primeiro projeto comandando pelo ex-Lotus James Allison e todas as demandas do finlandês em relação ao carro forem atendidas.

Mas só falar das dificuldades de Raikkonen desmerece seu companheiro. A capacidade de Alonso maximizar resultados ficou menos clara em meio às deficiências especialmente da unidade de potência ferrarista, que dificultava a defesa de posição, mas em termos de pilotagem esse talvez tenha sido seu melhor ano, terminando no top 5 oito vezes e cometendo pouquíssimos erros com um carro muito complicado. Uma pena que a reprovação de muitos ao fator extra-pista do espanhol atrapalhe a apreciação ao nível que ele vem atingindo ano após ano.

38 comentários sobre “Companheiros: o duelo que não existiu na Ferrari

  1. “Reprovacao de muitos ao fator extra pista”, Ju eu tenho curiosidade em saber e entender um pouco mais disso, vc poderia exemplificar?
    Sou fan do Alonso e da Ferrari e agora que o Espanhol foi para a Mclaren. Vou torcer por ele mais que nada para poder ter um otimo 2015 e seguir fazendo a diferenca.

    Qto ao Raikonen, eu strongly belivo, que ele vai dar pau no Fettel, posso ateh apostar e cobrar a aposta aqui no Mexico🙂

    Saludos

    FP

    Curtir

    1. Acho que o comentário do Eltontoptec já te responde. E para mim é curioso ver como este tipo de opinião aparece muito mais fora do que dentro do paddock (isso não é uma crítica, por favor, apenas uma observação).

      Curtir

      1. Obrigado pela resposta. Eu entendo que a F1 vive desde muito tempo dentro de uma cultura de negocios, mais como um mundo Corporativo onde nao ha mocinhos e soh bandidos.
        Eu queria entender por que uma empresa re contrataria um funcionario que deu um claro prejuizo a mesma, eh desagragador e nao trabalha em equipe, pior, como alguem com esse perfil consegue ser o trabalhador mais bem pago da mesma compania, mas como vc disse eh a minha opiniao, sem criticas, quem sabe o Alonso representa realmente o espirito da. Atual F1.

        Curtir

      2. E eu acho curioso como um piloto que não vence um campeonato há tanto tempo, apesar de ter claras chances, como em 2010, ser valorizado no paddock, como você relata.

        Curtir

      3. Eh verdade, o Alonso nao foi reconteatado pela Mclaren, que teve de pagar 100 milhoes de USD de multa em 2007 e foi excluida do campeonato de construtores por causa do Alonso e a Mclaren Honda nao vai pagar um Meha salario para ele apesar dele ter todas as piores carcteristas e ter ido sempre contra a equipe.
        Na verdade o Alonso vai correr na Marussia por que ele fez o time quebrar para poder correr la e ter o Briatore como chefe de equipe, vai levar a Pat Simonds, Domenicalli, Montezemolo e o Andrea Stella com ele.

        Curtir

  2. Bom dia Ju.

    Desde 2006 eu venho apreciando cada vez menos o espanhol, pela sua riquíssima trajetória de escândalos e polêmicas sempre negativas para o piloto e sua respectiva equipe.

    Eu pergunto a todos que aqui participam: quem é que gosta de um sujeito que prefere a sombra e o movimento de bastidor para acalentar seus (egocêntricos) interesses? Quem é que gosta de um delator (Mike Coughlan/Nigel Stepney)? A McLaren pagou trocentos milhões de multa pelo spygate porque o espanhol decidiu abrir a boquinha em troca de anistia. Se vc ou o Ico contratá-lo para escrever uma coluna no futuro, ele passaria o rodo no totalrace sem titubear se isso fosse bom para ele, como fez na Renault, Mclaren, Renault de novo e Ferrari e muito provavelmente na McLata de novo.

    Não, ele não é tão bom assim tbm, Vettel e Hamilton estão aí para atestar, Há menos tempo que o espanhol na F1 e com bem menos regalias um se igualou em títulos e superou-o em numero de vitórias enquanto o alemão lendário o obrigou a fazer análize até hoje, e toma livro de auto ajuda.

    Mas o pior defeito dele na minha opinião é nunca dividir os louros com seu time e sempre imputar a responsabilidade das falhas e fracassos somente a equipe, que se sacrifica o tempo todo para ouvir através da mídia os desaforos e desabafos da derrota cada vez mais frequente.

    Não dá pra torcer pra ele.

    Curtir

    1. Eltontoptec

      Posso falar por mim. Eu gosto muito e torço por esse piloto, pois vejo apenas nele e no Hamilton aquele algo a mais que separa os bons e excelentes pilotos dos gênios. Já achei isso do Vettel também, ainda acho, mas agora com um pouco menos de convicção. Vamos ver o que ele fará pela Ferrari.

      A F1 ao longo dos anos, com a mudança constante de regulamento, exigiu muita adaptação dos pilotos e os que se destacam acima dos outros, são os que sentam a bunda na barata e faz o que tem que fazer para extrair décimos a mais do que seus adversários, seja numa volta lançada, seja num ritmo de corrida, além da leitura da mesma e suas condições adversas.

      Esses “feitos” que repetem a exaustão acerca das atitudes pouco louváveis do Espanhol, eu pergunto: Todos sabem a história inteira, as causas, o desenrolar e o desfecho, ou apenas pegam pedaços da história e montam outra a seu bel prazer?

      Quem é que gosta de um delator (Mike Coughlan/Nigel Stepney)?

      Sim, o caso da espionagem…no final das contas foi bom ou foi ruim isso vir a tona? Uma pessoa que trabalha na Petrobras e sabe de diversos podres que deveriam vir a tona, deveria revelar ou ficar calado pra preservar seu emprego?

      “…ele passaria o rodo no totalrace sem titubear se isso fosse bom para ele, como fez na Renault”

      Qual rodo ele passou na Renault quando correu por lá? O que eu sei e que é fato registrado, é que ele deu um bicampeonato a essa equipe. Pergunto: Foi bom a Mclaren boicotar ele em prol do prata da casa em 2007? O título perdido para a rival Ferrari é a resposta para essa questão.

      “Não, ele não é tão bom assim tbm, Vettel e Hamilton estão aí para atestar.”

      Sim, eles de fato são mais bem sucedidos na carreira do que o Alonso, mas será que é correto afirmar que eles são melhores do que o Espanhol? Você realmente acha que ele não é tão bom assim? Será que todos os analistas esportivos especializados em F1 são completamentes ignorantes pois sempre aponta Alonso como o mais completo?

      “Mas o pior defeito dele na minha opinião é nunca dividir os louros com seu time.”

      Isso é tão exaustivamente repetido, que é aquela tal história da mentira que de tanto que é falada e repetida acaba virando uma verdade. Eu pelo menos me acostumei a ler e ouvir desse piloto nesses ultimos anos de Ferrari sempre elogios a equipe. Claro que ser duro e exigir melhoras também é papel de um piloto vencedor e isso ele realmente sempre fez, mas desmerecer a equipe não lembro de ter visto ou ouvido.

      Agora o que me causa estranheza é um piloto tão sujo e mal carater ser tão elogiado por ex-companheiros como Nelsinho Piquet e Felipe Massa. Realmente não entendo.

      Curtir

      1. Boa tarde grande Alex!!

        Minha opinião sobre Alonso, não tem embasamento, pois este que vos escreve jamais colocou o pé dentro de um autódromo, embora eu acompanhe a F1 desde 1980, o que não me credencia a opinar com propriedade. Mas, somente em 2014, ele levou uma porta fechada na cara da Red Bull (no ano passado tbm), da Mercedes e levou uma senhora bica de Mattiacci. Não me parece o tratamento adequado a última bolacha do paddock, alguma coisa não está batendo.

        Curtir

      2. Então, é mais ou menos o que a Ju escreveu ali em cima, que essa percepção do caráter duvidoso do Alonso é algo que é mais forte fora do paddock e que ali entre eles parece que a coisa é diferente.

        Duas equipes que ele defendeu abriram as portas para ele novamente (Renault e ao que tudo indica, Mclaren) e em relação a Red Bull, talvez a Ju possa confirmar, mas ele teve oportunidade de assinar com eles, mas preferiu ficar “temporariamente” na Renault porque tinha planos de assinar com a Ferrari.

        E depois da bem sucedida política de formação de pilotos da Red Bull, parece que contratar medalhões, por enquanto não faz parte da filosofia deles.

        Em relação ao Mattiacci, bom, a impressão que ele me passou nesses sete meses em que ficou a frente da Scuderia, é que era um peixe totalmente fora d’agua e deu no que deu.

        Mas respeito tua opinião e nessa vc não está sozinho, pelo contrário, vcs são a grande maioria. Alonso é um piloto que desperta muita antipatia.

        Quando comento que gosto do Alonso, com pessoas que não acompanham F1, eles torcem o nariz. Geralmente eles gostam do Hamilton (mais agora que ele está em evidência) e descem a lenha no Massa, fazendo uma paralelo com o Barrichello.

        Abraço amigo!

        Curtir

      3. A Renault abriu as portas de novo para ele por causa de seu mentor, Briatore, banido da F1, e todo mundo sabe por quê. A McLaren, agora, ficou em um beco sem saída. Se ele fosse assim tão rápido, teriam logo procurado-o em primeiro lugar, e a impressão que eu tive não foi essa.

        Curtir

    2. Morais, a McLaren já havia aberto as portas para a volta do espanhol desde o ano passado, ainda na época do Witmash. Faça uma procura e provavelmente encontrará declarações do inglês – ainda no ano passado – rasgando elogios a Alonso e dizendo que as portas de Woking estavam abertas para seu retorno mesmo após a turbulenta saída no final de 2007.

      Curtir

    1. Oi Ju, permita-me discordar mas isso é discurso de hater.
      Bem, Vettel foi delator do Testgate da Mercedes. Sim, Rosberg confidenciou algo ao Vettel que fofocou com Horner, que pressionou a FIA. Aí pode?
      Dois pesos e duas medidas?
      O Hamilton mesmo disse que só conseguiu acompanhar o Alonso em 2007 porque teve acesso a telemetria dele. Eu, se fosse o Alonso faria o mesmo. Piquet e Senna fizeram pior. E Schumacher, então?
      Alonso teve delação premiada? Acho que o amigo não entendeu direito o que se passou no caso da espionagem.
      Comparar Vettel com Alonso é covardia. Hamilton é um dos grandes, maior inglês da história.
      Alonso escolheu companheiro de equipe? Esse foi o Vettel, preteriu o Kimi e levou do Ricciardo.

      Curtir

    2. Sua opinião “Elton”.
      Sou um torcedor de Fernando Alonso pelo bom piloto que ele é. Que nunca desiste, e que nunca tem apagões como Kimi Raikkonen teve esse ano. E Vettel também, diga-se.

      Claro que vocês irão inventar um monte de batatas para justificar isso, como se a Red Bull não tenha tentado o ano inteiro tornar o carro do agrado de seu piloto. Apenas há coisas que às vezes não são tão fáceis assim de conseguir, e aí é a hora do piloto tentar fazer a diferença e isso nenhum dos atuais ferraristas fez.

      Curtir

  3. É claro que “El Rilipojas” não é santo que muita gente rece e muito menos faz milagres. mas uma coisa sim é certa: “O cara é um baita piloto” e o melhor de tudo, pega qualquer carrinho de rodinhas de aço e faz tudo o que pode para ganhar do resto.
    Eu acho que ele foi endeusado muito jovem ao ser campeão encima de nada menos que do Chumacão, mas depois vieram quase juntos dois grandes demonios, e justamente o demonio “negro” se atravessou na sua frente para tira-lo do serio.
    Este ano deu uma soba que poucos acreditavam sobre o homen de gelo (acho que falar em soba é pouco, mais bem foi uma masacre, um gore total). E isso deve deixar constanza de que Choronzo é duro na queda mesmo e se adapta ao carro tirando todo o que pode.
    Eu to botando fé nessa caranga McLatas-Honda, e o ovetense é o cara que poderá tirar proveito do que vier. Imaginem que de verdade se encontra no meio de um “Upgrade” comparado ao que tinha na Ferrada. Quem segura esse danado espanhol?

    Sim Aucam, não há nenhuma dúvida e não discuto a respeito. A Mercedes fez um excelente trabalho. Será que os Japos Também não podem?. O que eu coloco na mesa é esse ridiculo congelamento e sobretudo o “Script”.

    Curtir

  4. Mais que um Raio X, sua análise tem a precisão de uma ressonância magnética, Julianne.

    Ao meu amigo Bruz: ufa! Folgo em saber disso, que você – com a bagagem automobilística demonstrada em seus comentários – finalmente reconhece isso: o excelente trabalho que a MERCEDES fez! Depois disso, do alto da minha insignificância, já estou até “tentando influenciar” o Toto para ele concordar em descongelar os motores já para 2015!

    Curtir

    1. PS: Estou botando fé nos japoneses, creio que o conjunto todo é excelente – Promodrou, Alonso e Honda – e, com um pouco de otimismo, podem já fazer algo na linha que Ricciardo fez nesta temporada, tipo assim beliscar uma vitória, na segunda metade do campeonato, quem sabe?

      Curtir

  5. Julianne, os problemas de Raikkonen se resumem apenas a adaptação a dirigibilidade, ou ele seria parecido com o Vettel, anda bem apenas se tiver um carro espetacular?

    Curtir

    1. Não acho justo dizer que o Vettel só anda com carro espetacular. A Toro Rosso era um bom carro, mas não espetacular, por exemplo. Ele teve problemas de adaptação notadamente em 2012 e 2014 – em uma ocasião conseguiu trabalhar junto dos engenheiros para resolver, outra nem tanto, por uma série de fatores que têm a ver com a unidade de potência tb. E isso coincide com Raikkonen.

      Curtir

      1. Mas quanto ao Kimi, não me lembre de ele andar bem em um carro ruim. Talvez na Ferrari de 2009. Mas foram apenas algumas provas.

        Curtir

      2. A Lotus, por exemplo, não era um carro excepcional e ele foi muito constante e preciso, com 15 pódios em 2 anos.

        Curtir

      3. Eu penso é que por falta de referencia não ficamos sabendo quão bons esses carros da Lotus realmente foram. Ele tem o mérito da consistência, mas que dava pra mais, principalmente em 2013, dava.

        Curtir

  6. Tenho absoluta certeza que se derem exatamente o mesmo carro para Alonso Vettel e Hamilton o espanhol vence com folga pq tem mto maus talento que os dois apesar de achar o Hamilton um excelente piloto e ter certeza que ele está mto próximo ao nível do espanhol…já o vettel coitado tomaria uma surra daquelas disputando com o mesmo carro que o Alonso ele só venceu 4 títulos pq tinha um carro mto superior e um companheiro fraco…já o fato das coisas que o Alonso faz e fala fora da pista só mostra o qto ele é forte psicologicamente tbm fazendo tds as atenções ficarem nele… Apesar de nem sempre eu concordar com o que ele fala…

    Curtir

    1. com o mesmo carro é tudo que o Liws Hamilton quer, ele gosta da competitividade, desde que ela seja justa, sem ficar com aquela pulga atrás da orelha “vide 2014”. como tudo é uma questão de perspectiva, também tenho a “absoluta certeza” que Hamilton venceria o ao “duelo ou a disputa dos três”. analisando a carreira do moleque que estreou em 2007 ao Hamilton atual, apostaria sem medo, “R$: 1000,00” nessa disputa. vejam a largada do GP do Canada, o bicampeão, Alonso largando em 2º e de forma estabanada cometeu um erro foi lá fora do limite da pista e caiu para 3º. Hamilton permaneceu em 1º, nem parecia que era o primeiro ano na formula 1. e ainda leva a fama de não ter cabeça. Hamilton calou a boca de tanta gente, que eles ficam até com medo de argumentar qualquer coisa a seu respeito.

      Curtir

      1. Canadá?
        Então a carreira do cara se resume a má largada no Canadá, e a de Lewis a 07, 08 e 14?
        Francamente, viu…
        Mais parcial e simplista impossível.

        Curtir

  7. dennis 2010 e 2012 o carro num era tão espetacilar assim naum como vc fala, em 2010 vettel numca liderou o campeonato antes da prova final como ele teria o melhor carro e num esta na frente com sobras como fez quando teve 2011 e 2013 …olhar uma temporada ruim e já esquecer o q ele fez é bobagem , Alonso todo badalado teve o melhor carro em 2007 e o resultado foi perde para um estreante sem experiência,,,,eu hoje adoraria ver Alonso e Hamilton na mercedes com igualdade sem privilégios e Alonso tomando pau direto do negão ele iria chorar ate para o príncipe da espanha o rei e diabo a 7 rsrrsrsss

    Curtir

    1. Meu amigo Christian vejo sua defesa com relação ao Hamilton com bons olhos pois tbm o admiro mto e o acho um piloto espetacular como já disse anteriormente acho que ele está mto próximo do nível do Fernando mais com relação ao Vettel na minha opinião não passa de um piloto mediano e as temporada que vc citou em que ele teve dificuldades para ser campeão não que ele não tinha o melhor carro disparado é apenas pq a Ferrari tinha conseguido fazer um carro mediano para aquele ano pq se tivesse feito uma máquina como a red bul o Vettel não tinha se quer vencido corridas aquele ano…

      Curtir

      1. Dennis dizer q vettel é mediano é para eu rir nehhh dennis alonso tem 6 ou 7 anos a mas de f1 q vettel ,vettel ainda vai evoluir mas como piloto com carros ruins como hamilton evoluiu ele tb vai, der tempo ao tempo vai com calma e mp4 ja descreveu bem alonso ai nunca é ele sempre a equipe,ele chega em 2 tira leite de pedra chega em 10 o carro é ruim detalhe o mesmo carro ,,,nunca ele sempre os outros vamos q vamos hehehe

        Curtir

      2. Meu amigo para me convencer que o vettel não é mediano ele terá que tirar leite de pedra como o Lewis e o Fernando fazem qdo não têm o melhor carro…o próximo ano será perfeito pra ele poder provar isso pra mim e pra quase tds que acompanham a f1 e o acham mediano pq convenhamos dificilmente a Ferrari fará um carro excepcional já no próximo ano…

        Curtir

  8. Ju a expectativa que foi criada, quando da contratação do Kimi para ser companheiro do Alonso e o desfecho da temporada 2014, pode ser classificada como o maior anti-climax da F1 rssss.

    Entre as centenas de perguntas provocativas que seus colegas fizeram, tentando arrancar uma declaração polêmica do Asturiano, lembro bem de uma:

    “Você tem medo de perder a disputa para um piloto do calibre do Kimi Raikkonen”

    “Medo? não, não tenho! Eu sempre venci meus companheiros de equipe. Se o Kimi foi batido pelo Felipe e eu bati o Felipe, não tem porque eu ter medo do Kimi.”

    (adaptação livre, não lembro as palavras exatas :))

    Os números postados no quadro acima é o retrato do Massacre. Algo parecido como um Senna x Berger

    Curtir

      1. Terminar empatado em pontos (109 a 109) e em número de vitórias (4 a 4) e ficar atrás do Hamilton pelo numero de segundo lugares, chega até a ser uma proeza, pelo clima que a equipe Inglesa chegou e tendo Ron Dennis, naquela época team principal e acionista da equipe, como um dos principais desafetos.

        Alonso não ficou satisfeito com a forma que a Mclaren compartilhava seus acertos com Hamilton e declarou que a equipe favorecia o Inglês, já que ele percebeu logo que Hamilton era um piloto muito capaz e que o duelo interno seria duríssimo, já que o prodígio Ingles assombrou o mundo com nove pódios consecutivos, com duas vitórias (Can e EUA) nas nove primeiras corridas na sua carreira na F1.

        Curtir

  9. Confesso ter uma certa aversão ao piloto espanhol, e grande parte da minha antipatia é consequência dos fatos citados de forma simples porem bem detalhada no comentário do nosso amigo Eltontoptec.

    Alonso é considerado por boa parte da mídia especializada e por muitos fãs da formula 1 o piloto mais completo do grid, o único cara que consegue entregar resultados acima do que o carro lhe permite. Ok não vou entrar no mérito se ele é ou não o melhor piloto do grid (é melhor mexer em um vespeiro do que tocar neste assunto🙂 ) o que eu não entendo é o fato dele não gostar de dividir a equipe com um companheiro igualmente capaz.

    Quem acompanha a formula já a algum tempo sabe que o espanhol da ataques de pelanca (quem viu o filme as branquelas vai entender🙂 ) toda vez que é superado por um companheiro, se você se considera o melhor, tem que parti pro pau, não importa quem seja, tem que mostra que é o melhor na pista.

    Na minha humilde opinião, criamos uma série de mitos em cima do Alonso que acabaram atrapalhando a carreira do espanhol ao longo dos anos, mitos que afastam o espanhol da realidade e que o impedem de enxergar que ele também tem defeitos, assim como Vettel, Hamilton e tantos outros.

    Exemplos: *Alonso nunca vai ter um ano ruim na F1 (se ele chegar em quarto andou mais que o carro, se terminar a corrida em décimo é culpa do carro que não é bom e da equipe que não fez um bom trabalho)

    * A Ferrari nunca deu ao espanhol um carro capaz de leva-lo ao título ( em 2010 Alonso venceu 5 corridas a mesma quantidade do campeão Vettel, o carro não era um foguete, mais era confiável e rápido)

    * Alonso só tem dois títulos? É muito pouco pro seu enorme talento, a culpa é da formula 1 não dele ( aqui esquecemos de todas as intrigas, jogos políticos e decisões equivocadas do piloto)

    Enfim este é o meu ponto de vista, Alonso é um grande piloto não nego, um dos melhores ( talvez o melhor) da formula 1 atual, mais que infelizmente se afundou no seu próprio ego.

    Abraços…

    Curtir

  10. Segundo a revista Forbes atualizada dias atrás, Fernando Alonso possui uma fortuna estimada entre 100 à 150 milhões de euros, e assinou um acordo com a Mclaren de 35 milhões de euros anuais. Ele terá mais 105 milhões de euros até o termino do contrato. Tenho certeza absoluta que, o espanhol quando se aposentar com 36/37 anos, com uma fortuna entre 205 à 255 milhões de euros, irá se importar muito com os comentários de pessoas exemplares do tipo “desagregador, se afundou no próprio ego, mau caráter, egoísta, mentiroso e trapaceiro”… como se as pessoas que o julgam fossem exemplo para algo. São iguais ao espanhol ou pior, é só perguntar para um ex-chefe, uma ex namorada, um ex amigo e por aí vai…. com a diferença que é mais fácil pagar de santo fora do holofote e atrás de um teclado.

    Curtir

  11. O que eu acho é que o fator extra-pista pode explicar muito da diferença do desempenho na pista. Quando um piloto consegue fazer a equipe trabalhar em função dele é claro que a performance dele vai ser muito superior à do companheiro de equipe. Além disso, quando Alonso não conseguiu isso, na McLaren, levou calor de um Hamilton estreante. Na própria Benneton me lembro de Fisichella fazendo frente até o tal fator extra-pista entrar em ação …

    Curtir

  12. Acho que o lado pessoal do piloto deve ser analisado quando influencia diretamente dentro da pista, fora isso, Caras é o melhor remédio…nem tudo na vida e sim ou não, pois relativismos à parte, que me lembre Alonso e Hamiton terminaram o campeonato de 2007 com os mesmos 109 pontos, com a balança pendendo para o inglês nos critérios de quantidades de pódios, portanto dizer que o espanhol levou uma “surra” me parece exagerado, perdeu? Perdeu, mas me parece mais um empate técnico do que o contrário. Teve dificuldades com um estreante? Ora, qual o problema? Se Hamilton estava na categoria, tinha capacidade, além do fato que o debute do inglês perante o bicampeão espanhol me parece um comparativo enaltecendo a fraqueza de um e desmerecendo os títulos do outro. Concordo com o amigo Aucam, não existem pilotos imbatíveis, e quando personalizamos o que tem que ser impessoal, perdemos o melhor da categoria, que é a exuberância das pilotagens de Alonso, Vettel e Hamilton. Automobilismo sempre será um esporte onde a equipe faz a diferença, pois nenhum piloto concebe o carro, planeja, executa reparos, faz pit stops, enfim, essa história de piloto desagregador que não sabe incentivar uma equipe me parece tão rasa como uma disputa de 100 metros com Michael Phelps nadando em uma poça d’água…

    Curtir

  13. A F1 tem mostrado com cada vez mais frequência que as características do carro podem facilitar ou complicar a vida de um piloto. Não acredito que Raikkonen tenha desaprendido de um ano para outro, nem Vettel. É claro que os carros das equipes por onde Alonso passa são feitos sob medida para ele. Compreensível até. Mas também é claro que seus companheiros pagam caro por isso, uma vez que cada vez mais estilo de pilotagem e características do carro devem se combinar para que se possa competir no topo. Lembro quando Laffite saiu da Ligier, onde ia muito bem, para a Williams, onde foi muito mal, e vários casos de pilotos que se sobressaíam numa equipe e, quando mudavam, acabavam se dando mal. Capelli, Fisichella, Vettel, com a mudança de regulamento. Quanto a este ultimo, duvidar de sua alta capacidade é piada. Levou uma surra do Ricciardo este ano, assim como Raikkonen levou do Alonso, mas é injusto depreciá-los por isso e por uma única temporada. Em carros mais a seus estilos, com certeza voltarão a dar show. Assim como Alonso pode se dar mal se, por uma razão ou outra, não tiver nas mãos um carro como ele gosta, apesar de suas imensas qualidades.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s