Metas de Ano Novo

Motor Racing - Formula One World Championship - 2014 Abu Dhabi Grand Prix - Race Day - Yas Marina Circuit

Assim como muita gente gosta de fazer quando o Ano Novo se aproxima, a Fórmula 1 tinha lá suas metas no início de 2014. Quando decidi que hoje escreveria sobre as lições desta temporada, lembrei-me de uma lista que escrevera antes das luzes vermelhas se apagarem na Austrália e decidi checar se as previsões que fizera tinham realmente se concretizado.

O texto, de 12/03 (que pode ser conferido na íntegra neste link) apontava os motivos para não perder a temporada 2014 e os pontos que geravam dúvidas. E quase tudo acabou se confirmando. Ainda bem, contudo, que surgiram algumas surpresas no caminho.

Chacoalhão na relação de forças: “não estranhe se vir uma Force India confortavelmente na frente da Red Bull no GP da Austrália ou uma Williams, que ano passado suava para ficar no top 10, brigando por pódios”. A Red Bull acabou se recuperando ao longo do ano e foi a única a vencer corridas além da Mercedes, mas de fato teve um ano difícil, enquanto a Williams foi o time que mais cresceu de 2013 para cá.

Red Bull longe do topo: “Apesar da equipe ter condições de dar a volta por cima, não dá para saber quanto tempo isso vai demorar. Bom para vermos como Vettel vai se portar dentro e fora das pistas.” Nove meses depois, o então inquestionável alemão até que lidou muito bem com o ano difícil sob os holofotes, mas saiu de ‘casa’ por baixo, buscando escrever um novo capítulo de sua história na Ferrari.

Recomeço para Massa: “Massa tem tudo para conquistar, em 2014, seus melhores resultados desde 2008.” Na verdade, foi o melhor campeonato desde 2010, mas algumas situações que saíram de seu controle, especialmente em meados do ano, contribuíram para isso. O brasileiro começa 2015 com motivos reais para esperar ainda mais.

Alonso e Raikkonen sob o mesmo teto: “O nível de tensão vai depender das possibilidades ferraristas no campeonato, mas é certo que a dupla vai fazer bonito – e dar trabalho.” Essa foi a grande decepção do campeonato. Com a dificuldade de adaptação de Kimi, algo que não era esperado, o esperado duelo virou lavada.

Carros não serão mais à prova de balas: “As complicadas unidades de potência híbridas, com as quais as equipes têm pouquíssima experiência, vão jogar um tempero a mais de incerteza.” Claro que os prognósticos pessimistas de Christian Horner antes do início da temporada, de que poucos carros cruzariam a linha de chegada nas primeiras provas, não se concretizou, mas a (falta de) confiabilidade foi importantíssima na disputa do título, algo que não se via há algum tempo.

Ultrapassagens até o final: “Há diversos fatores que interferem no número de ultrapassagens, mas o que vimos nos últimos anos foi uma dificuldade de fazer manobras no final das provas devido à sujeira na pista, causada pelos chamados marbles (ou bolinhas de gude). Isso não deve ser um problema em 2014.” Realmente não foi, mas alguns dos fatores que vêm a seguir limitaram o efeito dos pneus.

O que pode dar errado

Dificuldade de leitura das corridas: “será que este carro está lento mesmo ou apenas poupando combustível?” A luz vermelha piscante utilizada quando um carro economizava combustível ajudou, mas é fato que ficamos à margem de muita coisa com que os pilotos tinham de lidar. Um exemplo é a disputa de posições pautada pela disponibilidade variável das fontes de energia elétrica/calorífica. Nesse sentido, os gráficos deixaram a desejar.

Disputas em banho-maria: “como este novo regulamento foca em eficiência, os carros terão de completar os GPs com cerca de 35% menos combustível. Isso significa uma necessidade de adaptação do estilo de pilotagem e em GPs mais estudados.” A necessidade de economia de combustível acabou não tendo um reflexo claro na maioria das provas. Mérito dos engenheiros no desenvolvimento das unidades de potência.

Diferença entre os motores grande demais: “pelo que vimos na pré-temporada, a Mercedes é a mais bem preparada entre as fornecedoras, com grande diferença em relação à Renault, que poucas vezes conseguiu fazer toda a unidade de potência funcionar. Isso gerou diferenças de mais de 20km/h nas retas nos testes, o que dividiria a F-1 em sub-categorias.” Isso só não aconteceu porque a aerodinâmica ainda se mostrou importante, mas em termos de campeonato, ter produzido a melhor unidade de potência “em casa” fez a diferença para a Mercedes.

As surpresas acabaram ficando no campo dos pilotos. Daniel Ricciardo deu um tempero inesperado com sua agressividade na pista e sorriso aberto fora dela. Valtteri Bottas confirmou sua consistência, premiada com seus seis pódios, enquanto Vettel e Raikkonen decepcionaram.

A hora é de fazer a listinha de metas para 2015. O que será que os próximos 12 meses nos reservarão?

6 comentários sobre “Metas de Ano Novo

  1. vamos lá aucam, bruz ,alex q anda muito sumido rsrs e os demais vamos palpitar antes rsrrsss parabéns JU belíssimo texto como sempre e um felizzzz ano novo pra vc e sua família cheio de realizações e muita paz e saúde…

    vamos lá meus palpites Hamilton tri campeão com 13 vitorias rsrsrss
    rosberg vice com 3 vitorias
    vettel vence uma com a Ferrari numa corrida loka rsrrsss
    Alonso e button sofrendo com a mclarem rsrrsss
    kvyat andando pau a pau com Ricardo nas corridas, nas classificações kvyat na frente
    Ricardo vence 1 corridas
    kvyat vence uma tb rsrss
    Alonso pede no duelo com button mas por pouco apertado rsrss
    massa na mesma com 500 desculpas rsrrss levando bo77ada de novo
    as forces índia na mesma duelando com a lótus q vai melhorar
    kimi perde o duelo pra vettel mas num vai ser como perdeu pra Alonso rsrss
    são apenas suposições srrssss quando começar os testes agente ver bem onde esta a mclarem honda, a lótus de mercedes, a Ferrari com 500 mudanças rsrss a willians e com certeza a mercedes mas forte ainda pq todos vao melhorar
    mas a mercedes tb… ai quando vemos os testes fazemos uma previs~~ao mas atualizada e antes do dia 15 do 3 de 2015 fazemos a previs~~ao q vai valer rsrsrrss

    desculpa a pontuaçao do português o note esta meio loko aperta uma coisa ta saindo outra o note é da esposa o meu caiu uma queda e quebrou a tela kkkkkkk fim de ano ta osso aucam aqui bateram no meu carro …quase perdi um dedo do pe numa topada violenta ,quebrou a tela do note e roubaram o celular do meu filho tudo isso entre dia 22 a 26 é mole esse natal rsrsrs

    Curtir

    1. Chrystian, meu caro amigo, um Feliz e Próspero Ano Novo para você e sua família, lamento pelos contratempos dos últimos dias e que em 2015 só ocorram coisas boas com você, para compensar.
      Gostei das suas previsões/expectativas, hahahaha, e que venha a próxima temporada com muitas emoções e adrenalina!
      Forte abraço.

      Curtir

  2. – A FERRARI VAI SURPREENDER COM UM CARRO MUITO RÁPIDO E EFICIENTE COM MUITA DURABILIDADE.

    – VETTEL BRIGARA PELO TITULO E SERA CAMPEÃO EM UMA DISPUTA APERTADA COM HAMILTON E ALONSO

    – ROSBERG BRIGARA PELO 4 LUGAR COM O KVYAT

    – KIMI SUPERARA ALONSO NO FIM E FICARA COM O 3ª LUGAR

    – MASSA TERMINARA O CAMPEONATO EM QUINTO

    – A FERRARI,RENAULT E HONDA FICARÃO MUITO PRÓXIMAS DA MERCEDES

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s