O GP mais importante do ano

Motor Racing - Formula One Testing - Test Two - Day 3 -  Barcelona, Spain

“Parece que, nestes momentos difíceis, essa é a única coisa sobre a qual eles conseguem concordar”. A reclamação de Sebastian Vettel sobre o veto às mudanças nos capacetes dos pilotos não poderia ser mais certeira. Há tempos muita gente vê o atual modelo de gestão da Fórmula 1 e a maneira arcaica como ela se promove como uma caminhada lenta e certeira para seu fim. Mas a falta de visão global e o excesso de acordos escusos emperra qualquer projeto de mudança.

Enquanto a categoria atravessa sérios problemas de distribuição de dinheiro e perda de audiência, os dirigentes ou fazem alterações esdrúxulas como esta dos capacetes ou tomam medidas desesperadas e sem planejamento, como aquela proibição dos rádios.  Outro exemplo é o plano de adotar motores de 1.000cv (por nenhum motivo específico, apenas pelo número, do qual as atuais unidades de potência já chegam bem perto, inclusive), jogando no lixo o que foi feito para reduzir o consumo de combustível.

E tem as faíscas também. Ao invés de planejar formas mais modernas de divulgação, os estudos focam em trazer de volta ao esporte os ‘efeitos pirotécnicos’ do passado.

Enquanto isso, assistimos à ‘nanificação’ de equipes do meio do pelotão e discutimos qual seria o número mínimo de carros do grid para cumprir os contratos com os organizadores dos GPs. Nada disso combina com o título de categoria máxima do automobilismo que a Fórmula 1 propagandeia com tanto orgulho.

Na temporada que se inicia neste final de semana, devemos ter mais um ano de domínio da Mercedes e uma disputa intensa entre um Lewis Hamilton por um lado embalado pelo título e especialmente pela segunda metade de 2014 irrepreensível, por outro vivendo o desafio de deixar fora da pista as questões de sua vida pessoal, algo que interferiu negativamente e positivamente no passado. E Nico Rosberg, que sempre se mostrou um piloto com ótima leitura para mudar sua abordagem para melhorar, tendo de encontrar formas de bater o companheiro em ritmo de corrida.

Além dos protagonistas máximos, a temporada tem outras ótimas histórias. A lua-de-mel entre Sebastian Vettel e Ferrari; a prometida volta de Kimi Raikkonen; o ano da confirmação das novidades do pelotão da frente, Valtteri Bottas e Daniel Ricciardo; a chance real de Massa voltar a vencer; o desafio da McLaren Honda; a estreia do adolescente Verstappen…

Mas é inegável o grande GP que a categoria disputa neste ano será fora da pista. Equipes como Force India, Lotus ou Sauber não vão se aguentar por muito tempo caso esse prova não termine com uma vitória para todos – ainda que alguns tenham que ceder.

23 comentários sobre “O GP mais importante do ano

  1. Uma caminhada que pra mim se desenha a galopes…

    Creio que as únicas boas medidas tomadas pela FIA foram o nao reabastecimento e o DRS, de resto tudo falho

    Julianne sabe dizer se ficou realmente confirmado o adiantamento de 30milhoes para a Force India , Lotus e Sauber pelo Bernie

    Curtir

    1. Existe a conversa de que houve essa proposta por parte de Ecclestone. Mas confirmação nesses casos é difícil. Aliás, essa falta de transparência é um dos fatores complicadores da atual gestão.

      Curtir

      1. Tbm existe uma dependencia de aprovaçao das demais equipes nao é ? seria isso que estaria “impacando ” esta confirmaçao ?

        Curtir

  2. um ano de muitas afirmações e sem sombra de duvidas ou rosberg muda sua abordagem ou será um passeio de Hamilton sobre rosberg, tipo vettel sobre webber 2013 e a emoção das corridas ficará no segundo pilotão willians ferraris e red bulls e lótus q acho q estará nesse bolo tb,,,

    Curtir

      1. Billy erros de português acontece principalmente digitando no celular, nem discuto F1 ate pq ninguem muda a opinião de ninguem, respeito todos e mesmo escrevendo segundo pilotão acho q deu pra entender o q eu quiz dizer. Mas vou voltar pra faculdade pra termina os estudos quem sabe aprendo a escrever 100% correto e assim vc possa entender.

        Curtir

      2. Chrystian, receba minha solidariedade. Gostei de sua resposta ao Billy: sóbria e educada, mantendo o altíssimo nível do Blog, que – além da competência e da imparcialidade da Julianne – tem como característica marcante o ótimo clima entre os comentaristas, mesmo que discordem entre si. Quanto ao Billy, realmente me surpreendi com o excesso gratuito dele, pois seus comentários – para além dos ótimos conhecimentos que ele tem – sempre primaram pela racionalidade e bom senso. Vamos considerar que foi um ponto fora da curva e seguir em frente mantendo o “padrão Julianne Cerasoli”, que é o mínimo que a blogueira merece da nossa parte.

        Curtir

      3. Fala Chrystian, nem esquenta. Comentários em um blog não é prova de redação para vestibular concorrido. Eu tb só percebo que escrevi algo errado depois de clicar no “enviar”, aí já elvis. O Importante é se fazer entender.

        Abs

        Curtir

      4. Grande Alex! Festejo a sua volta. Já estava preocupado que você estivesse em órbita de Fobos ou Deimos, voltando de Marte, rsrsrs. . . Ufa!
        Forte abraço.

        Curtir

      5. Obrigado pelas palavras gentis mestre aucam. Em 2015 eu estou preferindo mais ler do que comentar. Tem tanta gente boa escrevendo por aqui, que nem preciso acrescentar nada.

        Além é claro dos seus comentáros que é um post dentro do post da Julianne.

        Abração!

        Curtir

      6. Alex q bom velo de volta…estava sem net aqui na cidade desde de segunda passamos 26 horas sem energia e 40 sem net pense num troço ruim kkkkkk mas estamos ai nas expectativas para domingo hehe

        Curtir

  3. Resumidamente, observando estritamente o campo esportivo até que as coisas estão em ordem, mas no político, está terrível. A Ferrari por exemplo, nunca vai abrir mão do que tem em termos de direitos financeiros e de voto.

    Curtir

  4. Pode ser que o assunto do capacete tenha sido mal planteado Jú, porque da gestão da F1 se encarrega o tio Bernie, e a nova normativa que va contra do cambio de cores no capacete, é de uma dessas comições da F1 para assuntos estrategicos. Mas segundo tinha lido, ainda debe ser ratificada pelo Conselho Mundial da FIA, ou seja, ainda tem retazos para cortar. Digo tudo isso para que não confundan com o tio patinhas da F1. Estou curioso para ver que atitude vai tomar o Seb.V.

    Por outro lado, ainda acredito que McLaren e Ferrari serão mais competitivas do que tudo mundo espera. É claro que os ingleses ainda precissam se acertar com a engenhoca Honda, e os macarronis já anunciaram que virão para Australia com o setup “customer”. Ao que parece, aquele que provaram na Sauber que é mais consevador por uma questão de confiabilidade. Segundo De La Rosa, a Ferrari escondeu o jogo em Barcelona estando lastrada. Ahhh!, mais o renacer da Besta, dissem eles que será na europa. Mas a coisa pode não vir acontecer pelos 4 motorrecos que só poderão ser usados este ano. Pois é, esta porcaria de F1 “ecológica” e de pouco gasto, com equipes que levam até 24 caminhões e uma equipe de 200 pessoas para colocar na pista 2 pilotos. Uma porcaria hipocrita como foi bem falado pelo proprio tio Bernie.

    Acredito também na LOTUS, mas não vou dizer muito pelo mal que me dei no ano passado. Mas é mais fativel que a LOTUS ganhe uma a que o Lasanha volte ao alto do podium. E vamos observar bem o Bottas a ver se de verdade pode resolver na pista como pilotos dos boms, ou é só um desses cozinheiros de galos em banho de maria.

    Falando em cozinheiros, Cade Aucam? Sabia Aucam, que o Daily Mirror certificou que a Ferrari entrou em contato pelo menos duas veces com Hamilton no ano passado, oferecendo converti-lo no piloto melhor pago da F1?? Pois é, isso foi antes de Spa quando já o “amnesico” estaba de sobreaviso e antes de que o Vettel bate-se o martelo. Logo veio o acordo post Spa e a coisa ficou por ai. mas aqueles boatos que te falei do nego vestido de vermelho eram muito serios. Agora o Mirror rescatam a estoria por causa da pressão pela assinatura do novo contrato com Merdes. Será que Vettel não enfiou no seu contrato uma clausula contra o mulato??

    Por outro lado Aucam, o Ocon ainda não esta definido. E já ficam poucos e dos piores assentos nas categoria de base. Uma pena.

    Curtir

    1. Pois é amigo Bruz, não tinha visto essa notícia do Daily Mirror. Hoje abri os trabalhos mais tarde, mas já me deparo com esta notícia, de que a Ferrari está tentando seduzir Hamilton. Você não acredita no que eu lhe respondi há alguns posts, meu caro amigo, porém eu creio piamente que UM DOS MAIORES ENTRAVES que está havendo até aqui na renovação do contrato de LewIIs tem sido JUSTAMENTE essa questão do prazo. E isso é coisa séria, sabemos todos, nem precisamos debulhar o assunto. Mais de três anos deixa qualquer piloto refém de qualquer equipe. E algumas notícias dizem que a Mercedes está querendo 5 anos. A meu ver, no entanto, LewIIs está a um passo da renovação, porém por 3 anos.

      Agora, se for pra viajarmos “ligeiramente” na maionese, aí eu queria ver Hamilton x Vettel na Mercedes! Isso porque não faço muita fé na Ferrari como carro dominador/vencedor (pelo menos dentro do que vejo no horizonte, com esses atuais regulamentos – a Mercedes ainda vai dar as cartas neste e no próximo ano, no mais simples exercício de LÓGICA).

      Agora, veja essa declaração apimentada de Jacques Villeneuve sobre o “affair” Alonso (e continuam os bochinchos):

      “The wind? Come on, it also blows at Indianapolis when you’re doing 380kph.”

      http://www.gptoday.com/full_story/view/517115/There_is_something_hidden_nowrampant_doubts_about_Alonsos_strange_testing_crash/

      Bruz, será um absurdo se o Ocon não tiver um carro competitivo. Já perdemos Frijns e Calado, não dá pra perder Esteban Ocon!!!

      Curtir

      1. Vettel na mercedes acho dificil , mas naum impossivel, hamilton la na ferrari só se for um sonho dele tambem largar um foguete desses pra ir pra lá, mas acho q vettel num barrou o negão e entrave ta nisso q aucam falou a mercedes qier 5 anos e hamiltom 2 com prorrogativa pra mas 1,,, 5 anos é muito tempo e ele ja tem 30 quando terminar esse contrato estará com 31 mas 5 =36 anos e praticamente fim de carreira…e se ele sonha com a vermelinha como eu acretido q sonha ele so renovara por 3 ate pq se a honda daqui a 2 ou 3 anos acerta a mão ele volta pra mclarem pra detonar o ripijonas rsrsrs

        Curtir

      2. Pois é caro Aucam, só podemos nos remeter ao Generalissimo Francisco de Miranda: “Bochinche, Bochinche. Esta gente solo sabe hacer Bochinche”, heheheheehe. e Villeneuve vc sabe né. Dos mais feroses bochincheiros. Mas veja que o último que li hoje, vem de ninguem menos que de Lobato, que segundo teria dito Alonso. “Pode ser que não ouve choque eletrico, mas alguma coisa no carro quebrou”.
        Outro personagem que quer aportar neste “cojeculo” é o Briatore. De um modo mais comedido, disse o italiano que “Alonso perdeu um pouco de memoria durante 3 dias, o resto de que se achava em 1995 ou que falava italiano, é o mais puro sensacionalismo”. Todos sabem da grande amizade que une Fernando ao Flavio, por isso este se da o tupé de increpar a Ron Dennis para que esclareça a bagaça.
        Tem muita gente querendo pescar nesse rio baixinho, sobretudo aqueles detratores da tecnología hibryd, porque um falho com choque eletrico, deixaria inviavel seguir no seu uso.
        Pois é Aucam. Nesse jogo de interesses, sobra gente querendo fazer Bochinche.

        Eu já sou asiduo ao GPToday por indicação sua. Mas abro trabalhos dando uma olhada no Blog da Ju, e logo vou aqui:
        http://www.gpupdate.net/en/
        Tem tudo bem ordenadinho por datas, e escasa mas boa informação sobre as series menores. Se vc abrir por exemplo a GP3, na coluna da direita vai ter as equipes e quem são os pilotos.
        Na WS R-3.5 tem dois brazucas na Draco. O Bonifacio é Bom, vi ele ganhar na 2.0, e tem o Pietro Fantin que já vai para seu tercer ano na Draco.

        Fui atras do Twitter do Esteban e não diz nada há um bom tempo. Sei lá. Muito estranho. Se souver alguma novidade avisa.
        E a Manor hein? Ta “vendo” quem da mais, hahahahaaha. Parece que vai Roberto Merhi ou Leimer. #Daigual, hahahaaha. Faltan só 2 dias Aucam.

        Curtir

      3. É, meu caro Bruz. Será preciso uma trombeta muito poderosa para derrubar essa muralha de silêncio e contradições em torno de Alonso. Enquanto isso, bochinchos, bochinchos sem fim. Ou, por outra, talvez eles sejam dissipados na Malásia, com uma grande performance de Alonso e sua “eletrificada” (por muitíssimos) McLaren.

        Quanto ao GP Update.net , já o conhecia, é um dos blogs que eu sempre consulto e considero-o ótimo. Gosto também do http://www.planetf1.com/ (já votei no Hamilton para a Austrália, hahahaha). E veja lá no Planet F 1 como Vettel é o segundo mais votado para vencer até o momento em que escrevo, mais que Rosberg, de Mercedes. E não jogo, mas – para sentir o pulso e a temperatura das expectativas – também costumo consultar o sky bet (vou postar em separado, para não ser pego pelo fluxometro). Veja como Ricciardo também é bem cotado para o campeonato.

        Não tive a oportunidade de ver essa vitória do Bonifácio, mas confio na avaliação que você faz dele. Sobre o Pietro Fantin – do qual muita gente fala maravilhas – até aqui francamente ainda não consegui ver toda essa decantada excelência dele.

        Acho lamentável um Fabio Leimer – campeão da GP 2, muito rápido e extremamente combativo – mendigar uma vaga na Manor e ver um um Ericsson na Sauber, todo pimpão e lampeiro rsrsrs. . . Enfim, manda quem tem $$$$. São os tempos bicudos (não posso nem dizer de hoje, pois Stirling Moss já dizia em priscas eras que “pra correr, tem que ter em primeiro lugar uma boa conta bancária”).

        Curtir

      4. Ahh, que interesante, não conhecia esse Planetf1, só que não consegui fazer funcionar o arquivo. Já verei.

        Não tenho visto o Pietro fazer nada notable. E não que o Bonifacio tenha sido de ponta, mas em Spa fechando o campeonato o ano passado, fez 3° na primeira, sendo que o seu companheiro de equipe Olson ganhou. Na segunda souve aguentar o nordico e ganhou com certa autoridade. Foi uma bela corrida e vc sabe que Spa é um circuito diferenciado.
        Vai ser interessante ver os dois brazucas na mesma equipe.

        E sim Aucam: Valsecchi, Leimer, Palmer (Campeões a pé)
        Por outro lado: Magnussen, Sainz Jr, e agora é oficial: Roberto Merhi é piloto da “Menor”. Dois espanhois, 1° e 2° da WS R-3.5

        Curtir

  5. Onde há ser humano, sempre existirá erro e egocentrismo…as grandes equipes me parecem os senhores feudais, onde dividir não faz parte da conta. Os senhores presidentes das grandes equipes querem ganhar mais, nem que para isso exterminem os coadjuvantes. Discurso socialista? Não, realista.

    Curtir

  6. Excelente reflexão Julianne! Concordo em tudo e acredito que o domínio da Mercedes pode ser ainda maior do que foi no ano passado. O carro está mais confiável e a velocidade continua toda lá. Não me surpreenderia se a distancia para a segunda equipe ficar na casa de 1 seg. Acredito que para eles vai ser tranquilo cumprir a regra do limite de motores.

    E como vc disse, atrativos não faltam para a 65º temporada. Minha torcida é para que o Rosberg consiga oferecer resistência ao Hamilton para que tenhamos uma disputa pelo título. Temporadas como a de 92, 11 e 13 são um tédio.

    A parte a Mercedes, acho que teremos sim um grande campeonato entre Williams, Ferrari e Red Bull, e torcendo para a Mclaren chegar no bolo, o que no momento, parece bem difícil.

    E torcendo para o retorno do Alonso na Malásia.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s