Além das punições

Motor Racing - Formula One World Championship - Australian Grand Prix - Qualifying Day - Melbourne, Australia

Ninguém quer largar no fim do pelotão, isso é fato, mas os problemas de acumular partes da unidade de potência já descartadas ainda no início da temporada pode trazer consequências bem piores para as equipes. Especialmente os clientes de Renault e Honda.

É permitida a utilização de quatro unidades de cada um dos seis itens que compõem a unidade de potência e, ainda que haja a conversa para liberar uma quinta, a questão só deve ser analisada em meados de maio e enfrenta a resistência de clientes de Mercedes e Ferrari, que não querem ter mais custos com motores. É possível, ainda, que o aumento do limite só interfira na sexta-feira, uma vez que a grande preocupação é que os treinos livres fiquem ainda mais esvaziados simplesmente porque algumas equipes não terão motores para usar.

Enquanto uma decisão final não é tomada, os dois pilotos da McLaren e Daniel Ricciardo já estão no terceiro itens de três unidades. No caso do piloto da Red Bull, um motor foi trocado por precaução no final de semana da China e seria levado para análise em Paris, pois há a possibilidade de reutilizá-lo. Porém, não há tempo de levá-lo de volta ao Bahrein, então o australiano terá de estrear a terceira unidade de qualquer maneira.

E é importantíssimo que esses terceiros motores passem sem maiores problemas pelo Bahrein. Isso porque as fornecedoras ainda têm fichas para gastar em atualizações e, se conseguirem fazer isso na quarta unidade, podem conseguir uma durabilidade maior – além de mais rendimento, claro – e pelo menos adiarão o início das punições.

Caso contrário, de pouco adiantam os 12 tokens aos quais a Renault tem direito, contra 10 da Ferrari, 9 da Honda e 7 da Mercedes.

É de se esperar que a segunda homologação – ou seja, a utilização de parte destas fichas – aconteça em Barcelona, como será o caso dos demais fornecedores, mas Cyril Abiteboul fala em controlar os problemas até Mônaco, na etapa seguinte. Não está claro, portanto, se a Renault vai atualizar o motor até lá.

Não que estas atualizações não possam ser feitas depois. Será possível, por exemplo, gastar fichas para uma quinta ou sexta unidade. E a única punição seria a prevista pela troca da unidade. Porém, o estrago já terá sido feito: a cada atualização, o piloto terá de largar do fundo do grid.

Serão 10 posições perdidas no grid na primeira vez que a 5ª peça de qualquer um dos 6 itens da UP for usada, e mais 5 para os demais itens. No caso da 6ª peça, novamente o piloto perde 10 posições. Ao contrário do ano passado, a substituição da UP inteira faz o piloto largar em último ao invés dos boxes, e as penas não são cumulativas para o GP seguinte: se a posição na classificação não permitir que se pague a pena, uma punição por tempo será aplicada na corrida.

De qualquer forma, a atualização só é um alento caso a montadora saiba o que está fazendo os motores quebrarem tanto. E, nesse caso, a Honda tem vantagem em relação à Renault. Os problemas do MGU-K, por exemplo, foram compreendidos e não deram dor de cabeça na China. Veremos se sobrevivem ao Bahrein.

13 comentários sobre “Além das punições

  1. Acho muito esquisito a Renault ser a fornecedora que menos usou tokens para o desenvolvimento deste ano, e mais ainda a vontade de prorrogar o máximo que puder o uso das que restam. Os motores deles estão péssimos, não consigo entender o benefício disso.

    Curtir

  2. Acho que Renault e Honda, que devem ficar penduradas antes das outras duas, vivem situações distintas. A Renault não teve a competência de melhorar sua problemática UP após 1 ano. E deste modo não dá esperanças da RedBull brigar pelo título tão cedo. Já a Honda, tem o atenuante de ser seu primeiro ano e pode,mesmo com as punições desenvolver bem sua UP para ser competitiva ano que vem. Mas também se esperavam mais dos japoneses.
    Ju no caso do Verstapen, que “estourou”o motor, ele perde todos os componentes desta UP ou deve dar para salvar alguma parte. Ou dá para consertar tudo?

    Curtir

  3. Ju, no caso da Honda, a questa da unidade de potência e só falta de confiabilidade por pouco tempo de pista, ou houve um erro de concepção tal qual a Ferrari ano passado ? Você havia abordado em outro post que eles seguiram um “caminho” diferente na construção da unidade. Pode ser isso ?

    Curtir

    1. Pelo que o Alonso falou ontem, ainda é cedo para determinar isso. Primeiro, eles precisam andar e entender o funcionamento do motor e sua interação com o carro. Mas pela evolução que vêm tendo não acredito que haja algum problema fundamental.

      Curtir

  4. Julianne por que vc esta barrando meus comentários, ja mandei varios e não aparecem. Eu não sei qual o critério que vc usa para moderar seus comentários.

    Curtir

    1. Vários comentários estão sendo barrados sem motivo aparente, provavelmente o problema é do wordpress. Vamos ver se isso se normaliza nesse final de semana.

      Curtir

  5. Agora apareceu, mas eu mandei vários, eu não gosto de usar nicks ou trollar, gosto de ter indentidade, por isto só uso meu verdadeiro nome.
    Respeito muito e admiro seu site, tanto que sempre faço questão de postar um link em varios sites onde passo.
    Uma vez me disseram para mudar o nick e o email, mas eu não gosto de me esconder atraz de trolls como muitos fazem.

    Curtir

  6. Aparece a seguinte mensagem algumas vezes.

    The server encountered an internal
    error or misconfiguration and was
    unable to complete your request.
    Please contact the server
    administrator,
    parceiros@corp.terra.com.br and
    inform them of the time the error
    occurred, and anything you might
    have done that may have caused
    the error.
    More information about this error
    may be available in the server error
    log.

    Curtir

  7. “E é importantíssimo que esses terceiros motores passem sem maiores problemas pelo Bahrein.”

    E o Ricciardo perdeu o motor inteiro hoje?

    Curtir

    1. Não necessariamente. Devem retornar o motor a Paris para ver se dá para salvar algo. Saberemos quando os carros passarem pela inspeção em Barcelona.

      Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s