Um novo começo

20150606_121425

Foi em um GP do Canadá que publiquei meus primeiros textos no blog, em 2010. Na época, já era jornalista esportiva, mas faltava algo para completar um sonho que não consigo precisar quando começou. Minha história com as corridas remete à primeira infância, acompanhando meu pai nas manhãs de domingo. Sabe-se lá por que, nestas manhãs que nasceram duas certezas: queria ser jornalista. E trabalhar com Fórmula 1.

Os caminhos profissionais foram me levando para outras áreas. Corrida de rua, musculação, fitness, edição de jornais. Até que vi que deveria dar o primeiro passo para chegar onde queria. Lá se foram algumas semanas tentando entender que tipo de texto estava faltando entre os blogs brasileiros – e o que eu poderia fazer de relevante olhando de fora, sem cobrir as corridas.

Foi então que surgiu o Faster F1, sempre com a proposta de se basear em dados e explorar a complexidade desta categoria cheia de nuances técnicas, políticas e, por duas horas no domingo, como diria Frank Williams, esportivas.

Não demorou – para minha surpresa – para os textos chamarem a atenção. Em novembro, Ico me convidou para escrever no blog dele. Lembro até hoje da minha felicidade e de como as palavras vinham naturalmente, como se estivessem esperando a vida toda por aquele momento. Logo veio o convite para fazer parte do TotalRace e a chance de trabalhar profissionalmente com minha paixão.

De lá para cá, foram quatro anos de crescimento profissional, vendo o site começar do zero e ganhar credibilidade inclusive junto à mídia internacional. Não foram poucas as vezes que nossas informações foram reproduzidas por veículos importantes, uma visibilidade que culminou com a escolha do site como a base brasileira do Motorsport.com.

Pessoalmente, também foi um período especial. Em setembro de 2011, cobri um GP de Fórmula 1 in loco pela primeira vez, e logo em Monza. Nos anos seguintes, a ‘coleção’ de corridas foi aumentando, uma bagagem importantíssima para compreender um esporte tão complexo.

No começo deste ano, chegou o momento de respirar novos ares, no UOL, onde venho publicando minhas matérias desde março. Deixei a redação do TotalRace, mas não o blog, tendo a chance de conversar com dois públicos diferentes,uma experiência (mais uma) valiosíssima.

Foram alguns meses de transição até que esperei um novo GP do Canadá para recomeçar. Um blog independente, com a minha cara, no qual espero que possamos trocar muitas ideias – neste espaço, no Facebook, no Twitter. Seja qual for o endereço, a ideia é sempre a mesma: sintam-se em casa.

16 comentários sobre “Um novo começo

  1. grande Julianne, que tenha sucesso nessa nova jornada. vi a entrevista com Felipe massa no sitio do UOL, percebesse que é uma grande profissional naquilo que faz e humilde e sempre evoluindo. parabéns pelo seu trabalho.

    Curtir

  2. Desde de quando conheci o totalrace fiquei fã dos seus textos. Como apaixonado por F1 era o que eu procurava. Visita rei diariamente seu site.
    Felicidades em sua nova casa, que agora é sua.

    Curtir

  3. Muito sucesso nesta nova fase. Continue com o seu estilo de ver as corridas, sem firulas, passando para nós, seus leitores, o que pouca gente vê.

    Curtir

  4. Parabéns pelo novo endereço. E que traga junto as comparações entre as tvs do mundo da F1 e também o credencial junto com o Ico.
    Boa sorte e estarei acompanhando um dos melhores jornalista esportivo do mundo da F1, e que neste caso é uma mulher.

    Curtir

  5. Julianne, também não sei bem em que domingo esses sonhos se formaram, mas é muito gratificante ver o que você tem feito com ele, curva a curva. Mais uma boa largada! O novo espaço ficou lindo. E a pista, está logo ali, convidando a acelerar. E a gente vai seguindo seus caminhos…

    Curtir

  6. Oi Ju! Felicidades onde estiver, mas sejamos sinceros, está difícil segui-la, ora, a senhorita está muito Faster, kkkkk, continue brilhando!!!

    Curtir

  7. JuCera, a melhor!!!
    Não precisa nem pedir. É um prazer prestigiar uma pessoa tão competente como você.
    E não é puxação de saco, não. É imparcialidade total. Informações através de fatos e dados.
    Já falei e repito. Seu lugar é na Globo com um salarião. Quem sabe um dia a emissora acorde.
    Só que tem um inconveniente. Terá que aturar meus comentários nem sempre imparciais, afinal, muita gente sabe que torço para Lewis.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s