Queimando a largada

image2.img.640.medium

Grande parte da mídia inglesa funciona de forma curiosa na Fórmula 1. Em uma disputa como a da Mercedes, por exemplo, quando o britânico da vez vence, não há muito o que explicar. Quando ele perde, é porque há alguma história por trás.

O britânico da vez, claro, é Lewis Hamilton, que posa de ‘piloto só com o coração’, mas que mostrou inúmeras vezes que, de bobo, não tem nada. Tanto que, depois de um final de semana no qual poderia ser bastante criticado pelas inúmeras saídas de pista – inclusive uma que saiu barato, na classificação – um ritmo inferior a Nico Rosberg e uma falha incomum na saída dos boxes, jogou a isca para seus compatriotas: não está feliz com mudanças que a Mercedes fez na configuração de largada de seu carro.

A alteração foi feita antes do GP da Espanha. Foi um retorno ao que era usado na temporada 2014 por uma questão de confiança de que as largadas seriam boas. A configuração das primeiras provas de 2015 não apresentada dados tão constantes, de acordo com a equipe.

Na Áustria, foi a primeira vez que Hamilton perdeu uma posição na largada desde então. Contudo, por uma série de fatores, o inglês foi batido por Rosberg em três das últimas quatro corridas. “Eu fiz tudo o que podia, mas a embreagem continua com um rendimento ruim. Meu lado do box tem de trabalhar isso.”

Na Fórmula 1 atual, há pouco para o piloto fazer a respeito das largadas. O carro tem duas embreagens, localizadas no volante: a primeira, o piloto solta imediatamente após as luzes se apagarem. A segunda, vai controlando lentamente. No pedal, utiliza-se a revolução prevista pelos engenheiros, em uma operação que começa ainda na sexta-feira, quando se iniciam os treinos de largada tanto na saída dos boxes, quanto no próprio grid. O papel do piloto, basicamente, é respeitar as configurações e ter um tempo de reação rápido.

“Desde que mudaram a configuração eu venho tendo largadas ruins. Nico estava tendo largadas ruins, mas eles mudaram tudo e agora as dele estão boas e as minhas, ruins”, disse Hamilton após o GP da Áustria, quando, segundo ele, tirou o pé do acelerador e as revoluções não abaixaram, fazendo com que o carro derrapasse nos primeiros metros e permitindo a ultrapassagem do companheiro.

Como há quem acredite que a Mercedes lida com seus pilotos como se fossem fantoches, para dar emoção ao campeonato, tamanha sua superioridade, certamente a história vai render. Se o fantasma de Hamilton ano passado – que, inclusive, começaram a aparecer nesta fase do campeonato – foram as classificações, agora serão suas largadas que serão inspecionadas minusciosamente. Principalmente se Rosberg voltar a vencer.

20 comentários sobre “Queimando a largada

  1. Éh isto aí Hamilton! O Nico não éh mais piloto que você nem aqui e nem em Jupiter!!!! Se você não reclamar que algo em teu carro esta lhe “roubando” performance, quem éh que vai reclamar? Tem que tá de olho mesmo porque ano passado, foram muito as “coincidências” que só o carro 44 sofria. Portanto quem não chora não mama! Eu no lugar dele faria o mesmo!

    Curtir

    1. Se o Rosberg é mais piloto do que o Hamilton aqui (no meu caso Brasil), saberemos em novembro, em Jupiter, nunca saberemos, mas nessa temporada ele foi mais piloto do que o Hamilton na Espanha e na Austria. Simples assim!

      Curtir

      1. Que você éh um torcedor-incondicional do Rosberguinho isto éh mais que evidente! Más se você éh mesmo este “expert” que tanto tenta demonstrar, você há de admitir que o Rosberguinho não tem e, nunca terá talento pra ganhar do Hamilton. E se tudo correr na sua normalidade, você verá o Seu-Amilton será tri-campeão em Abu Dahbi em novembro!

        Curtir

      2. Verdade Alex o lewis esse fim de senama e em barcelona esta irreconhecivel um abraço amigo, e cade o resto da galera em? Power o bruz o aucam e tantos outros cade essa turma estas por onde?

        Curtir

      3. Fala Chrystian ! A rapaziada anda por aqui mesmo, mais lendo do que comentando eu acho. O Bruz acho que não gostou de levar um puxãozinho na orelha de leve da Ju e nunca mais comentou. Isso também pode ser reflexo da temporada que pelas primeiras corridas, parecia que o Hamilton iria nadar de braçada, já que o Rosberg não reagia.

        Mas eu não me iludo por enquanto achando que ainda teremos um campeonato, pois o Hamilton pode a qualquer momento, emplacar uma sequencia de vitórias e acabar com a graça de novo.

        Só acho uma pena que pilotos como Vettel e Alonso não tenham ainda equipamento para disputarem com o Hamilton e termos um campeonato eletrizante como foi o de 2010. É um desperdício essa geração tão boa e tão poucos duelos. Alonso pode a qualquer momento entrar na curva descendente, tal qual o Kimi.

        Apesar de tudo, após a era Schumacher, ainda tivemos bons duelos em 2007, 2008, 2010, 2012 e 2014.

        Mas uma boa disputa entre Hamilton x Alonso x Vettel só foi em 2010.

        Abraço!

        Curtir

    2. Óbvio que o Hamilton é melhor piloto que o Nico, mas isso em nenhum momento tira o mérito dele de conseguir andar na frente do Lewis em alguns momentos. Pelo contrário, só maximiza a performance dele.

      Todo ano tem teoria da conspiração rolando e o Lewis reclama demais quando as coisas não vão bem pro lado dele.

      Não vai ser sempre que vai andar na frente e tem que saber lidar com isso, até porque a tendência é ele, mesmo perdendo algumas, continuar sendo mais eficiente que o Nico e conquistando o título…

      Curtir

  2. Pois agora Jú. Estaria o inglês realmente chorando, ou tem caroço nesse angu? Se o piloto não puder sequer escolher o setup de ajustes que melhor lhe convenha, aí tem que realmente tirar os caras do assento e colocar um robozinho ali. Não entendo porque os carros teriam de ser iguais nesses parâmetros. Essas paradas de ajustes de freio, embreagem… Deveriam ser do gosto de cada piloto.
    Não saberemos até que ponto é verdade ou choradeira, mas, se fossem regulagens escolhidas por ele, ele não estaria reclamando!!!

    Curtir

    1. Opa, não acredita que estejam conspirando contra o Hamilton não. Só penso que essa coisa de ajuste deveria poder ser diferente em cada carro, ao gosto do piloto. Só não sei se é contra as regras. Ai rala tudo, porque cada piloto gosta de uma maneira e sempre vai ficar melhor pra um que para o outro.
      O que eu sei é que os comandos na direção são diferentes, ao gosto do piloto, Mas o resto só dona Julianne pra nos dar uma luz.

      Curtir

    1. Kkkkk todos tem mimimi , 3×1 nas ultimas quatro foi demais pro negão começou o mimimi… teve 70 voltas pra passar e num fez nada ai reclama de embreagem ? Fala serio….se perde em silveston na casa dele vai dar chilique rsrsrs

      Curtir

  3. O Rosberg foi superior todo o fim de semana. Só não foi pole porque também errou. Se o problema foi só a largada, deveria ter ido para cima e passado, como no ano anterior.
    Agora se a teoria que a Mercedes define quem ganha é verdadeira, esse ano deve ganhar o Rosberg.

    Curtir

  4. E ele tem toda razão, Compare as largadas antes e depois. Só não perdeu a ponta em Monaco e Canada pois o espaço até a primeira curva era muito curto, E essa história de 3×1 é vergonhosa, Rosberg tava tomando uma piaba de 20 segundos em Monaco (que se fosse o Alonso que tivesse feito, meu deus o mundo tava acabando-se em elogios) até a cagada da Mercedes, Agora, como o próprio Hamilton reconheceu, o Rosberg foi melhor na Espanha e Austria. Só. A diferença não está em 20 pontos por causa da equipe.

    Curtir

  5. Fala Crystian, tô aqui. Na minha opinião, mesmo que o Rosberg for campeão. O Lewis é mais piloto. Lewis perdeu pra Button um determinado ano em pontos, não em espetáculos.

    Tanto é que ninguém correu atrás de Button oferecendo contrato milionário. Até a Ferrari foi atrás pra tirar o cara da Mercedes. Porque será?

    Matematicamente, até o massa pode ser campeão em cima de Lewis…….

    Curtir

    1. Logico q piloto o negão é ben mas piloto, mas se perde pro mediano rosberg vai ser um mimimi q num tem quem aguente rsrsrsrs so queria que a ferrari melhorasse mas um pouquinho pro betão se meter de vez ali no meio e embaralhar a disputa dos 2 da prateada rsrsrs um abraço amigo.

      Curtir

  6. quer dizer, que Hamilton não pode reclamar de algo no seu carro devido a mudança de configuração de largada, logo é choro. acabei de ler uma matéria de um RL que tem mais de 100 anos de F1, experiência que não falta e ainda acusa o piloto de instável mentalmente. porque Hamilton questionava a pergunta de Gerhard Berger sobre a vitória de Rosberg. é só o Hamilton deixar de ganha algum GP que vem com esse papo de choro, reclamão, muito fácil apontar o dedo quando se analisa as coisas externamente..

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s