Dez segundos

1892210-39840040-2560-1440

Os chefes de equipe e engenheiros bem que estavam curiosos para saber qual seria a pena por uma ajudinha para o piloto via rádio. Afinal, um dos pontos nebulosos da regra da mordaça era justamente qual o custo de dizer ao piloto o que ele está fazendo de errado.

Por conta disso, a própria Mercedes e a Force India arriscaram deixar seus pilotos terem falhas de freios no GP da Áustria, algo que custou caro para Sergio Perez, que acabou no muro na última volta. Será que se o time soubesse que a pena é de 10s a história seria diferente?

Escrevo estas linhas assim que a Mercedes divulga que vai apelar da decisão, mas é de se pensar se a punição dada a Nico Rosberg em Silverstone – não por ter sido avisado de uma falha que poderia ter sido terminal, mas por ter recebido instruções de como proceder, que fique claro – não vai entrar na equação quando os times estiverem em situação semelhante. Sim, especialmente para um time como a Mercedes, que costuma administrar vantagens consideráveis durante as corridas, podem haver situações em que será bem mais vantajoso passar a informação e levar a pena do que arriscar que as coisas saiam dos trilhos.

E uma restrição tão abrangente para um carro tão complexo vai perdendo [o que restava de] seu sentido.

Mas, pelo menos neste final de semana em Silverstone, Nico Rosberg poderia ter toda a informação do mundo que parecia ser totalmente incapaz de bater um Lewis Hamilton esbanjando confiança. Não existe nada mais difícil do que bater um piloto que não erra: você faz seu melhor, olha para a tabela de tempos, e ainda está atrás. O tricampeão está longe de ser essa máquina imbatível neste ano mas, pelo menos na décima etapa do campeonato, foi.

Agora, tem tudo para levar essa confiança para outro território em que costuma ser imbatível: Hungaroring. Salvo problemas técnicos, seria muito surpreendente se Hamilton não saísse com 25 pontos do GP da Hungria e, assim, tomasse pela primeira vez a liderança do campeonato, começando a cultivar uma ‘gordurinha’ importante antes de começar a sofrer punições pelas trocas de unidade de potência que virão na segunda metade do campeonato.

Sob condições de pista difíceis, vimos alguns jovens pilotos mostrando serviço. O mais óbvio foi Verstappen, aproveitando-se do ótimo ritmo que a Red Bull, por ser um carro com muito arrasto, tem neste tipo de condição, mas também segurando o carro na pista mesmo andando forte – e passando Nico Rosberg em uma das melhores manobras do ano por fora.

Mesmo sem o benefício de um carro tão equilibrado, Carlos Sainz fez outra corrida competente, mais uma vez arrasando Danill Kvyat e comprovando que a disputa interna na Toro Rosso tinha um nível bem alto.

Outro que repetiu o bom desempenho das últimas corridas, notabilizando-se pelo uso racional dos pneus, foi Felipe Nasr que, como bem definiu após a prova, cumpriu sua missão ao superar as rivais diretas da Sauber, Manor e Renault, e ainda chegar na frente da Haas de Gutierrez, muito em função de decisões acertadas nas duas paradas de pneus.

Por outro lado, Williams e Ferrari ficaram devendo – e tudo leva a crer que pelo mesmo motivo. O aumento agressivo do limite mínimo da pressão de pneus determinado pela Pirelli alterou a maneira dos pneus funcionarem e escancara ainda mais os problemas de falta de pressão aerodinâmica, que estão presentes nos dois carros. E, como o próprio circuito de Silverstone costuma punir que não consegue grudar o carro no chão nas curvas, isso explica por que seus pilotos passaram o GP brigando com seus carros.

14 comentários sobre “Dez segundos

      1. Não precisa publicar, mas ainda acho que está errado, drag ou arrasto, ocorre quando há perda de eficiência aerodinâmica. Uma gota se molda no ar de maneira a reduzir o máximo possível o arrasto.
        Na f1 se procura downforce com pouco drag, na aviação, lift com pouco drag. Dizer que um carro de f1 é eficiente por que tem muito arrasto está equivocado.
        http://www.formula1-dictionary.net/drag.html

        Curtir

  1. Branda essa punição …
    Me pergunto se o Hamilton virasse 0.5 por volta mais rápido (no mínimo) em Baku. Compensaria muito mais….A Mercedes sobrou lá…mesmo mudando o acerto e desequilibrando o carro poderia ter ficado em um possível pódio, mesmo tomando esses 10 segundos..

    Acho que em Hungaroring da Hamilton, afinal, China, Canadá e Hungria são as pistas em que ele sobra com folgaaaaa

    Que o azar de 14 e 15 na pista da Hungria fiquem para trás….Go Lewis..

    Malásia talvez seria uma boa pro Hamilton trocar o motor, principalmente se houver chuva. Safety car juntando ao menos 1 vez o pelotão e ele minimiza beeeem o prejuízo…Ele precisa estabelecer uma meta de sair 13 pontos a frente de Nico antes das férias, por que serão 2 as trocas de motor (penso eu)

    Depois faça um post sobre as possíveis pistas que dariam para trocar o motor!

    Curtir

  2. Outra coisa..
    HHHAHAHAHAHAH
    Posta o GP da Austria por Brasileiros, Espanhóis e Ingleses….. mesmo com atraso

    brincadeira, mas gostaria de ver a reação de De la Rosa

    Curtir

  3. Jú,
    Acho que a FIA deu a brecha que as equipes queriam, agora elas terão certeza que infringir a lei compensará em muitos casos.
    Uma pergunta Jú: Nunca mais teremos largada parada na chuva? Só com Safety Car?
    Um abraço

    Curtir

  4. Neste GP deu à lógica: as Mercedes na frente (apesar da punição do Rosberg) seguidas (aí foi surpresa) da Red Bull do mancebo-Verstappen e a Ferrari (que decepção!) do-Kimi em quarto. O Nico éh uma negação na chuva ehm! Parece até gato correndo de água o rapaz… Acho que este título pende para o Hamilton se, nada de anormal acontecer com o carro #44. No mais, este Max éh incrivelmente rápido e tem um grande-contro-do-carro. Por várias vezes eu via o carro escapando de frente e ele “segurando” o boi (rsrs) pelo chifre… Brevemente, digo em 2017 teremos este garoto brigando pelo título mundial ou alguém duvida? Ah! Esta punição no Rosberg é mais umas destas regras bizarras inventadas pelos Srs-da-FIA.

    Curtir

  5. A punição foi branda e dá margens para as equipes inventarem estratégias.
    Dessa vez, Lewis fez tudo certo e abriu uma vantagem para o segundo suficiente para dar umas escapadas e administrar a corrida.
    Só que ele vai ter que ser brilhante o ano todo, aí que está o desafio. Porque com essas regras toscas de número de componentes, Lewis está penduradíssimo e até o fim da temporada isso vai pesar demais e não ser tão simples ele ser tetra em 2016.
    Quando vejo o Verstappen conseguindo um resultado melhor que Ricciardo, na hora me lembro da reação dele quando isso acontece. Ele fica puto da vida.
    Tem piloto que lida melhor com isso, que aceita perder. Eu não consigo entender como um piloto pode imaginar que seja, esse pensamento: perder. Fiquei sabendo que Lewis andou arrebentando quarto de hotel porque as coisas não saíram como ele imaginava…

    Curtir

  6. Vergonha começar a corrida com safety car, eu já vi corrida com muita mais água e tivemos uma largada normal.

    Geração criada com todinho e suco de pera.

    Curtir

  7. Quando vi (o encardido) Verstappen, logo me lembrei de un post seu Ju:
    “Nem Hamilton nem Roesberg são bons sob pressão.”
    E foi exatamente isso! O moleque atrevido pressionou Rosberg como gente grande até o Alemão errar e perder a segunda posição.
    Se reparar bem, houve um erro do Rosberg que facilitou a visando Holandês.
    Fred,
    O Downforce serve para exercer pressão aerodinâmica e colar o carro no chão aumentando a velocidade de reta.
    Arrasto aerodinâmico é a pressão pelo ar que serve para dar estabilidade nas curvas.
    As RedBulls são os carros com os melhores ARRASTOS aerodinâmicos, tanto que são os melhores em curva e os piores em velocidade final de retas.
    Julianne está certa em colocar arrasto.
    Um abraço pros meninos, bjs pras meninas e um bjo especial pra Julianne!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s