Rosberg dá ‘aula’ de como perder com uma Mercedes

Sorpasso-Rosberg-Verstappen-bis-e1470037875882

Como um piloto da Mercedes, carro que venceu com facilidade mesmo com Lewis Hamilton reconhecendo que correu com o ‘freio de mão puxado’ devido à necessidade de poupar motor, consegue largar na pole position e chegar em quarto lugar? Em uma de suas piores corridas dos últimos tempos, junto do GP de Mônaco deste ano, mas sem a surpresa pela falta de aderência na chuva, Nico Rosberg mostrou que, com uma série de erros e oportunidades perdidas, isso é possível.

A primeira foi na largada. O alemão disse ter feito o mesmo procedimento da volta de apresentação, mas o resultado não poderia ter sido mais diferente. Patinando nos primeiros metros e cauteloso na primeira curva, viu Hamilton e as duas Red Bull o superarem.

Depois, teve a chance de ultrapassar Ricciardo e não conseguiu, algo fundamental para acabar com sua tarde, uma vez que seria uma corrida na qual a administração do desgaste dos pneus seria fundamental e, caso não conseguisse abrir caminho nas primeiras voltas, o jeito seria dar espaço para o carro da frente e esperar a primeira rodada de pit stops.

Na Red Bull, como Ricciardo vinha conseguindo preservar melhor os pneus traseiros, a ideia desde era dividir as estratégias, com o australiano parando duas vezes. Por isso o time não teve dúvidas em chamar Verstappen para os boxes para cobrir a primeira parada de Rosberg, ainda na volta 11, enquanto o australiano colocou os pneus macios para tentar permanecer mais tempo na pista no segundo stint.

Porém, logo ficou claro que a tática de Ricciardo teria de ser mudada. Com o calor, a performance entre os compostos macios e supermacios ficou mais próxima e não havia mais a vantagem de usar o macio e ficar mais tempo na pista. A Red Bull percebeu isso rapidamente e voltou a usar os supermacios com o australiano em sua segunda parada. Como já estavam com a borracha menos durável, Rosberg e Verstappen pararam antes e se viram lutando pelo mesmo pedaço de asfalto assim que o holandês saiu dos boxes.

Era a terceira chance de Rosberg minimizar os danos. Caso passasse Verstappen rapidamente, teria a chance de acelerar e estar na frente de Ricciardo quando o outro piloto da Red Bull parasse. Porém, o alemão tentou a manobra quando ainda estava muito atrás, fritou os pneus e não fez grande esforço para dar espaço ao holandês, sendo punido com a perda de 5s.

Tal pena seria ampliada por um erro incomum da Mercedes, que teve um problema no cronômetro e deixou o piloto parado por 8s antes de sua terceira e última troca.

Naquele momento, Rosberg era segundo, mas tinha Ricciardo a menos de 1s e bem mais rápido. Verstappen estava a 4s após a inversão de posições na Red Bull. Portanto, o alemão perderia de qualquer maneira as duas posições com a punição, mas acabou voltando dos pits mais longe do que deveria, devido ao erro de sua equipe.

Mais do que uma corrida para esquecer para Rosberg, o GP da Alemanha serviu para comprovar a evolução da Red Bull, que ficou em média a 0s3 da Mercedes mesmo em um circuito no qual a potência do motor é importante. E deixou claro que, quando os líderes do campeonato não têm o ar limpo para ditar seu ritmo de corrida e controlar seus pneus, uma dobradinha que deveria ser tranquila pode ir por água abaixo sem uma execução perfeita, algo que pode muito bem se repetir na segunda metade do ano. E ser decisivo para o campeonato.

9 comentários sobre “Rosberg dá ‘aula’ de como perder com uma Mercedes

  1. E tinha gente que queria que a Red Bull fosse catar coquinhos por causa dos problemas de motor e relacionamento com a Renault…

    Nao morro de amores pelos lideres da Red Bull, mas como equipe, so um inconsequente nao a respeita.

    Curtir

  2. O cara dominou o inicio da temporada enquanto Hamilton se atrapalhava. Era pra hj o Rosberg estar com uma folga no campeonato bastante tranquila. Sinceramente ele já deu várias provas que não merece o título deste ano.

    Curtir

  3. Muito boa essa aproximação da Red Bul, ano que vem tenho certeza que eles vão lutar por vitorias junto com a Mercedes.

    A Ferrari ficou pra trás e com a saída do James as coisas vão ficar ainda piores pro lado dos Italianos.

    Curtir

    1. Daniela,

      O Nico vai bem nos treinos e ganha mais GPs por ano que o Weber, Barrichello, Couthard ganhavam quando disputavam com outros campeoes dentro dos mesmos times. Weber impressionava mais porque falava mais alto..ate hoje tem pinta de futuro chefe de equipe ou de empresa. Os outros eram sheepier mesmo.

      Em condicoes normais ele da trabalho para muita gente…falar que he fraco is too much, coitado do rapaz. Voce o compara ao Hamilton que he/sera um dos grandes na historia e nas estatisticas. Hamilton pos calor no Alonso no ano de estreia… e ate hoje Alonso o respeita como um dos poucos que poderiam bate-lo. Opiniao humilde do Alonso, claro. rsrs.

      Alem de nao ser tao fantastico quanto o Hamilton, o Nico parece que sai de orbita quando tenta alguma maldade com o Ham e a maldade da errado. Spa, Monaco, Barcelona sao lugares onde tentou isso… e depois ficou meio sem sal.

      Gruessen.

      Curtir

      1. Resumiu tudo… Eu até acho que a velocidade dele é similar à do Hamilton… Só falta a ele ousadia e um pouco de “maldade” contra o Hamilton, senão não vai conseguir batê-lo… Em 2007 Hamilton enfrentou um tão malvado quanto ele e se perdeu…

        Curtir

      2. King,

        Concordo, Rosberg não tem a malícia necessária aos campeōes. Como Schumacher que jogou o carro em cima de Damon Hill p/ ganhar seu primeiro campeonato, ou Alonso passando Massa na entrada dos boxes, ou Hamilton em no seu ano de estréia mandando a “preferência” do companheiro campeão mundial para as “cucúias”. Bom moço não ganha campeonato de pilotos de F1. Vettel posa de “bom moço”, mas tenho certeza que se “cavucar” acha sacanagem dele na história.😉

        Curtir

  4. Tiraria a ultrapassagem sobre Verstappen do rol de erros do alemão e a elevaria ao grau de uma grande ultrapassagem, atrasando a freada em muito e não tendo outra alternativa a não ser fazer o que fez. Concordo inteiramente com o Burti no seu comentário sobre o episódio. Estas punições são ridículas.

    Curtir

  5. A punição em cima do Rosberg foi exagerada, se fosse assim o própri Verstappen teria de ser punido pela manobra em cima do Kimi no GP anterior.
    Depois não sabem pq a audiência cai, pilotos travados que não podem tentar uma manobra pq são punidos tira a graça dos GPs.
    Rosberg perdeu esse campeonato em Mônaco, ali ele deixou bem claro quem é o 1°piloto da Mercedes. Inclusive quando tinha menos rendimento, o Lewis não deu passagem.
    Abraços pros meninos e bjs pras meninas!

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s