Enquete da semana: Qual o pior piloto da F-1 hoje?

E pensar que já tivemos essa dupla!

Na última enquete, a maioria esmagadora (mais de 80%) disse que não depende da presença de pilotos brasileiros para continuar seguindo a Fórmula 1, algo que fica mais latente em um blog especializado, mas que curiosamente também foi indicado pelo fato da audiência da Globo no GP da Hungria, sem Massa, ter ficado ligeiramente acima da média do ano.

A ideia da enquete desse ano veio de um bolão que alguns colegas começaram há duas corridas e que vai para Cingapura acumulado. É “quem vai ser o primeiro a abandonar por batida?” e é interessante ver como sempre há alguns pólos que concentram os votos…

Mas a pergunta aqui é outra:

16 comentários sobre “Enquete da semana: Qual o pior piloto da F-1 hoje?

  1. Julianne essa enquete não tem muito o que discutir.

    Dentre os pilotos apresentados o Palmer é disparado o pior piloto da F1 hoje, ele possui equipamento capaz de alcançar resultados meramente positivos, mas não o faz.

    Já o Ericsson é um piloto mediano pra ruim, mas em favor dele ele corre numa equipe que nos últimos anos serve apenas para completar o grid.

    O Kevin Magnussen já provou que não é um piloto fora de série, mas também não é nenhum Palmer, rsrsrs, ele é um piloto que serve para equipes do meio do pelotão.

    Stroll, esse daí me fez morder a língua, não é um Verstappen, Ocon…mas é um piloto que com maturidade e experiência pode estar sim na fórmula 1, com menos tempo no grid já tem resultados mais expressivos que o Palmer (que metade do grid na verdade, afinal quantos pilotos já obtiveram um pódio ou largar da segunda fila?)

    Só acho que faltou o Kvyat, ele é um piloto com talento, mas HOJE está muito ruim.

    Curtir

  2. Ju,

    Vai ter enquete p/ saber quando Kvyat pega um gancho por pontos na carteira? Tua aposta, SPA, já foi! Ele sobrevive até agora…. Acho que em Singapore ele “ganha” os pontos que faltam…

    Curtir

  3. Votei no Ericsson porque o Palmer teve resultados mais expressivos nas categorias menores.
    Bom para a F1 que tenham poucos pilotos fracos no grid. Até acho essa enquete mais do Palmer x Ericsson.

    Curtir

  4. É de certa forma complicado dizer isso, sendo que torci tantos e tantos anos por ele, mas hoje o pior cara do grid, em relação ao companheiro e equipamento que tem, e aquilo que (não) entrega de resultados é o Raikkonen. Da desgosto, desgosto de acompanhar a corrida dele.

    Curtir

    1. Acho ele melhor do que muitos pilotos que estão no grid, a questão aí é que o vetel é um dos melhores pilotos e tá em um ótimo momento. É tipo olhar o massa quando tava na Ferrari com o Alonso, são comparados aos melhores aí fica difícil.

      Curtir

  5. Oi Victor,
    Colocou muito bem, é deprimente acompanhar esse fim de carreira do Raikkonen, os resultados são pífios.
    Votei no Ericsson pq ele fez praticamente a mesma coisa que o menino Stroll:
    “Comprou” uma equipe e ainda assim conseguiu perder (por um bom tempo) para o Nasr e o Pascal.
    Jolyon está longe de ser um bom piloto, mas pelo menos nunca “comprou” uma equipe. E bem ou mal, o menino Stroll apresentou alguma evolução, mesmo que não impressione o pessoal de dentro do Paddock por causa da R$ investida.
    Abraços pros meninos e beijos pras meninas!

    Curtir

  6. Ju, permita-me ir um pouco mais longe nesse aspecto de capacidade técnica. Não me lembro onde ouvi o comentário que dizia que a F-1 atual é dos poucos esportes de alto rendimento onde se é proibido “testar”. Se não me falho a memória, foi até mesmo em uma matéria sua que discorria sobre o “novato” Hamilton, de 2006 a 2007 percorreu mais de 10.000 km antes de sua estréia na categoria…os pilotos de hoje, com esse engessamento nos testes, pilotam na sua grande maioria equipamentos ruins, em curto espaço de tempo e com uma cobrança quase que imediata por pódios e vitórias. Sempre considerei a F-1 uma agradável excentricidade, onde o gasto financeiro pela vitória não media esforços. Tudo bem que a eficiência é importante, mas as amarras decorrentes dos motores limitados/testes, prejudicam aqueles que erraram em seus projetos mas não podem correr atrás de soluções (tornando um erro de projeto quase que um abandono imediato pela briga pelo título), ora, se a Honda quer treinar 24 horas por dia, gastando “seu” dinheiro, qual o problema? Isso é capitalismo, investir para lucrar, mas essa mentalidade esportiva/ecológica/politicamente correta, apenas corrobora para aqueles que acertaram o projeto logo de cara, ampliem o desnível técnico. Acredito que motores mais simples, sei lá, talvez 10 por temporada, um teto razoável e testes ilimitados (nesse caso, poderiam ser aceitos patrocínios extra orçamento) feitos por parceiros que lucrariam e muito (marketing) por ter ajudado na competitividade de certa equipe, enfim, por piores que sejam, me parece que o buraco é mais embaixo.

    Curtir

  7. Palmer é o pior. Stroll está perto.
    A principal diferença entre eles é que a Renault não quer Palmer e não faz questão nem de esconder, enquanto a Williams mima Strollo quanto pode.

    Magnussen é muito melhor que os dois, sem comparação.

    Curtir

  8. Não tem um piloto que você possa dizer que é ruim, aposto que qualquer um teria destaque em outra categoria, tem piloto mediano e um piloto que apesar de habilidoso se perdeu e não consegue se reencontrar que é o Kvyat.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s