Enquete da semana: onde Vettel perdeu o campeonato?

Eu sei, o campeonato não acabou ainda. Mas certamente é um risco muito menor do que Sebastian Vettel assumiu no último domingo presumir o contrário. Li esses dias que, se o alemão tinha deixado qualquer chance de conquistar o penta na primeira curva no México ano passado, agora o vez em Suzuka. Mas qual realmente o momento decisivo?

 

10 comentários sobre “Enquete da semana: onde Vettel perdeu o campeonato?

  1. O ponto da virada foi monza.
    Mas nao no toque.
    Caso os vermelhos nao tivessem dado a má noticia a kimi (e pela imprensa!), ele tavez nao endurece-se o jogo para sebòstian nas duas primeiras chicanes da prova, e logo nao teria sido afoito na disputa com neguinmilton.
    Naquele momento ainda tinham o melhor carro e seria uma vitória certa!
    Foi uma vitoria acachapante dos prateados. Foram perfeitos em tudo, e o primeiro piloto nem se fala. Ao contrario a tática talvez nao tivesse tanto sucesso.
    Save Lewis!

    Curtido por 1 pessoa

  2. Julianne, realmente você é a melhor reporter feminina do Brasil na F1, nossos parabéns. muito legal a enquete!

    Até o presente momento, fui o único quem votou na opção do toque de Vettel em Verstappen em Suzuka, pois, para mim, o campeonato acabou ali.

    Todavia, seria muito legal também uma enquete que valorizasse o mérito do vencedor, e um pouco menos o demérito do perdedor. Por exemplo, uma enquete que fizesse os seguintes questionamentos: ONDE LEWIS GANHOU O CAMPEONATO? Quando saiu de 14º lugar na Alemanha e venceu a corrida? Quando fez um linda ultrapassagem por fora em Vettel na primeira volta do GP de Monza? Quando deu um volta mágica na classificação em Cingapura? Quando foi tocado na primeira volta no GP da Inglaterra, foi para a última posição e ainda chegou em segundo? Ou quando deu uma aula de como pilotar na chuva na classificação do GP da Hungria?

    Desculpa, não estou questionando esse que é um dos sites que tem as melhores e prestigiadas informações para os amantes da F1. O fito é apenas somar e tentar sugerir temas que possa acrescentar ainda mais o já conspícuo, distinto, bem-afamado, conceituado, insigne, lustroso e influente BLOG.

    Curtido por 1 pessoa

  3. Definir “um momento crucial” seria superficial.
    Há momentos.
    O acidente do Vettel na Alemanha foi um.
    Mas a recuperação do Hamilton na Grã Bretanha foi outro.
    Ali ele foi um Pittbull. Não desistiu.
    A primeira volta em Monza também foi um momento “quem é quem”.
    Novamente o Hamilton foi animalesco.
    Partiu pra cima do Vettel.
    Depois pensou no campeonato e cozinhou o Raikkonen em fogo brando.
    E o Vettel ao invés de pensar no campeonato e se posicionar defensivamente… praticamente disse “vem…”
    Mesmo nas derrotas o conjunto Hamilton/Mercedes se mostrou melhor.
    Em Spa que seria uma pista “pró Mercedes” o rendimento da Ferrari fez os Alemães se debruçarem sobre as pranchetas (que não são mais pranchetas) e reverem detalhes do carro.
    Então meu veredito é que existem “momentos” e não um momento.

    Curtir

  4. O Vettel errou ao iludir-se na troca da Red Bull para a Ferrari, tentando repetir a trajetória do Schumacher. Se tivesse se candidatado à Mercedes ( sendo aceito, é claro), hoje estaria disputando o hepta.

    Curtir

  5. Coloquei o GP da Alemanha, porque aí o Hambúrguer tirou 25 pontos. Eparace que abalou um pouco a confiança do Vettel.
    Mas acho que ele perdeu o campeonato ao não marcar somente o Hamilton, tentando chegar a sua frente quando possível. E isso começou em Baku, quando estava a frente do a Hamilton e arriscou a freada para ganhar a corrida.

    Curtir

  6. Vettel tinha Lewis nas cordas (dai ele liga o modo depressao, o mundo me odeia) quando bateu na Alemanha. Apesar de contar com melhor carro apos ter o motor inspecionado e ”re” mudado ao normal, Vettel poderia jogar pelos pontos e nao cometer os erros que cometeu.

    E para melhorar a situacao, a ferrari voltou a ser a ferrari. Lambancas em seguida, dando saudades dos anos 80 e 90….

    Daria Lewis de qualquer maneira, mas Vettel e FErrari poderiam ter dificultado muito mais.

    Curtir

  7. Alemanha foi de doer, mas depois daquilo ele venceu com autoridade na Bélgica e o momento era dele.
    A Ferrari mais rápida em Monza, uma pista que a Mercedes os aniquilou no ano passado, deve ter deixado o pessoal da Mercedes com real medo da derrota pela primeira vez em muito tempo.

    Mas aí na na corrida ele tenta resolver tudo na primeira curva, não tem paciência nenhuma e ainda dá a brecha que Hamilton precisava pra passar. E ele ainda forçou o toque em uma posição já perdida.

    Perder uma dobradinha certa no GP da Itália, com o melhor carro demoliu a força moral dele e da Ferrari. E no mesmo fim de semana em que soube que não seria ouvido dessa vez e não renovariam Kimi novamente.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.