Detalhes que se agigantam na F1

O momento em que Leclerc perdeu a pesagem no Q1 em Mônaco

Este vai ser um post mais breve para vocês entenderem como um time de F1 tem que ser avaliado como um todo. E vou pegar como exemplo a classificação do GP de Mônaco, bastante reveladora nesse sentido.

Leclerc tinha cinco jogos de pneus macios e o plano era usar um no Q1, dois no Q2 e dois no Q3. Então, quando ele cometeu um erro na Rascasse e fritou seu primeiro jogo, a instrução foi continuar na pista e tentar passar com esse jogo. Depois de um novo erro na mesma curva na volta seguinte, ele retornou aos boxes na sexta colocação, 10 posições à frente da zona de corte.

Por que os erros sucessivos na Rascasse, algo que também vimos com Vettel ao longo do fim de semana? Porque o carro da Ferrari está saindo muito de frente, comportamento ao qual poucos pilotos se adaptam bem, e que não ajuda em nada o rendimento.

Pois, bem. Leclerc entra no box, perde a pesagem e tem de ser puxado de volta, perdendo mais alguns minutos.

A diferença entre os tempos dos dois era de 0s2 e dois fatores foram decisivos para que Vettel fosse mandado de volta à pista e Leclerc, não: o alemão tinha um jogo extra de macios por ter batido no FP3, e o software ferrarista apontava que seu tempo não era suficiente para passar, enquanto o do monegasco, era.

O software estava errado por meio décimo, diferença que tirou Leclerc da classificação. É algo que já vimos várias vezes na F1 moderna: os engenheiros confiaram nos seus mecanismos de cálculo ao invés de olhar para a pista, para os tempos que estavam sendo marcados devido a uma melhora maior do que o esperado das condições de pista.

Culpa de quem? Trata-se de um conjunto de equívocos – da falta de equilíbrio do carro, a erro do piloto e do time de estratégia, tendo o último a maior proporção – e, ainda assim, estamos falando de meio décimo!

E é por isso que a F1 é tão fascinante.

Anúncios

8 comentários Adicione o seu

  1. Marcos barni disse:

    Bom dia Julianne , mas cá entre nós , quem está na pista não quer saber de erro de software, tem sensibilidade pra ver o que pode acontecer mais pra frente .

    Curtir

  2. Kezo Manabe disse:

    Bom dia Ju… Por outro lado, nesse mesmo GP, um piloto reclamando muito com a equipe sobre a estratégia, e a equipe dizendo que está tudo certo! Ganhou o GP!!

    Curtir

  3. Narciso Pitanga disse:

    Bom dia Julianne, acompanho a F-1 desde 1976 e acho os seus comentários técnicos infinitamente superiores aos demais que leio sobre a F-1. Você vai no âmago da questão! Meus parabéns!

    Curtido por 1 pessoa

  4. Alfredo disse:

    O problema nesse caso, foi o número de vezes que o próprio piloto pediu pra tentar novamente e a equipe preferiu bater pé deixar ele na garagem.

    Curtido por 1 pessoa

  5. É um erro que custa muito caro em Mônaco.

    Curtir

  6. Rogerio Venturella disse:

    Infelizmente o pessoal não olha mais para a a pista… e fica ‘só’ de olho em softwares…. Mônaco é muito própria…. dava para ter ouvido o piloto tranquilamente…. teriam ambos pontuado e em boas posições….

    Curtido por 1 pessoa

  7. Marco disse:

    Comentário “fora de pauta”:
    Por que a pintura dos carros são atualmente foscas?
    “Envelopado” para redução de peso?
    Melhor para imagem em foto/video?
    NDA?

    Curtir

  8. Luiz Onofri disse:

    Oi Julianne,
    Não é preciso de softshit nenhum para saber que Leclerc, na fronteira da degola, iria ser superado (como foi) por Vettel que estava fora do Q2. Portanto, fácil perceber que era preciso voltar para a pista.
    Sinceramente, pneus para cá e para lá, a Ferrari foi burra.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.