Verstappen ou Leclerc: quem é campeão primeiro?

Seria uma grande surpresa se tivermos a resposta para esta pergunta ao final deste ano, mas essa deve ser uma das pautas das próximas temporadas da F1. A categoria tirou a sorte grande: tem dois pilotos de 22 anos com personalidades completamente diferentes, mas agressivos na pista – Max um pouco mais, é verdade, mas Charles mostrou a partir do GP da Áustria do ano passado que também sabe endurecer o jogo. É uma disputa que tem tudo para dividir os torcedores, alimentar paixões. E a audiência.

Mas quem vai sair na frente? A resposta óbvia é: quem tiver o melhor carro. E, nesse sentido, os dois já fizeram seus movimentos: Leclerc ao renovar com a Ferrari até o final de 2024, e Verstappen ao assinar com a Red Bull até 2023. 

O anúncio do monegasco já era esperado. Prata da casa e com grande prestígio político em Maranello, foi o passo natural. Mas houve que ficou com um pé atrás em relação ao anúncio de Max feito logo no início de janeiro – talvez não coincidentemente, no dia do aniversário de Lewis Hamilton. Uma coisa é certa: os Verstappen encheram o bolso de dinheiro, e também garantiram boas cláusulas que permitem a saída do holandês caso o time falhe em disputar o título, algo que a Red Bull já teve de fazer para segurar Vettel não há muito tempo atrás.

Mas será que Verstappen sabe de algo a mais? As apostas são na continuidade da Honda, fundamental para o projeto Red Bull, e apoiada pelo alto investimento (com ótimos resultados) tanto no desenvolvimento de motores, quanto no apoio a pilotos japoneses, e na percepção de uma porta fechada na Mercedes – já que, na Ferrari, Verstappen é persona non grata. Seria porque Hamilton tem a permanência encaminhada? Seria porque a Mercedes tem outros planos em relação à F-1? Aguardemos.

Voltando a Verstappen, na última grande mudança de regulamento da parte aerodinâmica, a Red Bull cresceu, em 2009, e saiu do meio para a ponta do pelotão. Mas muita água passou por debaixo da ponte e o time não teve o mesmo sucesso em 2017, com outra mudança significativa, e em 2019, ainda que as alterações nas asas tenham sido menores. Em ambos os casos, fez um carro complicado demais, que demorou a ser ajustado. E isso não é um bom sinal para Max.

Tirando as decisões de Verstappen de lado, em quem apostar no caso dele e Leclerc terem carros semelhantes? Charles trucidou Marcus Ericsson (mesmo que o sueco tivesse grande apoio dos acionistas do time) e bateu um tetracampeão logo em sua primeira temporada pela Ferrari. Fez isso mesmo cometendo erros em ambas as temporadas. Mas note que eles costumam não se repetir.

É por isso que a linha de evolução de Leclerc parece mais acentuada e, muito provavelmente, tem a ver com sua postura. Ele assume até os erros que não cometeu, e vai atrás de uma solução para não repeti-los. Após a classificação no Canadá, se deu um ultimato para melhorar na classificação, e embalou em uma sequência de seis provas sendo mais rápido que Vettel. Na Hungria, fez o mesmo em relação a seu ritmo de corrida, e terminou o campeonato na frente do alemão.

Não vimos o mesmo em Verstappen. Sim, ele apresentou uma evolução tremenda depois do GP de Mônaco de 2018. Após um início de temporada de muita afobação, a Red Bull passou a olhar mais de perto quem o cercava, o deixou trabalhar mais sozinho (como Leclerc, que só raramente é acompanhado pelo tio, faz) e, como costumamos dizer, a “água bateu na bunda” e ele respondeu muito bem. A segunda metade de 2018 e quase toda a temporada de 2019 foram irretocáveis, mas também é fato que demorou três temporadas para ele se tornar menos errático.

Com o nível de evolução de Leclerc, não é de se duvidar que ele vai chegar rapidamente a este nível e aí vai depender de que armas ambos terão nas mãos. Vocês já têm sua aposta?

8 comentários Adicione o seu

  1. Allen Robinson disse:

    Leclerc.

    Curtir

  2. Robson Coimbra disse:

    Nossa!!! A pesquisa mostra a leclecmania claramente, mas fãs a parte, acho que o Max vem de uma linhagem de pilotos como Senna e Gilles Villeneuve, o Leclerc como Jackie Stewart e Prost . Estrelas da F1 como os dois são atualmente.

    Curtir

    1. Wagner disse:

      Resumiu tudo.

      Curtir

  3. O Max tem um instinto mais assassino e o Charles é mais cerebral.
    Em velocidade são equivalentes.
    Precisa ver quem tem mais controle emocional numa disputa de título.

    Curtir

  4. ]Muguello[ disse:

    Tô surpreso de ver Leclerc na frente na pesquisa. Existe um antagonismo grande a Ferrari. E, Verstappen, por ser mais”polemico”, chama mais a atenção. Eu adoraria que eles tivessem carros de níveis semelhantes e disputassem o campeonato de pilotos ainda esse ano. Mas ainda suspeito que a Mercedes sai na frente. Em quem eu aposto? Difícil, vai depender do carro e do trabalho da equipe. Hoje, acho que a Ferrari tem mais carro e a Red Bull trabalha *bem* melhor como equipe. Mas ambas já mostraram no passado que têm como melhorar onde são deficientes. Abro mão de “apostar” e apenas vou seguir a temporada com bastante interesse.

    Curtir

  5. Itamar disse:

    Acho Leclerc mais celebrar, apesar de alguns erros! Porém, ele comete muito menos que Max no início no começo! Max faz algumas escolhas fora de tempo… Por exemplo, ele passar o Bottas no meio do estádio no México, sabendo que logo após viria uma reta que ele daria vácuo para o finlandês! Isso não define uma piloto, mas mostra a falta de paciência que as vezes o atrapalha… E acho que isso é dele mesmo! Ele é daqueles de jogar o campeonato em uma curva com um retardatário. Penso que, como a Julianne disse, Leclerc comete uma bobeira dessas uma vez só. Portanto, se eu fosse apostar, acho que Leclerc venceria primeiro um campeonato!

    Curtir

    1. Itamar disse:

      * Corrigindo! Quis dizer na segunda linha que Leclerc comete menos erros que Max nos primeiros anos de F1!

      Curtir

  6. Itamar disse:

    Acho Leclerc mais celebral, apesar de alguns erros! Porém, ele comete menos que Max nos primeiros anos de cada um na F1 ! Max faz algumas escolhas fora de tempo… Por exemplo, ele passar o Bottas no meio do estádio no México, sabendo que logo após viria uma reta que ele daria vácuo para o finlandês! Isso não define uma piloto, mas mostra a falta de paciência que as vezes o atrapalha… E acho que isso é dele mesmo! Ele é daqueles de jogar o campeonato em uma curva com um retardatário. Penso que, como a Julianne disse, Leclerc comete uma bobeira dessas uma vez só. Portanto, se eu fosse apostar, acho que Leclerc venceria primeiro um campeonato!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.