Vídeo: O que deu no GP da França e na estratégia da Mercedes?

Já em meio aos passarinhos na Áustria, mas ainda falando sobre Paul Ricard, respondo às perguntas sobre por que o GP da França de Fórmula 1 foi tão eletrizante desta vez, o que explica o erro da Mercedes ao não prever que Verstappen passaria Hamilton e a corrida para esquecer da Ferrari. Tem ainda a bela prova de Russell, o efeito Perez na disputa pelo título e por que a Mercedes parece não conseguir reagir como antes.

1 comentário Adicione o seu

  1. JONAS EDUARDO DE QUEIROZ MORAES disse:

    Sempre achei que o graining se formasse pelo deslizamento do pneu na pista, quando o carro escorrega demais. Inclusive, fui pesquisar e encontrei este link: https://www.google.com/amp/s/juliannecerasoli.com.br/2018/09/27/13043/amp/
    Fiquei meio que sem entender.

    Curtir

Deixe uma resposta para JONAS EDUARDO DE QUEIROZ MORAES Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.