Horários, características da pista e tudo sobre o GP da Hungria

A corrida de 2019 foi um belo pega entre Hamilton e Verstappen

Assim como acabou acontecendo em Silverstone por uma série de motivos, a primeira volta também será crucial no GP da Hungria. É comum vermos manobras agressivas especialmente nas três primeiras curvas, já que os pilotos sabem que trata-se de um circuito em que a média de ultrapassagens é mais baixa que o normal na temporada. Uma prova disso é que, nas últimas três edições do GP da Hungria, houve pelo menos 15 mudanças de posição só na volta de abertura!

É por conta dessa dificuldade que a zona de DRS funciona de maneira diferente, com um ponto de detecção e duas de ativação, ou seja, o piloto que está a menos de 1s do rival antes da última curva tem duas chances (na reta principal e entre as curvas 1 e 2) para ativar o DRS.

Em termos de características, é uma pista que passou por uma transformação interessante nos últimos anos, com o aumento da pressão aerodinâmica gerada pelos carros: antes o Hungaroring era tido como um circuito lento e travado. Agora, são tantas as curvas em que os pilotos conseguem usar a quarta e quinta marchas que, de lenta, a pista, que é daquelas em que downforce conta mais que potência no motor, já não tem tanto assim.

É claro que o carro com que foi possível fazer as curvas com mais velocidade primeiro foi o melhor deles, a Mercedes, e isso ajudou a inflacionar os números de Lewis Hamilton na pista: em 14 GPs da Hungria na carreira, ele venceu oito.

Notas de estratégia

Não há muito o que inventar em termos de estratégia porque a posição de pista é muito importante historicamente no Hungaroring. Mas essa lógica foi invertida pela Mercedes em 2019, quando o time chamou Hamilton para um segundo pit stop no final e ele tirou toda a diferença para passar Verstappen no final. Foi uma tática que já vimos duas vezes neste ano (Hamilton repetiu a dose na Espanha e Verstappen deu o troco na França). Na Hungria, contudo, é preciso ter uma diferença considerável de ritmo e a certeza de que o piloto terá pista livre para que uma tática como esta tenha sucesso, embora a perda no pitstop não seja tão grande (22s).

A chuva que caiu antes da prova ano passado diminuiu a temperatura da pista e gerou graining no pneu macio. Há previsão de chuva chegando depois da corrida no momento, mas de qualquer maneira é uma informação que estará no repertório dos estrategistas. Falando sobre o ano passado, essa primeira parada com três voltas apontada no gráfico foi feita para trocar os pneus intermediários para os de pista seca. E a última foi no finalzinho da prova, para que Hamilton garantisse a volta mais rápida. A principal tática da prova foi, efetivamente, de uma troca.

Uma volta no Hungaroring

Os pilotos chegam a 280km/h antes da primeira freada, o grande ponto de ultrapassagem da pista. A partir da lenta curva 2, começa a descida (e é importante controlar a saída para o tempo de volta vir). A curva 3 é mais rápida, a 230km/h, continuando a descer até o começo da reta, que é em subida. Na curva 4 acaba a parte mais rápida da pista, e começa um setor mais travado a partir da 5, um hairpin longo cuja entrada é bem importante: o segredo é não carregar muita velocidade para evitar perder na saída e na reta curta logo em seguida.

As curvas 6 e 7 são uma chicane feita a mais de 200km/h, seguida por uma freada forte na 8, onde começa uma sequência de curvas técnicas e relativamente lentas até a 12. As últimas curvas do circuito, 13 e 14, são as mais difíceis, já que os pneus chegam muitas vezes superaquecidos antes do ‘refresco’ da reta e a tendência é o carro escapar na saída. Um erro na 14 e pode ficar difícil defender a posição na primeira freada.

1 comentário Adicione o seu

  1. Paulo Moreira disse:

    Acho que todos estamos um pouco, ou muito até, ansiosos por esta corrida, devido ao acidente entre Verstappen e Hamilton.
    O que será que vai acontecer nesta corrida? Se chegarem os dois lado a lado à primeira curva pode dar faísca. Uma coisa é certa. Este campeonato está super interessante.

    Cumprimentos

    visitem: https://estrelasf1.blogspot.com/

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.