Que tal acompanhar a F1 de um jeito diferente?

Vira e mexe eu recebo perguntas sobre o projeto do Catarse, então achei que agosto seria um bom momento para tirar as dúvidas. Dentro do No Paddock da F1 com a Ju você tem acesso a material exclusivo, com a quantidade e pluralidade de conteúdo aumentando dependendo da mensalidade que escolher. Tudo nasceu de certa forma de uma frustração de querer fazer mais coisas e não encontrar plataformas para tal no mercado. Então criei a minha.

Depois de mais de três anos, além de muito conteúdo bacana, acabamos formando um grupo bem legal, com um ambiente de respeito e parceria nas lives, algo que infelizmente vem faltando tanto na comunidade em geral.

Mas como funciona? Você pode escolher entre 4 valores diferentes de mensalidade, de 5 a 50 reais por mês e, quanto maior a mensalidade, maior o acesso:

Setor B (5 reais): e-book da temporada anterior e atual

Setor A (10): e-book da temporada anterior e atual + newsletter semanal + sorteio de brindes

Setor VIP (30): e-book da temporada anterior e atual + newsletter semanal + sorteio de brindes + podcast mensal

Credenciado: e-book da temporada anterior e atual + newsletter semanal + sorteio de brindes + podcast mensal + pôster anual + lives exclusivas

As lives são geralmente no sábado à tarde no horário do Brasil, durante os fins de semana de corrida, e eu sempre estou com informações quentinhas do paddock, e já com os dados para tentar projetar a corrida. O papo costuma ir longe, mais de uma hora, e tento responder todo mundo!

Essas lives são a cereja do bolo para os Credenciados, que acabam desfrutando de todo o conteúdo do projeto e ainda têm um bolão, com prêmio no final oferecido pelo Super Credenciado Kezo Manabe, então quem sabe não dá pra ir treinando neste ano e arrasar no próximo?

Outra dúvida de muita gente é em relação à possibilidade de escolher camisetas e bonés de seu piloto ou equipe favoritos. Para isso, você precisa somar mais de 700 reais ao longo de 12 meses, começando quando quiser. Sabendo o preço dos produtos oficiais, não é nada mal, não é verdade?

Benefícios que surpreendem

Uma das coisas mais legais de já ter o projeto há algum tempo é que, no começo, não sabia muito bem o que oferecer, o que seria realista, enfim. Não havia – e ainda não há – ninguém com o acesso que eu tenho no esporte que faça um projeto deste tipo, então fui tateando sozinha (inclusive ouvindo colegas das antigas me olhando com desprezo por entender o projeto como um pedido de esmola ou algo do tipo). E não poderia ser mais diferente disso!

Bom, voltando às apostas lá do começo, ofereci um pôster de brinde no final de todas as temporadas. São 10 opções de fotos diferentes para você escolher. É um brinde que não chama muito a atenção logo de cara, mas o pessoal acaba sempre se surpreendendo (positivamente!) quando chega no fim do ano. Então o jogo de tentativa e erro deu certo.

Tem gente que já está até com um cantinho da casa dedicado aos mimos do projeto, não é senhor Cleber?

Falando em boas surpresas de fim de ano, o e-book da temporada também costuma agradar bastante com lindas imagens, as principais informações e os textos contando as histórias do que aconteceu na pista e nos bastidores. E o mais legal é que até mesmo os assinantes Setor B recebem o e-book do ano anterior e da temporada atual.

A Newsletter também faz sucesso. Ela tem todo o meu conteúdo e outras matérias que escolho. Isso ajuda a entender quem tem conteúdo confiável, quem tem fontes verdadeiras, algo precioso, já que qualquer um pode começar a fazer vídeos em casa e posar de especialista. Indico gente que eu vejo conversando com fontes, e com quem eu também troco ideia. De quebra, na newsletter também sempre tem fotos muitas vezes inéditas dos bastidores e de viagens. 

Para os assinantes do setor VIP, além da newsletter e do e-book, todo mês tem um podcast exclusivo, em que eu geralmente entrevisto alguém que tem relação com a F1. E a grande vantagem de assinar agora é ter acesso a todos os episódios anteriores. Já teve papo com mecânico da F1 falando sobre como é o dia a dia deles e como chegar lá, e fotógrafo também. Teve Lando Norris e Daniel Ricciardo, quem ficou por décadas no ouvido do Galvão (e nunca dá entrevista)… enfim, novamente a premissa é oferecer um conteúdo diferente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.