Viagens e bastidores

10 curiosidades da Austrália que você não sabia

Foto: Julianne Cerasoli

Que tal ampliar os conhecimentos sobre cada país por que a F1 passa? Aqui vão 10 curiosidades da Austrália que você provavelmente não sabia. Muitas delas, descobri em uma das minhas idas a Melbourne para cobrir o GP.

1 Peça a cerveja direito

Quer dar uma de local no bar? Peça uma “schooner” (a pronúncia é mais para scunah). Trata-se de uma medida de copo de cerveja “padrão” na Austrália, de pouco mais de meio litro. Aliás, falando em pronúncia, o próprio nome do país muda por lá, ok? O campeonato da F-1 começa na Straya.

2. Não troque chinelo por calcinha fio dental

São várias as palavras diferentes. Uma que acho engraçada é usar “thong” para chinelo (que em outros lugares é chamado flip flop). A graça é que thong é a mesma palavra para calcinha fio dental, então até faz sentido!

3. Aproveite o transporte público de graça

Algo muito interessante em Melbourne é a zona de tram grátis. Há várias ruas do centro em que o tráfego de carros não é permitido, e foi criado um bolsão de estacionamentos ao redor para que as pessoas deixem seus veículos por lá e se desloquem usando os trams, que são gratuitos por todo o raio mais central.

Foto: Julianne Cerasoli

4. Austrália tem comida “italiana”

Como no Brasil, especialmente em São Paulo, a Austrália teve uma grande imigração italiana, e os italianos, é claro, levaram sua culinária para lá. Mas os pratos ganharam algumas adaptações, sendo a mais famosa delas a parmigiana de frango.

5. Curtindo a praia de um jeito australiano

Sobra praia para tudo quanto é lado na Austrália, e eles inclusive dizem ter a praia com a areia mais branca do mundo, em Hyams Beach. Mas o jeito de aproveitar o mar pode ser bem diferente do Brasil. Como o buraco na camada de ozônio pega a Austrália em cheio, é comum ver gente de roupa de manga comprida na praia. E usando barracas para se proteger do sol e do vento forte. Frescobol? Altinho? Não tem disso. Mas pelo menos na Gold Coast rola vôlei de praia.

6. Um país dividido

Toda a mistura cultural que se vê hoje nas ruas das grandes cidades australianas esconde um passado absurdo: até 1967, os aborígenes, população original do território, não eram considerados humanos. Por lei, faziam parte da “fauna” australiana. De tão recente, é claro que a questão ainda dá o que falar por lá, pois há quem questionem as ajudas que o governo dá aos aborígenes, como se não houvesse nenhuma injustiça histórica a ser reparada.

7. Rixa tipo Rio x SP

10 curiosidades da Austrália: a cena de street art em Melbourne é bacana
Uma coisa legal de Melbourne é a street art. Foto: Julianne Cerasoli

Nunca fui a Sydney, mas uma amiga carioca que morou muitos anos em São Paulo e hoje vive em Melbourne me explicou certa vez que as duas cidades rivalizam pelos mesmos motivos: Sydney é mais quente, bonita e famosa por ter um povo mais relaxado. E Melbourne não é tão praieira e é onde o pessoal vai para ganhar dinheiro. O que posso dizer é que, em termos de clima, Melbourne parece, sim, muito com São Paulo: pode sair de casa de manhã esperando por todas as estações, porque que elas virão.

8. Vivendo debaixo da terra

A Austrália também é marcada por lugares pouco usuais (e nomes de cidades também, por herança aborígene), mas acho que nada chega perto de Coober Pedy. É uma cidadezinha de menos de 2000 habitantes no meio do deserto, que mais parece cenário de filme. Para fugir do calor, que chega a quase 50 graus de média no verão, as casas ficam debaixo da terra. Haja esforço para morar no meio do nada!

9. Só 10% da população vive no interior

Cidades pequenas como Coober Pedy são comuns na parte central da Austrália. Isso, quando você encontra uma cidade! E não é por acaso: quase 90% da população do país com menor densidade populacional do mundo vive nas costas.

10. A Austrália é provavelmente mais longe que você imagina

Um adolescente australiano junta grana e finalmente consegue sair pela primeira vez do país. No Brasil, muita gente vai para a vizinha Argentina, certo? Em menos de 3h você chega saindo de São Paulo. Eles não têm tanta sorte. Estão longe de todo mundo (quando você chega em território australiano no voo vindo da Europa para Melbourne, que fica no sul, ainda tem umas 5h pela frente!), então o jeito é encarar seis horas de voo para ir para Bali, que não é o lugar mais próximo (a Nova Zelândia fica a umas 3h), mas certamente é bem mais barato.

3 comentários em “10 curiosidades da Austrália que você não sabia”

  1. A respeito dos nomes das cidades australianas, pesquisei que Ricciardo e Jack Brabham são, respectivamente, das inglesas Perth e Hurstville; já o Will Power é da toda aborígene Toowoomba! Lembro-me também de um amigo que morou em Brisbane me falar que o Burger King por lá se chama Hungry Jack’s.

Deixe uma resposta