Turistando off-season modo raíz na Albânia e Kosovo

O pessoal do paddock ria da minha cara quando eu dizia que iria para o Kosovo e a Albânia na pausa que a F-1 dá em agosto. Afinal, são destinos desconhecidos até mesmo dos europeus, e não é por acaso. O Kosovo declarou sua independência da Sérvia em 2008, o que ainda não foi reconhecido…

Turistando off-season e momentos mágicos no Peru

Enquanto quase todo o paddock estava voltando para a Europa depois do GP dos Estados Unidos, e depois cruzando o Oceano Atlântico oito dias depois para ir ao GP do Brasil, estava fazendo algo que deveria ter começado a fazer há muito tempo: explorar a América Latina. Recebo as boas-vindas do taxista em Cuzco, no…

Turistando off-season: Giro pela ex-União Soviética

Conseguir um voo decente para Baku é sempre um drama. Como não é tão longe assim da Europa, mas está algumas horas de fusos para trás, os horários nunca são dos melhores para a chegada – tem um concorrido voo da Turkish que pousa às 22h, mas a maioria chega no meio da madrugada. No…

Carros separados por centésimos: por que não no grid todo?

Quem acompanha os textos da sessão Nostalgia no blog já percebeu que não é de hoje que se reclama do nível de competitividade da Fórmula 1. O pessoal dos anos 70 sonhava em voltar aos 60, os dos 80 tinham saudades dos 70, e por aí vai. Mas isso não quer dizer que não haja…

Drops do GP de Abu Dhabi e os causos de família

O último GP do ano começou com Valtteri Bottas mandando indiretas na entrevista coletiva, dias depois de sua mulher, Emilia, ter pedido o divórcio. Foi uma entrevista cheia de “eu tenho que ser uma pessoa melhor, assim como um piloto melhor”, então dava para ter uma boa ideia do que aconteceu, né? Pelo menos sabe-se…

Turistando na F-1 e os sabores de Abu Dhabi

Hummus pra que te quero é o lema de Abu Dhabi, não muito diferente do Bahrein. A pasta de grão de bico e a carne de cordeiro são os carros-chefes – e a mistura dos dois, na foto, foi a melhor versão de hummus que já comi. E olha que foram vários nas minhas andanças…

Drops do GP do Brasil e as almas boas

Não sou uma pessoa que se emociona facilmente. Na Fórmula 1, lembrava de ter segurado as lágrimas só duas vezes. Uma na primeira vez que tive acesso ao grid, em Interlagos, em 2012, e vi meus amigos, aqueles que tinha conhecido justamente lá na arquibancada A, acenando de volta para mim. Na outra foi quando…

Turistando na F1 e os causos do Brasil

Quem sou eu para falar sobre a culinária brasileira para vocês, mas a ideia aqui é diferente. Mesmo no GP Brasil, eu saio com a mesma turma do restante da temporada na maioria dos dias, e são todos gringos. E sempre vão em uma churrascaria pelo menos uma noite, na qual eu desisti de acompanhar…

Drops do GP do México do piriri ao GP Brasil

Começamos a ouvir na sexta que “fulano teve que voltar para o hotel”, “ciclano não está bem”. A comida mexicana é famosa por gerar intoxicações em turistas, mas o que aconteceu no paddock foi algo muito mais amplo do que nas etapas anteriores. A suspeita foi a festa de recepção que o circuito organizou na…