Estratégia do GP da Toscana: mergulhando no desconhecido

  Antes da largada do GP da Toscana, as equipes sequer tinham definidas suas estratégias: ainda que a Pirelli garantisse que fazer duas paradas seria a maneira mais veloz de completar a prova, largando com macios e fazendo suas pernas da prova com os médios, certamente alguns tentariam economizar os pneus no começo e ver…

Estratégia de um GP “engessado” pela chuva (que não veio) e SC

Alguns fatores contribuíram para o GP da Bélgica ser menos movimentado do que o normal, desde a expectativa de chuva, que fez muitos times optarem por suas asas maiores, o que acabou diminuindo as chances de ultrapassagens no final da reta Kemmel – quem tinha mais velocidade de reta lá na frente, a Renault, não…

GP dos 70 Anos da F1: Foi estratégia de Max que ganhou a corrida?

Uma das perguntas que recebi no Instagram (sempre faço um vídeo às segundas-feiras respondendo perguntas de vocês) foi se a Mercedes pode ser batida em condições normais ou só na estratégia. E é um erro julgar o que Max Verstappen fez no GP dos 70 Anos da F1 como uma vitória que não tenha sido…

Estratégia do GP da Inglaterra e os estouros sem aviso

O primeiro a reclamar de vibrações foi Kimi Raikkonen. Depois, Valtteri Bottas. E logo depois, Carlos Sainz. E ainda faltavam 18 voltas para o fim do GP da Inglaterra. Para as equipes, mesmo com todos os seus sensores, desgaste é mais difícil de ver. Degradação geralmente é termal e vai fazendo o desempenho do pneu…

Estratégia do GP da Estíria e a virada de Norris

O GP da Estíria foi relativamente simples do ponto de vista estratégico na luta pelo pódio: não havia muito para onde correr em termos de tática de boxes, a Mercedes tinha a vantagem de ritmo e de correr com dois carros contra um, uma vez que a Red Bull e Alex Albon ainda não se…

A estratégia do GP da Áustria e como o pódio ficou colorido

A temporada 2020 da Fórmula 1 começou com uma corrida que tinha tudo para ser estrategicamente simples, ainda mais depois que o único piloto que decidiu tentar algo diferente no top 10, Max Verstappen, logo saiu de combate por um problema eletrônico. Até que a série de Safety Cars abriu todas as disputas, inclusive pela…

Estratégia do GP de Abu Dhabi e os pilotos tomando a dianteira

Um carro de Fórmula 1 nunca é feito especificamente para uma pista ou um tipo de situação. No sábado, Lewis Hamilton explicava, por exemplo, que a Mercedes focou tanto em melhorar o carro para as corridas, depois de sempre sofrer quando estava no tráfego nos anos anteriores que o carro decaiu bastante na classificação. Mas…

Por dentro da F-1 e a “aula” de estratégia – parte 2

Na primeira parte do especial tratei das variáveis que estão na cabeça dos estrategistas quando eles tomam decisões que, muitas vezes, ficamos sem entender logo de cara. Afinal, escolher o número de paradas e os compostos de pneu depende de inúmeros fatores, e é comum diferentes equipes terem leituras distintas. À primeira análise, escolher o…

Estratégia do GP do Brasil e os segredos de Interlagos

Tão logo acabou o GP do Brasil, Ross Brawn afirmou que a corrida do último domingo era um caso a ser estudado. Quer tirar exemplos para, quem sabe, mudar alguma regra para que provas como a que vimos em Interlagos sejam mais comuns. Ora, um fator que ajudou a abrir a primeira parte da corrida,…