Estratégia do GP do Bahrein e as ordens de equipe da Ferrari

Muita gente entorta o nariz para ordens de equipe como se elas fossem pura e simplesmente uma forma de beneficiar um piloto e sacanear o outro, como se fossem coisa de equipe que tem primeiro e segundo pilotos definidos. Então a análise da estratégia do GP do Bahrein é um bom momento para observar como…

Estratégia do GP da Austrália e o fator Verstappen

Era para ser uma corrida das mais simples do ponto de vista estratégico: pneus duros e médios com rendimento muito parecido, e desgaste de bem menos que um décimo por volta – ou seja, algo que seria compensado pelo consumo de combustível – e o macio com um pouco mais de desgaste, mas não o…

Estratégia do GP de Abu Dhabi e as duas moedas de uma mesma aposta

Todas as corridas têm um vencedor, claro, mas muitas vezes não existe uma estratégia vencedora. E tivemos um exemplo claro disso em Abu Dhabi, onde Lewis Hamilton venceu mesmo parando na sétima volta, usando um período de Safety Car virtual, e pilotos como Charles Leclerc, que fizeram a mesma manobra, saíram perdendo. A tática, em…

Estratégia do GP do Brasil e por que a Red Bull dominou

Não é sempre que vemos quatro pilotos com três carros e motores diferentes cruzando a linha de chegada divididos por pouco mais de 5s. Ainda por cima na parte final do campeonato. Mas, a exemplo do que ocorreu nos EUA e no México, uma série de fatores contribuiu para o equilíbrio do GP do Brasil,…

Estratégia do GP dos EUA e o momento crucial para Kimi

A história de uma corrida que termina com três carros de três equipes diferentes muito próximos nunca é fácil de contar. Ainda mais quando o primeiro destes três pilotos é o último que se esperaria que estaria ali. Kimi Raikkonen fez uma corrida fantástica para vencer novamente na F-1 depois de mais de cinco anos,…

Estratégia do GP do Japão e o sumiço do ritmo da Ferrari

Tão superior em termos de velocidade máxima nos treinos livres que passou a usar até mais asa que os rivais e ganhar também nas curvas, a Mercedes começou a ganhar o GP do Japão com tranquilidade no Q2, quando conseguiu passar ao Q3 com os pneus macios. Isso porque já era esperado o aumento da…

Estratégia do GP de Cingapura e o gol contra (parte 2)

A vantagem de performance deveria trazer tranquilidade em qualquer esporte. Dá para entender um time de futebol entrar nervoso em um clássico e errar mais que o normal. Mas não naquele jogo em casa contra um time do meio para o final da tabela. Mas foi o que aconteceu com a Ferrari no último final…

Estratégia do GP da Itália: Mercedes dá uma de Ferrari

Há muitas maneiras de analisar o GP da Itália. Dependendo do ponto de vista, pode-se pensar em como a Ferrari perdeu ou como a Mercedes ganhou: A Ferrari perdeu porque Kimi defendeu sua posição na largada? Por conta do toque de Vettel? Pela parada no box antecipada? Pelo acerto do carro? Pelas voltas em que…