A ideia que me fez entrar na F1

Era para este post ter saído lá em maio, quando este espaço completou 10 anos. Queria apresentar para quem começou a me seguir depois, ou relembrar junto de quem já está nessa caminhada há uma década, textos que davam um trabalhão. Um conteúdo que não foi feito por ninguém nem antes, e nem depois deste…

Por dentro da F1 e dos gráficos da transmissão da TV

Há várias camadas para se entender uma corrida de Fórmula 1, mas durante muito tempo o que não estava na superfície ficava a quilômetros de distância dos torcedores que não acompanhavam mais do que a transmissão em si. Nos últimos anos, a quantidade das informações que são mostradas durante a transmissão aumentou consideravelmente. O que…

Muito tempo. Nem tanto conteúdo

Tudo partiu de uma conversa com o repórter da Globo Guilherme Pereira durante a sempre longa espera no cercadinho, a zona de entrevistas de TVs e rádios, no domingo na Espanha: vindo do futebol, o colega, que fazia sua segunda prova, estava impressionado com o tempo o qual os pilotos ficam à disposição da mídia…

Olhar estrangeiro: por que os finlandeses são tão bons?

Vou trazer nesta coluna ao longo do ano papos que tive no paddock explorando a visão de profissionais de outros países sobre diferentes aspectos da F-1. Espero que vocês curtam! Quatro títulos mundiais, quatro vencedores de GPs e agora cinco donos de poles positions. Entre eles, 46 vitórias, 49 poles, 75 voltas mais rápidas e…

GP da Rússia por brasileiros, britânicos e espanhóis: “Pane mental”

Na quarta etapa da temporada, os narradores já estão espertos: quando as luzes vermelhas se apagam, o jeito é caprichar no gogó porque as primeiras curvas serão confusão na certa. Na Rússia, Galvão Bueno foi quem melhor definiu os primeiros metros da prova. “Larga bem Nico Rosberg, é o que ele queria para definir. Massa…