Três armas

“Se eu tivesse parado antes dele, ele teria continuado na pista e teria ganho. Eu não iria ter ritmo para passá-lo”, disse Verstappen

Estratégia do GP de Portugal e por que ele foi uma prova rara na F1

Há basicamente três tipos de corrida em pista seca na F1. Aquelas provas estratégicas, em que você tem de esperar até o final para ter alguma emoção. Aquelas provas (que andam raras na F1) em que o desgaste de pneus não é uma preocupação tão grande e os pilotos podem ter lutar mais francas até que as posições se acomodem respeitando o ritmo de cada carro. E as procissões em que nada disso acontece

Drops do GP de Portugal e as lombares dos ‘senhores’

O roteiro do GP de Portugal foi muito parecido com o do ano passado. Quando chegaram, os pilotos estavam animados pelo ar de montanha-russa da pista. Depois de andarem nela, começaram a reclamar da falta de aderência (como se estivessem surpreendidos por ela). Mas, no final, o saldo é muito positivo, principalmente para nós, pois…