Rapidinhas do GP da Hungria

O momento é todo de Max Verstappen na Fórmula 1. Depois de vencer duas das últimas três corridas, o holandês finalmente conquistou sua primeira pole. Pole essa que demorou para vir principalmente porque a Red Bull não teve nos últimos anos um motor com um bom modo de classificação. Tudo bem que a pista de…

Drops do GP da Alemanha: o mercado de pilotos e 22 GPs em 2020

Foi no GP da Alemanha ano passado que a renovação do contrato de Valtteri Bottas, mas parece que, desta vez, piloto e equipe estão longe de chegar a um acordo. E ainda mais longe depois da grande chance perdida pelo piloto na Alemanha. Perguntei a Toto Wolff qual seria o obstáculo e ele disse que…

Estratégia do GP de Abu Dhabi e as duas moedas de uma mesma aposta

Todas as corridas têm um vencedor, claro, mas muitas vezes não existe uma estratégia vencedora. E tivemos um exemplo claro disso em Abu Dhabi, onde Lewis Hamilton venceu mesmo parando na sétima volta, usando um período de Safety Car virtual, e pilotos como Charles Leclerc, que fizeram a mesma manobra, saíram perdendo. A tática, em…

Direto da sala de reunião dos pilotos

Tivemos uma conversa muito interessante com Charlie Whiting aqui na Áustria sobre como os comissários decidem sobre as punições. O motivo do chamado foi a irritação da FIA com as críticas de Grosjean pela punição no GP da França, e os replays mostrados deixaram claro que o francês jogou o carro em cima do compatriota…

Quem é quem em 2018: Sauber e Haas

Começam hoje os previews das equipes para esta temporada, desde o fundo até a ponta do pelotão. E conto com a participação de vocês para apostar o que vai acontecer com cada uma delas em 2018. Alfa Romeo Sauber O que fez em 2017: Prometeu melhorar com mais investimento, mas carro parou de evoluir no…

O que esperar da F-1 em 2017: Haas

O que fez em 2016: fez um bom início de ano, mas depois se perdeu ao longo da temporada O que muda para 2017: sai Gutierrez, entra Magnussen Meta: firmar-se no meio do pelotão Há um ano, a posição da Haas parecia clara: o time era novato, mas não era nanico, em função do orçamento bem razoável e…

Disputas entre companheiros: as surpresas

Parecia que Kimi Raikkonen jamais se acostumaria com o torque dos motores turbo híbrido, mas depois das surras que levou de Alonso em 2014 e de Vettel em 2015, o finlandês reagiu. O mesmo aconteceu com Marcus Ericsson na Sauber, ainda que em um ano cheio de particularidades no time suíço, mas que não ajudou…

Haas, 10. Williams, 0. A estratégia do GP do Bahrein

Em mais um GP no qual os planos iniciais ficaram para trás e quem reagiu bem às mudanças do cenário levou a melhor, a engessada Williams ficou devendo novamente em termos de estratégia, enquanto a ousada Haas brilhou. A regra dos três compostos voltou a fazer suas vítimas no GP do Bahrein – e foi…

Brigas internas: as lavadas

Se a primeira batalha de um piloto é contra seu companheiro de equipe, eles podem se considerar campeões – um deles, inclusive, tem mais do que um motivo para comemorar. Vettel, Hamilton e Grosjean trouxeram muita dor de cabeça para o outro lado dos boxes de suas equipes e lideraram as maiores lavadas nos duelos…

Roleta russa

Foi mais um domingo em que Lewis Hamilton foi tão absoluto que ninguém viu. O piloto da Mercedes pouco apareceu na TV após uma briga que prometia ser boa entre ele e Nico Rosberg ter sido abreviada por um problema no acelerador da Mercedes do alemão. Abençoado, como ele mesmo se disse após a prova,…